Indução de divisão nuclear simétrica e estruturas multinucleadas em micrósporos de berinjela (Solanum melongena L.) cultivados in vitro

Uma modificação de um protocolo utilizado para induzir embriogênese a partir de micrósporos de tabaco foi testada em berinjela (Solanum melongena L.). Em tabaco, micrósporos uninucleados são submetidos a um tratamento de estresse em meio "B" contendo manitol a 33ºC por seis dias. Os micrósporos são então transferidos para um meio AT3 contendo maltose para as fases posteriores de desenvolvimento. Neste estudo, micrósporos uninucleados e binucleados tardios do cultivar de berinjela Bambino foram pré-cultivados em meio "B" e, posteriormente, incubados a 4ºC, 25ºC e 33ºC por dois dias. Após os pré-tratamentos, as culturas de micrósporos foram transferidas para o meio AT3 contendo maltose 0,25 M e mantidas a 25ºC no escuro. A presença de divisão simétrica e estruturas multinucleadas foram verificadas com coloração DAPI do núcleo após uma e duas semanas. Foram observadas divisões simétricas dos núcleos e estruturas multinucleadas somente em micrósporos uninucleados, pré-tratados a 33ºC por dois dias. A frequência de estruturas multinucleadas foi de 19,4% sob essas condições. Nós demonstramos que a berinjela responde ao protocolo modificado de tabaco para produção de divisões simétricas e estruturas multinucleadas. Esses resultados podem ser utilizados como base para uma completa adaptação do sistema de tabaco em berinjela.

haplóide; cultura de micrósporos; divisão simétrica; estresse com manitol


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br