Evolução da pesquisa em sementes recalcitrantes

C.J. Barbedo D.A.C. Bilia Sobre os autores

São apresentadas considerações sobre espécies cujas sementes apresentam sensibilidade à dessecação e reduzido período de viabilidade, inicialmente denominadas recalcitrantes. Estudos posteriores demonstraram haver gradiente de sensibilidade à dessecação e uma categoria intermediária foi proposta. As pesquisas têm relatado diversos fatores relacionados à tolerância à dessecação, tais como ABA, proteínas e açúcares. São reportados estudos com sementes recalcitrantes no Brasil, que se iniciaram na década de 50 e, atualmente, estão dirigidos a identificação, tolerância à secagem e à baixa temperatura, capacidade de armazenamento, relação entre composição química e viabilidade e efeito de tratamentos fungicidas para a conservação durante o armazenamento.

semente; recalcitrante; tolerância à dessecação; Brasil


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br