Normas DRIS para avaliação do estado nutricional da macieira

Para as condições brasileiras, ainda não existem estudos sobre a utilização do sistema integrado de diagnose e recomendação (DRIS) para a diagnose nutricional da macieira, cujo diagnóstico nutricional das plantas é feito utilizando o critério de faixa de suficiência. Este trabalho teve por objetivo estabelecer normas DRIS, visando à interpretação dos resultados de análises de folhas de plantas de macieira no Sul do Brasil. O estudo foi realizado nas regiões produtoras de maçã do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, em 70 pomares selecionados quanto à produtividade e técnicas de manejo do pomar. Foram determinadas as concentrações de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, boro, cobre, ferro, manganês e zinco nas amostras de folhas. Os índices DRIS foram calculados utilizando-se dois critérios para a escolha da ordem da razão dos nutrientes (valor "F" - razão de variância das relações entre nutrientes entre o grupo de referência e de baixa produtividade e valor "R" - coeficientes de correlação entre os valores de produtividade e a relação entre os pares de nutrientes) e três formas de cálculo das funções dos nutrientes (métodos de Beaufils, Jones e Elwali & Gascho). Os dois critérios para a escolha da ordem da razão dos nutrientes selecionaram razões diferentes. As concentrações dos nutrientes apresentaram correlações positivas (P < 0,01) com os respectivos índices DRIS, com exceção do N. As normas DRIS definidas são aplicáveis para o diagnóstico nutricional da macieira.

Malus Domestica; normas DRIS; diagnose foliar


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br