Fatores de exposição, experiência no trânsito e envolvimentos anteriores em acidentes de trânsito entre estudantes universitários de cursos na área da saúde, Ponta Grossa, PR, Brasil

Factors of exposure, experience in the traffic and previous involvements in traffic accidents among college students of health courses, Ponta Grossa, PR, Brazil

Valéria Beatris Labiak Maysa de Lima Leite Jorim Sousa das Virgens Filho Caroliny Stocco Sobre os autores

Os tipos de vítimas mais freqüentes nos acidentes de trânsito são os jovens, principalmente os do sexo masculino. Essa alta incidência tem sido atribuída aos comportamentos próprios da idade, que poderiam levar os jovens a transgredir leis de trânsito e, conseqüentemente, provocar acidentes. Assim, este estudo teve como objetivo descrever o perfil socioeconômico e demográfico, além de caracterizar a exposição e os antecedentes em acidentes de trânsito, dos estudantes universitários de cursos na área da Saúde da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), em 2005. Utilizou-se um questionário auto-respondido, de forma anônima, cuja amostra compreendeu 624 acadêmicos. As variáveis estudadas foram: características demográficas e socioeconômicas, fatores de exposição e experiência no trânsito, uso do cinto de segurança e antecedentes em acidentes de trânsito. O perfil dos estudantes caracterizou-se pela maioria do sexo feminino (66,67%), com idade entre 18 e 23 anos, morando com a família e com renda igual ou inferior a 10 salários mínimos. Quanto à idade de aprendizagem de direção, a maior freqüência no sexo masculino foi entre 15 e 17 anos e no sexo feminino, 18 anos ou mais. Encontrou-se número expressivo de relatos de aprendizagem de direção com menos de 14 anos, em ambos os sexos. A associação do uso do cinto com o lugar ocupado no carro (condutor, passageiro do banco dianteiro e passageiro do banco traseiro), segundo o sexo, revelou que a utilização do dispositivo independe do sexo. A associação entre envolvimento em acidentes de trânsito e sexo indicou pré-disposição do sexo masculino.

Acidentes de trânsito; Estudantes; Jovens; Exposição ao trânsito; Epidemiologia; Perfil sociodemográfico


Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. Av. dr. Arnaldo, 715, Prédio da Biblioteca, 2º andar sala 2, 01246-904 São Paulo - SP - Brasil, Tel./Fax: +55 11 3061-7880 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br