Métodos para avaliação da qualidade fisiológica de sementes de feijão vigna

Methods for evaluation of physiological quality of vigna bean seeds

Visando comparar diferentes testes de vigor quanto à avaliação da qualidade fisiológica, quatro lotes de sementes de feijão vigna (Vigna unguiculata W.) de duas cultivares ('EPACE-10' e 'IPA-206') foram armazenados por 180 dias (novembro/94 a maio/95), em condições normais de ambiente em Pelotas, RS. Bimestralmente, foram conduzidos testes de germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica, frio sem solo, emergência de plântulas em campo e peso de matéria seca da parte aérea das plântulas. A análise e a interpretação dos resultados indicaram que a avaliação da qualidade fisiológica de sementes de feijão vigna deve ser fundamentada no conjunto das informações fornecidas por diferentes testes de vigor. O teste de frio sem solo, dentre os testes estudados, é o que apresenta melhor relação com a emergência das plântulas em campo. O peso de matéria seca da parte aérea das plântulas não é eficiente na separação de lotes de sementes de feijão vigna em diferentes níveis de vigor.

Vigna unguiculata; feijão vigna; germinação; vigor; armazenamento


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br