Ácidos orgânicos e seus efeitos na dessorção de metais pesados em solo contaminado

Fitoremediação de metais pesados é uma biotecnologia que usa plantas para extrair metais pesados de solos e transferi-los para a parte aérea. Como espécies naturalmente hiperacumuladoras de metais têm demonstrado baixo potencial para fitoextração comercial, agentes quelantes sintéticos são utilizados para induzir acumulação de metais em plantas de alta produção de biomassa. Esses quelantes, entretanto, apresentam a limitação ambiental de solubilizarem quantidades excessivamente altas de metais. Em busca de alternativas para o uso de quelantes sintéticos, o trabalho avaliou a capacidade de seis quelantes (DTPA, EDTA, ácido cítrico, ácido oxálico, ácido vanílico e ácido gálico) na dessorção de Cd, Pb, Zn, Cu e Ni de um solo contaminado. DTPA e EDTA foram eficientes na dessorção de Cd, Pb, Zn, Cu e Ni. No entanto, a alta solubilização de metais provocada por esses ácidos limita sua aplicação em condições de campo. Os ácidos cítrico e oxálico desorveram quantidades substanciais de Zn, Cu e Ni quando aplicados nas doses de 10 e 20 mmol kg-1. Os ácidos vanílico e gálico na dose de 20 mmol kg-1 desorveram significantes quantidades de Zn, Ni e Cd do solo. Nenhum dos ácidos naturais estudados foi eficiente na dessorção de Pb do solo.

fitoremediação; fitoextração; poluição de solo


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br