Psicologia do risco

Trata-se de um ensaio que compara a abordagem científica da análise e tomada de decisão sobre riscos com a maneira como pessoas comuns percebem e respondem aos riscos. Aborda a importância da confiança como um determinante do risco percebido e descreve nova pesquisa sobre "risco como sentimentos", o "Efeito Heurístico" e a relevância desse novo trabalho. O conceito de risco é extremamente complexo, pois, além dos fatores científicos, está intrinsecamente associado a elementos sociais e sua percepção. Os riscos envolvem muitas incertezas de difícil medição. Outra questão importante é a amplificação social do risco. A confiança é a palavra-chave para problemas de comunicação sobre o risco. A conclusão é feita ao redor do tema da racionalidade e irracionalidade humana face ao risco.

Avaliação de risco; Percepção de riscos; Julgamento e tomada de decisão


Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. Av. dr. Arnaldo, 715, Prédio da Biblioteca, 2º andar sala 2, 01246-904 São Paulo - SP - Brasil, Tel./Fax: +55 11 3061-7880 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br