Caracterização genotípica de linhagens selecionadas de galinha de corte e postura e seus F1s recíprocos usando marcadores microssatélites

Millor Fernandes do Rosário Mônica Corrêa Ledur Ana Silvia Alves Meira Tavares Moura Luiz Lehmann Coutinho Antonio Augusto Franco Garcia Sobre os autores

Populações experimentais de frangos tem sido desenvolvidas pelo mundo para mapeamento de QTLs, mas a caracterização genotípica delas não é normalmente apresentada. O objetivo deste estudo foi caracterizar genotipicamente duas gerações F1 recíprocas e suas linhagens parentais com base na estimação de parâmetros genotípicos. Estas gerações F1 originaram duas populações brasileiras referências para mapear QTLs. Os parâmetros avaliados foram: conteúdo de informação polimórfica (PIC), heterozigosidades observada e esperada e número de alelos por loco nos cromossomos 1, 3 e 4. Todos os animais parentais e F1 de ambas as populações foram usados, em um total de 83 animais: 14 de uma linhagem de corte (TT) e 14 de uma linhagem de postura (CC), e 55 de suas gerações recíprocas F1. Tanto as linhagens como as populações referências foram desenvolvidas no Centro Nacional de Pesquisa de Suínos e Aves (EMBRAPA), Brasil. Os genótipos de todos os animais foram obtidos a partir de 34 marcadores microssatélites localizados nos cromossomos 1 (13), 3 (12) e 4 (9). Com base na amostragem realizada, as duas linhagens exibiram um total de 163 alelos, dos quais 31 (31,1%) e 44 (33,0%) foram oriundos exclusivamente de CC e TT, respectivamente, com freqüências alélicas que variaram de 0,03 a 0,82. A heterozigosidade observada foi maior (0,68-0,71) em ambas as gerações F1 do que em suas linhagens fundadoras devido ao desequilíbrio de ligação. Finalmente, as duas linhagens parentais possibilitaram a obtenção de gerações recíprocas F1 com valores elevados de PIC (0,50-0,52) e heterozigosidade observada, bem como com um número satisfatório de alelos por loco (4,06-4,32). Estes resultados permitirão comparar e selecionar famílias e marcadores microssatélites mais informativos em estudos de QTLs, reduzindo os custos de genotipagem.

PIC; diversidade genotípica; heterozigosidade; número de alelos


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br