Ocorrência e aspectos biológicos do psilídeo do sombreiro no Brasil

O sombreiro Clitoria fairchildiana (Howard) é uma planta amplamente distribuída no Brasil sendo muito utilizada em arborizações. Em abril de 2001 foi constatada a ocorrência do psilídeo Euphalerus clitoriae Burckhardt & Guajará neste hospedeiro na Região Metropolitana do Recife, PE. Este trabalho teve como objetivo registrar a ocorrência de E. clitoriae e seus inimigos naturais, e estudar alguns aspectos da biologia deste psilídeo. Foram realizadas coletas semanais de folhas de C. fairchildiana visando à contagem de ninfas de E. clitoriae e formas imaturas e adultos dos inimigos naturais. A população de E. clitoriae variou de 2 a 90 ninfas por folíolo. A percentagem de parasitismo de Aprostocetus sp. variou de 3 a 24%. A curva de freqüência da largura do pigídio dos insetos observados apresentou variação de 120 a 140; 200 a 240; 300 a 380; 460 a 580 e 720 a 820 mm para o primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto ínstares, respectivamente. Os ovos de E. clitoriae apresentaram 7,6 dias de incubação. A fase ninfal apresentou 5,7 dias para o primeiro ínstar, 4,5 dias para o segundo ínstar, 4,8 dias para o terceiro ínstar, 5,0 dias para o quarto ínstar e 6,1 dias para o quinto ínstar. O período de ovo-adulto foi 33,7 dias, a longevidade de fêmeas foi 8,6 dias e a fecundidade de 118 ovos/fêmea. A viabilidade total de formas imaturas foi de 74% e a razão sexual de 0,5.

Euphalerus clitoriae; Psyllidae; biologia; controle biológico; inimigos naturais


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br