Controle da produção de aflatoxinas no amendoim em casca úmido com ortofenilfenato de sódio: III. Testes no armazém

O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência da solução de ortofenilfenato de sódio (OFS), no controle da produção de aflatoxinas quando aplicada no amendoim em casca, úmido. Trabalhos anteriormente realizados, em condições de campo, indicaram a necessidade de otimizar a aplicação da solução, para se poder avaliar a real eficiência dessa substância. Assim, neste experimento, o sistema de pulverização foi adaptado na bica de saída da máquina de pré-limpeza, no armazém. Na safra das águas de 1989, dois lotes de 120 sacos de amendoim em casca úmido foram pulverizados com solução de OFS em concentrações de 0,5 e 1,0 % e verificou-se que não houve controle da produção de aflatoxinas em ambas as concentrações utilizadas. Nas safras da seca de 1989 e das águas de 1990 o amendoim em casca úmido foi pulverizado com solução de OFS na concentração de 5,0%. A cobertura das vagens com a solução foi eficiente, permitindo uma distribuição uniforme da solução de OFS sobre as vagens. Os resultados obtidos mostraram que nenhuma das concentrações utilizadas controlou a produção de aflatoxinas, quando aplicadas no amendoim em casca, embora, aparentemente, tenham controlado o crescimento fúngico da parte externa das vagens de amendoim. Provavelmente os fungos aflatoxigênicos já poderiam estar presentes dentro de vagens sadias e desse modo a casca do amendoim poderia ser uma barreira à penetração do fungicida dentro da vagem e atingir as amêndoas.

aflatoxinas; amendoim; controle químico; pós-colheita; ortofenilfenato de sódio


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br