INFLUÊNCIA DO SISTEMA "FLOATING" NO CONDICIONAMENTO DO CRESCIMENTO DE MUDAS DE PIMENTÃO (Capsicum annuum L.)

Resumos

Foi estudado o efeito do "floating" no condicionamento do crescimento de mudas de pimentão produzidas em bandejas de isopor de 128 células. Foi utilizado o sistema de "floating" contendo uma solução de adubo solúvel 20-10-20 na concentração de 1g/L. A semeadura foi feita diretamente em bandejas de isopor. Após a germinação as bandejas foram submetidas aos diferentes condicionamentos: C1 - As bandejas permaneceram sempre fora do "floating" recebendo aspersão de água 2 vezes ao dia; C2 - Idem C1 mais irrigação da mesma solução do "floating" 3 vezes por semana usando-se 500ml de solução por bandeja; C3 - A cada dia as bandejas ficaram 12h dentro do "floating" e 12h fora; C4-As bandejas permaneceram todo o período do ensaio dentro do "floating", exceto a última semana; C5-As bandejas permaneceram todo o período dentro do "floating"; C6-Idem C5 mais irrigação com a mesma solução do "floating" 3 vezes por semana usando-se 500ml de solução por bandeja. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com 6 tratamentos e 4 repetições, com 10 plantas em cada parcela. Os parâmetros de desenvolvimento avaliados foram: altura da planta, comprimento da raiz, peso da matéria fresca da raiz, peso da matéria fresca da parte aérea, peso da matéria seca da raiz, peso da matéria seca da parte aérea. Os valores mais elevados dos parâmetros avaliados foram obtidos nos condicionamentos C4, C5 e C6.

pimentão; mudas; floating; condicionamento


The effect of floating on the growth of sweet pepper kept in styrofoam trays of 128 cells was studied. The floating contained soluble fertiliser 20-10-20 in a concentration of 1g/L. After germination the trays were tested in different conditions as following: C1- trays kept on the bench and watered by spray twice a day; C2- same as C1 and plants fertilized three times a week (500 ml/tray); C3-trays kept 12 hours on the bench and 12 hours floating; C4- trays kept floating during the experiment except for the last week; C5- trays kept floating during the whole experiment; C6- same as C5 and plants watered three times a week with 500 ml/tray of soluble fertiliser from the floating system. The experimental design was completely randomised with 6 treatments and 4 replicates, with 10 plants in each plot. The parameters evaluated were: plant height, root lenght, fresh and dry weight of plant root. The highest values of these parameters were obtained for treatments C4, C5 and C6.

sweet pepper; floating; conditioning


INFLUÊNCIA DO SISTEMA "FLOATING" NO CONDICIONAMENTO DO CRESCIMENTO DE MUDAS DE PIMENTÃO (Capsicum annuum L.)

M.F. VERDIAL; A.Y. IWATA; M.S. de LIMA; J. TESSARIOLI NETO

Depto. de Horticultura-ESALQ/USP, C.P. 9, CEP:13418-900 - Piracicaba, SP.

RESUMO: Foi estudado o efeito do "floating" no condicionamento do crescimento de mudas de pimentão produzidas em bandejas de isopor de 128 células. Foi utilizado o sistema de "floating" contendo uma solução de adubo solúvel 20-10-20 na concentração de 1g/L. A semeadura foi feita diretamente em bandejas de isopor. Após a germinação as bandejas foram submetidas aos diferentes condicionamentos: C1 - As bandejas permaneceram sempre fora do "floating" recebendo aspersão de água 2 vezes ao dia; C2 - Idem C1 mais irrigação da mesma solução do "floating" 3 vezes por semana usando-se 500ml de solução por bandeja; C3 - A cada dia as bandejas ficaram 12h dentro do "floating" e 12h fora; C4-As bandejas permaneceram todo o período do ensaio dentro do "floating", exceto a última semana; C5-As bandejas permaneceram todo o período dentro do "floating"; C6-Idem C5 mais irrigação com a mesma solução do "floating" 3 vezes por semana usando-se 500ml de solução por bandeja. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com 6 tratamentos e 4 repetições, com 10 plantas em cada parcela. Os parâmetros de desenvolvimento avaliados foram: altura da planta, comprimento da raiz, peso da matéria fresca da raiz, peso da matéria fresca da parte aérea, peso da matéria seca da raiz, peso da matéria seca da parte aérea. Os valores mais elevados dos parâmetros avaliados foram obtidos nos condicionamentos C4, C5 e C6.

