Caracterização da diversidade genética de linhagens comerciais de Coffea arabica através de marcadores moleculares do tipo RAPD, AFLP e SSR

A identificação de linhagens de Coffea arabica a partir de descritores botânicos e agronômicos é um problema para o desenvolvimento de cultivares. Basicamente, a limitada variação fenotípica observada em cultivares é o resultado de uma estreita variabilidade genética em C. arabica associada com uma origem genealógica próxima. Recentemente, os uso de marcadores moleculares tem contribuído para a caracterização e identificação de várias espécies de interesse comercial. O objetivo deste trabalho foi comparar a confiabilidade de três tipos de marcadores moleculares, RAPD, AFLP e SSR, para a caracterização da variabilidade genética e uma possível identificação de linhagens comerciais de Coffea desenvolvidas pelo IAC. Os métodos avaliados permitiram identificar polimorfismos entre cultivares. A variabilidade genética detectada por eles é muito semelhante, ainda que reduzida. Marcadores do tipo RAPD e SSR foram mais eficientes em análises de parentesco, e o agrupamento das linhagens correspondeu à sua origem genealógica. No entanto, nenhum dos métodos testados permitiu a identificação individual de linhagens. Neste caso, a utilização conjunta de descritores botânicos, agronômicos e marcadores moleculares é recomendada para a identificação precisa de linhagens, visando processos de proteção legal de cultivares de Coffea.

café; identificação de cultivares; marcadores moleculares


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br