• Editorial Editorial Especial

  • Untitled document Editorial Especial

    Castanheira, Elen Rose L.; Carandina, Luana; Akerman, Marco
  • Organization of health care actions: models and practices Parte I - Conferências do X Congresso Paulista de Saúde Pública

    Ayres, José Ricardo de Carvalho Mesquita

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é discutir recentes contribuições conceituais para a construção de modelos de organização das ações de atenção à saúde. Trata-se de um ensaio crítico baseado na Teoria do Processo de Trabalho em Saúde, de Mendes-Gonçalves e colaboradores, relido na perspectiva filosófica da Hermenêutica contemporânea (Gadamer; Ricoeur, Habermas). Em primeiro lugar, define-se modelo como a convergência de horizontes entre os diversos discursos socialmente legitimados acerca dos modos de operar as tecnologias de atenção à saúde de indivíduos e populações. A seguir, são apontados como norteadores da reflexão o princípio da integralidade da atenção no contexto do Sistema Único de Saúde e seus desafios nos planos do conhecimento, das tecnologias e da ética. Os conceitos de vulnerabilidade, cuidado e humanização, como recentes proposições para novas confluências discursivas interessadas na construção de modelos de atenção integral, são, então, tomados para análise, discutindo-se seus principais pressupostos e conteúdos, assim como seus alcances e desafios práticos.

    Abstract in English:

    The objective of this paper is to discuss the recent conceptual contributions to the development of health care organization models. This is a critical essay, based on the Theory of Health Work Process, authored by Mendes-Gonçalves and collaborators, revisited under the philosophical perspective of contemporary Hermeneutics (Gadamer, Ricoeur, Habermas). Firstly, "model" is defined as the convergence of horizons of the diverse socially legitimated discourses on the modes of operation of technologies that provide health care for individuals and populations. Then, the principle of integrality of care within the context of Sistema Único de Saúde (Brazil's National Health System) and its challenges in the fields of knowledge, technologies and ethics are elected as the guiding path for the reflection. The concepts of vulnerability, care and humanization, viewed as recent proposals attempting at new discursive confluences for the construction of integral care models, are analyzed, focusing on their main assumptions and contents, and also on their practical achievements and challenges.
  • Health, society and SUS: the subject's imperative Parte I - Conferências do X Congresso Paulista de Saúde Pública

    Campos, Gastão Wagner de Souza
  • Health, culture and development Parte I - Conferências do X Congresso Paulista de Saúde Pública

    Matsinhe, Sozinho Francisco
  • Health and social development Parte I - Conferências do X Congresso Paulista de Saúde Pública

    Cohn, Amélia
  • Work as educational principle: some reflections Parte II - I Seminário das Escolas Técnicas do SUS do Estado de São Paulo

    Ribeiro, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Após algumas reflexões sobre o conceito de trabalho e formação, este artigo aborda algumas orientações, ou princípios, que podem contribuir para a organização de programas de formação de adultos. Ao trabalhar em programas de formação dessa natureza, devemos ter em mente que trabalhamos com indivíduos que já possuem conhecimentos elaborados, experiências práticas e vivências que devem ser consideradas como ponto de partida. Assim, devemos considerar que a aprendizagem acontece ao longo da vida, e que um curso é apenas parte do percurso de aprendizagem. Outro aspecto importante é que programas de formação para adultos, especialmente aqueles desenvolvidos em situação de trabalho, devem ter sentido para aqueles que irão participar. Os participantes devem, portanto, aderir voluntariamente à proposta; caso contrário, ela poderá ser entendida apenas como algo imposto, e não como um ganho profissional efetivo. Nas situações de formação em situações de trabalho, é também fundamental que os programas sejam elaborados a partir de um apurado conhecimento da realidade daqueles que irão participar. Avaliar e preservar a memória do que foi realizado evita que ocorram eternos recomeços. Por fim, é fundamental que os programas de formação contem também com um programa de apoio aos participantes, de tal forma que eles se sintam mais seguros no trilhar os caminhos das mudanças, quando retornarem aos seus respectivos espaços de trabalho.

