Variabilidade genética entre e dentro de populações naturais de Zeyheria montana mart. do Cerrado brasileiro

Zeyheria montana, planta arbustiva da família Bignoniaceae, é uma espécie endêmica do Cerrado e possui atividade anti-câncer, sendo utilizada como estimulante na medicina popular. O objetivo deste estudo foi avaliar a variabilidade genética de oito populações localizadas no estado de São Paulo, utilizando marcadores moleculares de Polimorfismo de DNA Amplificado ao Acaso (RAPD). Após a otimização da reação de amplificação, nove iniciadores selecionados geraram 105 fragmentos RAPD reprodutíveis, sendo que a maioria (60,0%) foi polimórfica. A análise molecular de variância (AMOVA) mostrou que a variabilidade dentro de populações (84,03%) foi maior que entre populações (15,97%). As estimativas de variação fiST (0,1597) indicam estruturação populacional moderadamente alta. O agrupamento por meio de UPGMA, a ordenação pelo NMDS e o teste de Mantel entre as matrizes de distâncias genéticas e geográficas demonstraram que a estruturação encontrada segue um modelo de "ilhas", onde uma única população de tamanho infinito pode ter dado origem às populações atuais de Zeyheria, sem relação com sua posição espacial. Com base nos resultados obtidos foi estruturado um banco de germoplasma de indivíduos, representando a variabilidade da espécie. Adicionalmente, as informações deste estudo são importantes para dar suporte a estratégias de conservação de Z. montana.

Bignoniaceae; banco de germoplasma; bolsa-de-pastor; conservação


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br