Accessibility / Report Error

Reação do solo e absorção de silício pelo arroz

A solubilidade e disponibilidade de silício podem ser influenciadas pela reação do solo. Com o objetivo de estudar o efeito da reação do solo sobre a disponibilidade de silício para a cultura do arroz, foi conduzido experimento em Latossolo Vermelho álico textura argilosa em casa-de-vegetação. O experimento foi conduzido em fatorial 4 x 4, delineamento em blocos inteiramente casualizados e quatro repetições. Quatro materiais (calcário, silicato de cálcio e magnésio, ácido silícico puríssimo e wollastonita) foram aplicados em doses equivalentes a 0, 2500, 5000, 7500 mg por vaso de 5 kg. Após 60 dias, foram avaliadas produção de matéria seca, absorção de silício da parte aérea do arroz, pH CaCl2, silício extraído em ácido acético (0,5 mol L-1) e CaCl2 (0,01 mol L-1) no solo. Os materiais aumentaram o pH do solo com as doses, exceto o ácido silícico. O silício solúvel em ácido acético foi crescente com as doses dos materiais. Para o CaCl2, apenas houve aumento de silício solúvel no solo com as doses de wollastonita e silicato de cálcio e magnésio, concordando com seu teor total. A absorção de silício pela parte aérea do arroz foi linearmente crescente com as doses da wollastonita, seguida do silicato de cálcio e magnésio, ácido silícico e calcário. O aumento do pH do solo com calcário não foi suficiente para fornecer silício ao arroz. O silício extraído com CaCl2 0,01 mol L-1 apresentou maior correlação com a absorção de silício pelas plantas. Mais estudos são necessários em condições de campo e outros solos para corroborar os resultados apresentados.

Oriza sativa; solo; calcário; silicato


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br