Ecuperação de áreas degradadas revegetadas com acácia e eucalipto enfocando a humificação da matéria orgânica

Frações da matéria orgânica humificada e a população de microrganismos do solo são utilizadas como indicadores da qualidade ambiental. Objetivou-se verificar mudanças nos atributos químicos, microbiológicos e nas frações humificadas da matéria orgânica em substrato de cava de extração de argila com cobertura de Brachiaria mutica, Acacia mangium e Eucalyptus. Nas áreas de Eucalyptus os teores de P aumentaram linearmente em função do tempo de plantio, porém somente no décimo segundo ano diferiu da B. mutica. Na área com A. mangium tais diferenças ocorreram no terceiro ano, com incremento de 43% na camada de 0-10 cm em relação à B. mutica. Ainda, na camada de 0-10 cm os teores de carbono total foram maiores 98%, 78%, 70% e 40% em relação ao Eucalyptus com três, cinco, doze anos, e B. mutica, respectivamente. Tais incrementos também ocorreram nas frações humificadas, principalmente nos ácidos fúlvicos (C AF). A população de microrganismos foi maior na cobertura com A. mangium, acentuadamente no verão; correlacionando-se com o carbono total (bactérias totais, r = 0,96**; fungos totais, r = 0,91*; e solubilizadores de fosfato, r = 0,98**) e com a fração C AF (bactérias totais, r = 0,96**; fungos totais, r = 0,90*; e solubilizadores de fosfato, r = 0,98**). O uso da A. mangium proporcionou melhoria nos atributos químicos e microbiológicos do substrato da cava de extração de argila.

leguminosas arbóreas; micorrizas; rizóbio; substâncias húmicas; microbiota do solo


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br