Descritores: pimentão, mudas, floating, condicionamento

INFLUENCE OF FLOATING ON THE CONDITIONING OF THE GROWTH OF SWEET PEPPER (Capsicum annuum L.) SEEDLINGS

ABSTRACT: The effect of floating on the growth of sweet pepper kept in styrofoam trays of 128 cells was studied. The floating contained soluble fertiliser 20-10-20 in a concentration of 1g/L. After germination the trays were tested in different conditions as following: C1- trays kept on the bench and watered by spray twice a day; C2- same as C1 and plants fertilized three times a week (500 ml/tray); C3-trays kept 12 hours on the bench and 12 hours floating; C4- trays kept floating during the experiment except for the last week; C5- trays kept floating during the whole experiment; C6- same as C5 and plants watered three times a week with 500 ml/tray of soluble fertiliser from the floating system. The experimental design was completely randomised with 6 treatments and 4 replicates, with 10 plants in each plot. The parameters evaluated were: plant height, root lenght, fresh and dry weight of plant root. The highest values of these parameters were obtained for treatments C4, C5 and C6.

Key Words: sweet pepper, floating, conditioning

INTRODUÇÃO

O sucesso de qualquer produção comercial de hortaliças inicia-se com a produção de mudas de alta qualidade. A introdução da técnica de produção de mudas de tomate e pimentão em bandejas de isopor veio facilitar o processo produtivo, além de possibilitar um maior controle no desenvolvimento das plantas, Minami (1995).

Ainda de acordo com o mesmo autor, a produção de mudas de alta qualidade envolve várias fases do sistema de produção, entre elas a nutrição, uma vez que desta também depende o desempenho da futura muda no momento do transplante, da resistência aos danos físicos e mecânicos, da sua capacidade de recuperação e da redução do ciclo de produção. O sistema de produção de mudas com o condicionamento nutricional tem sido utilizado em pesquisas onde as mudas são submetidas à fertilização, logo após a emergência das plantas, no processo de produção de mudas em bandejas de poliestireno expandido (isopor) ou tubetes. Esta metodologia visa reduzir os danos provocados pelo choque ou estresse mecânico, físico, edáfico ou climático, no momento do transplante das mudas, e a recuperação mais acelerada das mesmas em pós-transplante. A produção de mudas de alta qualidade pode, de início, elevar o custo de produção, no entanto, ganha-se em uniformidade, precocidade e produtividade.

No condicionamento de mudas objetiva-se a obtenção de plantas do tipo" ideal", isto é, que tenham uma elevada qualidade fitossanitária e que sejam capazes de um estabelecimento rápido e eficaz no campo de produção comercial.

O condicionamento do desenvolvimento de mudas já foi estudado por diferentes autores. Davidson et al. (1988) descreveram a importância da fertilização do substrato utilizado para a formação de mudas. Baer & Smeets (1978), verificaram que, em condições de umidade relativa alta, há um maior crescimento dos internódios de mudas de pimentão.

Estudos mostrando a relação entre o crescimento e a absorção de nutrientes pela cultura do pimentão foram publicados por Fernandes (1971) e Haag et al. (1970). Estes últimos autores mostraram que o maior acúmulo de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e magnésio, por unidade de matéria seca da planta, por dia, ocorreu nos estágios iniciais do ciclo de desenvolvimento da planta até o aparecimento dos primeiros frutos.

Dufault & Schultheis (1994) descrevem sobre a possibilidade de redução do choque de mudas de pimentão no campo, utilizando o método de pré-transplante sob condicionamento nutricional. Utilizaram mudas da cultivar Gatorbelle em 2 experimentos. No primeiro, em casa de vegetação, estudou-se a importância do N (Ca (NO3)2) nas doses de 25, 75 e 225 ppm e P (Ca(H2PO4)2) nas doses de 5, 15 e 45 ppm, no crescimento das mudas. Verificaram que o N interagiu com P afetando a matéria fresca, a seca, a brotação, a área foliar, a matéria seca de raízes, a altura das mudas e o número de folhas.

No segundo experimento o transplante foi condicionado com 50, 100 e 200 ppm de N e 15, 30 e 60 ppm de P, sendo o plantio no campo, feito em localidades diferentes (Carolina do Norte e Carolina do Sul). As concentrações de N e P não influenciaram na recuperação das mudas por ocasião do estresse causado pelo transplante. Embora N e P tenham afetado o crescimento, precocidade, produção total e qualidade das mudas em casa de vegetação, no campo não houve respostas, sendo os resultados similares em ambas localidades. Assim recomendam 50 ppm de N e 15 ppm de P para esta espécie, sem prejuízo da qualidade e da produção.

Neste trabalho avaliou-se o desenvolvimento de mudas de pimentão submetidas a diferentes con-dicionamentos nutricionais, sob cultivo protegido.

MATERIAL E MÉTODOS

O experimento foi instalado na área experimental do Departamento de Horticultura da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba-SP, no período de 13 de março a 20 de abril de 1996. Foram semeadas em bandejas de isopor de 128 células, 2 sementes de pimentão do cultivar Magda por célula. Foi utilizado para o enchimento das bandejas o substrato comercial da marca "Plantmax" produzido pela Eucatex S/A. Após a emergência efetuou-se desbaste deixando uma planta por célula. Depois do desbaste as bandejas foram submetidas a diferentes condicionamentos nutricionais.

