Níveis críticos e disponibilidade de fósforo em solos cultivados com arroz inundado

Os solos de várzea apresentam-se com um grande potencial para o cultivo do arroz irrigado por inundação. No presente trabalho, objetivou-se estimar os níveis críticos de P pelos extratores Mehlich 1 e resina em solos de várzea cultivados com arroz sob inundação e identificar as frações de P que estão contribuindo para a nutrição fosfatada do arroz. Foram utilizados quatro solos de várzea pré-cultivados com feijoeiro: Glei Pouco Húmico (GP), Aluvial (A), Glei Húmico (GH) e Orgânico (O). O experimento foi em delineamento inteiramente casualizado, em fatorial 4 x 5 x 2 com três repetições, sendo: quatro solos, cinco doses de P (75, 150, 300, 500 e 800 mg dm-3) e dois níveis de calagem: ausência e presença. Após 60 dias de inundação, coletaram-se amostras dos solos para a determinação do P por Mehlich 1 e resina e fracionamento de P. Cada parcela constituiu de um vaso de 3 dm³ em que cultivaram-se duas plantas. As formas de P lábeis e pouco lábeis dos solos contribuíram para a nutrição fosfatada do arroz. Os dois extratores demonstraram eficiência na avaliação do P disponível para o arroz.

Oryza sativa; fração de fósforo; extratores


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br