Densidade de esporos e colonização radicular por fungos microrrízicos arbusculares em ecossistemas de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze. preservados e impactados

Milene Moreira Dilmar Baretta Siu Mui Tsai Elke Jurandy Bran Nogueira Cardoso Sobre os autores

A Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze. é uma espécie florestal nativa do Brasil e encontra-se ameaçada de extinção. É altamente dependente de fungos micorrízicos arbusculares para seu desenvolvimento, principalmente em solos com baixos teores de fósforo. Embora sendo uma conífera, esta árvore não forma ectomicorriza, mas sim a endomicorriza arbuscular. O presente estudo teve como objetivo levantar dados sobre a densidade de esporos e a colonização radicular de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) em ecossistemas florestais de Araucaria angustifolia, visando discriminar os ecossistemas natural, implantado e impactado pela ação antrópica, através da Análise Canônica Discriminante (ACD). Foram selecionados três ecossistemas representativos da região de Campos do Jordão (SP): 1. floresta nativa (FN); 2. floresta replantada de araucária (R); e 3. floresta replantada de araucária, submetida a uma queima acidental (RF). As coletas de solo rizosférico e de raízes foram realizadas em maio e outubro de 2002. Determinaram-se a densidade de esporos, taxa de colonização radicular e identificaram-se os gêneros de FMAs presentes. O número de esporos na FN foi sempre inferior aos reflorestamentos. Foram identificadas ao todo 26 espécies de FMAs. A colonização radicular na primeira coleta apresentou valores os quais não diferiram entre as três áreas estudadas. Entretanto, na segunda coleta, a FN apresentou plantas com maior valor de colonização que aquelas dos reflorestamentos, sendo todos os valores superiores aos encontrados na primeira coleta. Houve uma relação inversa entre colonização e número de esporos em todas as áreas. Ocorreu uma separação espacial entre as três áreas de estudo, baseada em análise canônica discriminante das variáveis estudadas.

pinheiro brasileiro; biodiversidade; riqueza de espécies; reflorestamento


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br