Composição química e velocidade de decomposição de plantas visando a adubação verde

Gabriela Tavares Arantes Silva Laudiceio Viana Matos Pedro de Oliveira Nóbrega Eduardo Francia Carneiro Alexander Silva de Resende Sobre os autores

Sistemas produtivos que utilizam a adubação verde prezam por uma dinâmica mais eficiente de nutrientes no solo. Nesse sentido, é importante buscar a sincronia entre a demanda nutricional da cultura e a disponibilidade de nutrientes provenientes da decomposição. Esse estudo objetivou estabelecer uma correlação entre a composição química e a velocidade de decomposição de espécies em um sistema agroflorestal. Para tanto, realizou-se a caracterização química de espécies arbóreas, seguida de estudos de decomposição e busca de correlação entre os parâmetros analisados. De posse dos resultados, foi possível agrupar espécies com composição química e taxas de decomposição semelhantes. As relações lignina:N e (lignina+polifenol):N apresentaram os maiores coeficientes de correlação com a velocidade de decomposição de massa seca e liberação de nitrogênio.

ciclagem de nutrientes; tempo de meia vida; sistema agroflorestal


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br