Atividade de térmitas em relação a atributos de solos sob campo nativo

Os térmitas (cupins) do solo carregam partículas de solo para construção de seus ninhos e desta forma, podem afetar algumas características pedológicas. Este estudo teve como objetivo verificar a influência da atividade de térmitas nas características do solo através de análises das propriedades químicas e físicas e da composição mineralógica de amostras coletadas na base, topo e centro dos ninhos e área de solo adjacente. Quatro cupinzeiros e suas respectivas áreas adjacentes foram aleatoriamente amostrados em Lages, Capão Alto, Painel, São José do Cerrito e Coxilha Rica (Santa Catarina). Os resutados das análises químicas mostraram que o conteúdo de K, P, Ca, Mg e C orgânico no centro dos ninhos foi maior e o pH menor em relação à área de solo adjacente. Não houve diferenças na composição dos argilominerais entre os ninhos e as áreas adjacentes, no entanto, a composição granulométrica dos solos diferiu entre os dois locais. Térmitas podem modificar outras características do solo, tais como as propriedades físicas e químicas, devido ao elevado volume de solo transportado per ascensum para construção dos cupinzeiros (entre 20,9 m³ ha-1 e 136,6 m³ ha-1 neste estudo) que promove a bioturbação e afeta a ciclagem de nutrientes.

propriedades químicas e físicas do solo; argilominerais; biologia do solo; cupinzeiros


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br