AS IDEIAS COMO FORÇAS SOCIAIS: SOBRE UMA AGENDA DE PESQUISA1 1 Este texto é uma versão revista e ampliada da comunicação apresentada no 2º Seminário de Pensamento Social, organizado em novembro de 2013 pela rede de pesquisadores da Biblioteca Virtual do Pensamento Social, realizado no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

IDEAS AS SOCIAL FORCES: A RESEARCH AGENDA PROPOSAL

Antonio Brasil JrSobre o autor

Resumo

Neste trabalho, analisamos os textos de Elide Rugai Bastos dedicados à chamada escola sociológica paulista, isto é, à produção sociológica que se organizou e se desdobrou a partir de Florestan Fernandes. Buscamos destacar as contribuições da autora para as pesquisas acerca do pensamento social no Brasil. Para tanto, mostraremos como a autora: (i) entende o processo de sistematização das ciências sociais no Brasil, bem como o papel ocupado por Freyre e por Fernandes neste processo; (ii) reconstrói as categorias analíticas presentes na produção sociológica de Fernandes e de seu grupo; e (iii) conecta esta tradição intelectual ao problema do lugar e dos efeitos das ideias na conformação da sociedade.

Palavras-Chave:
Pensamento Social; Elide Rugai Bastos; Florestan Fernandes; Intelectuais; Ideias e sociedade

Universidade Federal do Rio de Janeiro Largo do São Francisco de Paula, 1, sala 420, cep: 20051-070 - 2224-8965 ramal 215 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revistappgsa@gmail.com