Masculinidades e práticas de saúde na região metropolitana de Belo Horizonte - MG

Masculinities and health practices in the metropolitan area of Belo Horizonte - MG

Adriano Roberto Afonso do Nascimento Zeidi Araújo Trindade Ingrid Faria Gianordoli-Nascimento Fernanda Bicalho Pereira Sara Angélica Teixeira da Cruz Silva Alessandra Craig Cerello Sobre os autores

O objetivo desta investigação foi identificar e analisar as representações sociais de saúde e de doença e as práticas de saúde masculina junto a homens residentes na Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG. Foram entrevistados 100 sujeitos com idade entre 45 e 55 anos. Os dados foram submetidos às análises de evocação e de conteúdo. RESULTADOS: elementos centrais da Representação Social (RS) de saúde: "bem-estar", "cuidado" e "importante". Elementos periféricos próximos: "alegria/felicidade" e "alimentação". Elementos centrais da RS de doença: "tristeza" e "dor". Elementos periféricos próximos: "sofrimento" e "morte". Definição de "cuidar da saúde": "cuidar da alimentação" (17,25% das respostas) e "praticar atividades físicas" (11,11%). Dos sujeitos, 52% afirmaram que cuidam da própria saúde e 34% que o fazem "às vezes". Quem contribui para o cuidado com a própria saúde: "eu mesmo" (29,63%), "esposa" (25,93%). Busca por atendimento médico: "às vezes" no Hospital (69% dos sujeitos; motivo principal: "dor forte/persistente", 13,87% das respostas) ou nos consultórios (72% dos sujeitos; motivo principal: "exames de rotina", 22,22% das respostas). A análise dos resultados indica a percepção mais geral do cuidar da saúde como um conjunto de práticas individuais objetivando o "bem-estar". Os resultados também indicam considerável quantidade de ações objetivando os cuidados com a saúde, o que contraria parte das percepções tradicionais quanto à fraca associação entre masculinidades e cuidado de si.

Masculinidades; Práticas de saúde; Representações Sociais


Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. Av. dr. Arnaldo, 715, Prédio da Biblioteca, 2º andar sala 2, 01246-904 São Paulo - SP - Brasil, Tel./Fax: +55 11 3061-7880 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br