Accessibility / Report Error

EMBEDDEDNESS E DISEMBEDDEDNESS NA SOCIOLOGIA ECONÔMICA EM TRÊS TEMPOS

Resumo

O artigo tem como objetivo demonstrar a permanência da relevância do conceito de embeddedness na sociologia econômica, colocando-o em perspectiva com a questão do disembeddedness por meio de uma análise em três tempos. O conceito introduzido por Karl Polanyi foi marcado, no primeiro tempo, por uma interpretação vinculada à noção de “construção social da economia”. No segundo tempo, o debate se orientou para a crítica da agenda liberalizante do Consenso de Washington, sugerindo que os efeitos negativos dessa agenda para o desenvolvimento econômico e para a solidariedade social deveriam conduzir a uma retomada do controle do estado sobre a economia − o re-embeddedness. O terceiro tempo consiste no reconhecimento da especificidade da economia de mercado por meio de uma análise do neoliberalismo como arranjo político-institucional e sistema moral-normativo que produz “embeddedness no disembeddedness.” O artigo também reflete sobre a possibilidade de restabelecimento da solidariedade social em uma economia crescentemente disembedded.

Palavras-chave:
Karl Polanyi; mercado; economia política; instituições; solidariedade social

Universidade Federal do Rio de Janeiro Largo do São Francisco de Paula, 1, sala 420, cep: 20051-070 - 2224-8965 ramal 215 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revistappgsa@gmail.com