Calibração e validação do DRIS para macieira

Este trabalho teve por objetivo avaliar três procedimentos de cálculo dos índices DRIS, bem como avaliar a eficiência do DRIS como método de interpretação de resultados de análises de folhas de plantas de macieira. O estudo foi realizado nas regiões produtoras de maçã do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Foram determinadas as concentrações de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, boro, cobre, ferro, manganês e zinco nas amostras de folhas. A validação do método DRIS utilizou resultados de um experimento de adubação potássica. Os índices DRIS foram calculados utilizando-se dois critérios para a escolha da ordem da razão dos nutrientes (valor "F" - razão de variância das relações entre nutrientes entre o grupo de referência e de baixa produtividade e valor "R" - coeficientes de correlação entre os valores de produtividade e a relação entre os pares de nutrientes) e três formas de cálculo das funções dos nutrientes (métodos de Beaufils, Jones e Elwali & Gascho). O Índice de Balanço Nutricional (IBN) apresentou correlação negativa e significativa com a produtividade em todas as combinações de métodos testados. O método DRIS descrito por Elwali & Gascho, utilizando o "valor F", apresentou desempenho semelhante ao critério de faixa de suficiência e pode ser utilizado para a interpretação da análise foliar em macieira, por apresentar valores de IBN que indicam o estado nutricional das plantas e pela eficiência no diagnóstico nutricional da cultura.

Malus Domestica; diagnose foliar; equilíbrio nutricional


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br