Foi utilizado o sistema de "floating", no qual as bandejas com as plântulas ficavam boiando em solução de adubo solúvel da fórmula 20-10-20 mais micronutrientes, na concentração de 1g/l. A solução era renovada a cada quinze dias.

O delineamento experimental foi inteiramente aleatorizado, com 6 tratamentos e 4 repetições, com 10 plantas por parcela. Os tratamentos foram representados pelos condicionamentos da seguinte forma:

C1- As bandejas permaneceram sempre fora do "floating", recebendo aspersão de água 2 vezes ao dia;

C2- Idem C1 mais irrigação da mesma solução do "floating" 3 vezes por semana, usando-se 500ml da solução por bandeja;

C3-As bandejas ficaram 12h em "floating"e 12h fora;

C4-As bandejas permaneceram todo o período do ensaio no "floating", exceto na última semana;

C5-As bandejas permaneceram todo o período no "floating";

C6-Idem tratamento C5 mais irrigação com a mesma solução do "floating" 3 vezes por semana com 500ml da solução por bandeja.

Foram avaliados os seguintes parâmetros:

* Altura da planta;

* Comprimento da raiz;

* Peso da matéria fresca da parte aérea (PMFA);

* Peso da matéria fresca da raiz (PMFR);

* Peso da matéria seca da parte aérea (PMSA);

* Peso da matéria seca da raiz (PMSR).

Os valores obtidos foram submetidos à análise de variância com o teste F de Snedcor, e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 0.05 de probabilidade.

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Os resultados da análise estatística dos dados obtidos para os parâmetros avaliados em mudas de pimentão encontram-se no TABELA 1.

A análise dos resultados revela que o tratamento 6 (bandeja sob "floating" recebendo irrigação com solução de nutrientes) apresentou os maiores valores para as variáveis: altura de planta (cm), peso da matéria fresca da parte aérea (g) e peso da matéria seca da parte aérea (g), sendo estatisticamente diferente dos demais tratamentos. Quanto à parte subterrânea, o tratamento 4 (quatro semanas sob" floating" e a quinta semana fora do mesmo), proporcionou o maior peso da matéria seca da raiz. Em magnitude, a maior relação entre os pesos da matéria seca da parte aérea e da raiz foi alcançada com o tratamento 6.

Os tratamentos 1 (bandejas fora do "floating") e 2 ( idem 1 acrescido de irrigação com nutrientes 3 vezes por semana) não diferiram estatisticamente entre si, tendo apresentado os menores valores para os parâmetros avaliados, exceto para o comprimento da raiz.

É provável que além do efeito nutricional, tenha havido efeito de manutenção da umidade em condição favorável, quando se comparam os tratamentos 1, 2 e 3 com os tratamentos 4, 5 e 6.

CONCLUSÕES

Os dados obtidos permitem as seguintes conclusões:

- O condicionamento nutricional com a utilização do "floating", em mudas de pimentão, proporciona um maior desenvolvimento das mudas submetidas ao condicionamento e permite o controle do desenvolvimento das mudas;

- As mudas de pimentão produzidas em bandejas com substrato comercial com ou sem fertilização subsequente via irrigação, apresentam os menores valores dos parâmetros de desenvolvimento das mudas;

- A utilização da técnica do "floating" para a fertilização das mudas de pimentão se mostra viável e de fácil utilização no condicionamento do desenvolvimento das mudas.

Recebido para publicação em 25.06.97

Aceito para publicação em 08.09.97

  • BAER, J.; SMEETS, L. Effect of relative humidity on fruit set and seed set in pepper (Capsicum annuum L). Netherlands Journal of Agricultural Science, v.26, n.1, p.59-63, 1978 Resumo 7327 em Horticultural Abstracts, v.48, n.8, p.645, 1978.
  • DAVIDSON, H.; MECKLENBURG, R.; PETERSON, C. Nursery management: administration and culture. 2.ed. Englewood Cliffs: Regents/Prentice-Hall, 1988. p.169-192: Media and nutrition management for container growth plants.
  • DUFAULT, R. J. ; SCHULTHEIS, J. R. Bell pepper seedling growth and yield following pretransplant nutritional conditioning. HortScience, v.29, n.9, p.999-1001, 1994.
  • FERNANDES, p.d. Estudos de nutriçăo mineral do pimentăo (Capsicum annuum L.) variedades Avelar e Ikeda. Absorçăo e deficięncias de macronutrientes. Piracicaba, 1971. 85p. Dissertaçăo (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de Săo Paulo.
  • HAAG, H.P.; HOMA, P.; KIMOTO, T. Nutriçăo mineral de hortaliça. V. Absorçăo de nutrientes pela cultura do pimentăo. O Solo, v.62, n.2, p.7-11, 1970.
  • MINAMI, K. Produçăo de mudas de alta qualidade em horticultura Săo Paulo: T. A. Queiroz, 1995. 128p.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    12 Nov 1998
  • Data do Fascículo
    Jan 1998

Histórico

  • Aceito
    08 Set 1997
  • Recebido
    25 Jun 1997
São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br