Indução de resistência em plantas de trigo por silíco e pulgões

Dentre os fatores limitantes da produção tritícola brasileira está o ataque de insetos-praga, podendo-se destacar o pulgão-das-gramíneas Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae). O controle químico é predominante no manejo desse pulgão, tornando a produção dependente do uso de inseticidas. Este trabalho avalia o efeito do silício e da infestação prévia com pulgões na indução de resistência ao pulgão-das-gramíneas em plantas de trigo. Os tratamentos foram: testemunha; adubação com silicato de cálcio; infestação das plantas com pulgões; adubação com silicato de cálcio + infestação das plantas com pulgões. Trinta e cinco dias após emergência das plântulas foi realizado teste de preferência com chance de escolha; determinação da taxa de crescimento da população do pulgão (r m) e quantificação da atividade de três enzimas envolvidas na defesa das plantas: peroxidase, polifenoloxidase e fenilalanina amônia-liase. A adubação silicatada e a infestação prévia com pulgões induzem resistência em plantas de trigo ao pulgão-das-gramíneas.

Schizaphis graminum; Triticum aestivum; manejo de pragas; resistência induzida; resistência de plantas a insetos


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br