ABSORÇÃO E ACUMULAÇÃO DE NUTRIENTES EM ESTÉVIA Stevia rebaudiana (Bert.) Bertoni: I. MACRONUTRIENTES

Estudou-se a absorção e o acúmulo de macronutrientes pela estévia, em condições de cultivo comercial no campo. Foram avaliados dois índices nutricionais: Taxa de Absorção Relativa do Nutriente e Taxa de Acumulação Líquida Organogênica do Nutriente. Foram realizadas 7 coletas a cada 15 dias a partir do transplante. Pouco antes ou no início do florescimento, a produção de 1 tonelada de folhas secas exigiu, em kg: N-64,6; P-7,6; K-56,1; Ca-15,8; Mg-3,6 e S-3,6. Para a produção de sementes, correspondente a 1 tonelada de folhas secas, a extração de macronutrientes, em kg, foi: N-130; P-18,8; K-131,5; Ca-43,7; Mg-8,3 e S-9,7.

estévia; nutrição mineral; macronutrientes; marcha de absorção; taxa de absorção


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br