Planejamento do preparo do solo por meio do desdobramento da função qualidade (QFD)

Marcos Milan José Wandmark Duarte Barros José Luiz Gava Sobre os autores

O setor florestal brasileiro representa aproximadamente 4% do produto interno bruto, valor estimado em US$ 21 bilhões. As florestas denominadas artificiais, ocupam ao redor de 4,8 milhões de hectares sendo previsto uma necessidade de ampliação para atender a demanda futura, além do replantio das áreas cohidas. Uma das preocupações com essas áreas é evitar a compactação do solo devido as operações mecanizadas e uma das técnicas é o preparo reduzido. O objetivo deste trabalho é definir as prioridades do preparo do solo de acordo com as necessidades da muda de eucaliptus; para tanto utilizou-se da função desdobramento da qualidade (QFD) para identificá-las. Os requisitos técnicos largura e profundidade do sulco e tamanho dos torrões foram os mais importantes para atender as demandas das mudas. O QFD é uma técnica que tem potencial de aplicação, tanto na área florestal como agrícola, para identificar e traduzir as demandas das culturas em requisitos técnicos.

QFD; qualidade; mecanização; preparo do solo; floresta


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br