Adubação com esterco de curral na produção da figueira

A adubação com compostos orgânicos é complementar à adubação química e especialmente necessária para a produção integrada de frutas. Trabalhos de pesquisa com adubação orgânica e nutrição mineral da figueira (Ficus carica L.) são escassos em todo o mundo e particularmente, no Brasil. O experimento teve como objetivo avaliar os efeitos da adubação orgânica com esterco de curral na produção e produtividade da figueira 'Roxo de Valinhos' em Botucatu-SP, nos ciclos de produção de 2002/03, 2003/04, 2004/05 e 2005/06. As plantas com idade de um, dois, três e quatro anos receberam os tratamentos com doses de esterco de curral correspondentes a: testemunha (sem adubação), 25%, 50%, 75%, 100%, 125% e 150% da dose recomendada de N para a cultura. As variáveis avaliadas foram número, peso e diâmetro médio dos frutos, produção por planta e produtividade. A aplicação de esterco de curral aumentou a produtividade, produção e número de frutos, havendo poucas alterações nas dimensões dos mesmos. Após os quatro anos de aplicação do esterco de curral, obtiveram-se melhores resultados com 76 a 124% de da dose de N recomendada para a cultura da figueira.

Ficus carica L.; nitrogênio; matéria orgânica


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br