    Abstract in English:

    After a glance at concepts such as work and education, this article approaches some orientations or principles that can contribute to the organization of adult education courses. When we work in education programs of this nature, we must always have in mind that we are working with individuals who already have theoretical knowledge and practical experiences that must be considered as starting points. We have to consider that learning happens throughout one's life and a course is no more than part of the learning path. Another important issue when we talk about adult's education, especially those programs which are developed within work situations, is that they must have meaning for those who will be attending the course. The participants are supposed to engage in the education program voluntarily, otherwise it will be seen not as a professional gain, but as something that was imposed. It is also of great value that the course be developed based on accurate knowledge of the reality of those who will participate. Evaluating and preserving the memory of what happened during the course helps to prevent never-ending restarts. Finally, it is also important that the education courses have a suport programm, to help the participants feel safer when they start taking the changes proposed by the education program back to their real working daily lives.
  • Work-based learning: possibilities, limits and perspectives of professional education Parte II - I Seminário das Escolas Técnicas do SUS do Estado de São Paulo

    Ramos, Marise

    Abstract in Portuguese:

    No presente trabalho inicialmente se discute a formação dos trabalhadores na perspectiva da educação pelo trabalho, com enfoque no campo da Saúde, apoiando-se no princípio da Integralidade. Aborda-se o principio da Integralidade em seu três sentidos: como atributo das práticas dos profissionais; como atributo das organizações dos serviços; e como respostas governamentais aos problemas de saúde. Dessa forma, a Integralidade recoloca o sentido do trabalho em Saúde na constituição da humanidade das pessoas frente às suas necessidades de Saúde. No decorrer, refere à necessidade de re-significar o sentido das competências como um constructo pedagógico e ideológico que está presente nas teorias da educação e do trabalho hoje. Finalmente aponta algumas perspectivas para a educação dos trabalhadores em saúde mediada pelo trabalho.

    Abstract in English:

    The present text initially discusses workers' education in the perspective of work-based learning, focusing on the field of Health, based on the principle of Integrality. The Integrality principle is approached in its three senses: as an attribute of the professionals' practices; as an attribute of services organization; and as governmental responses to health problems. Thus, Integrality places the sense of Health work in the constitution of people's humanity in light of their Health needs. The text discusses the need to view competences as a pedagogical and ideological construct that is present today in the theories of education and work. Finally, some perspectives to health workers' education mediated by work are approached.
  • National scenario of the technical schools of SUS: the creation of CEFOR in Brazil Parte II - I Seminário das Escolas Técnicas do SUS do Estado de São Paulo

    Galvão, Ena
  • The trajectory of the technical school in the Municipal Health Department of São Paulo Parte II - I Seminário das Escolas Técnicas do SUS do Estado de São Paulo

    Miyashiro, Sueli
  • Study on social representations of pregnancy in bolivian women in the context of primary health care in the central area of the city of São Paulo Parte III - Trabalhos Premiados no X Congresso Paulista de Saúde Pública - Relatos de Pesquisa

    Madi, Maria Carolina C.; Cassanti, Ana Carolina; Silveira, Cássio

    Abstract in Portuguese:

    O processo imigratório dos bolivianos para o Brasil vem trazendo muitos questionamentos e necessidades de intervenção pelos serviços de saúde na cidade de São Paulo. As barreiras impostas pela cultura boliviana (como a linguagem) e o receio que os bolivianos têm pela situação de ilegalidade no país colocam aos serviços obstáculos no acesso à população. O objetivo dessa pesquisa é a compreensão das concepções das mulheres imigrantes bolivianas - que frequentam o Centro de Saúde Escola Barra Funda "Dr. Alexandre Vranjac" (CSEBF), na região central de São Paulo - sobre gestação, nos contextos: familiar, de adaptação como imigrantes e de espaço de construção da vida pessoal. Realizou-se uma análise qualitativa de entrevistas que incluíram mulheres bolivianas gestantes maiores de 18 anos, matriculadas no CSEBF. Foram realizadas algumas visitas domiciliares junto às agentes comunitárias. Como resultado, obteve-se que as bolivianas praticam endogamia e seus parceiros são fixos. Na Bolívia, não procuravam o serviço de saúde. Notou-se um paradoxo no que diz respeito à gravidez e ao trabalho, pois dizem ter planejado a primeira gestação, embora concordem que o trabalho - principal motivo da imigração - seja prejudicado pela gestação, parto e maternidade. Quanto à prática de parto, as bolivianas desejam e acreditam que o parto normal seja melhor que a cesárea, o que diverge do posicionamento comum das mulheres brasileiras. Este estudo poderá contribuir com conhecimentos sobre as concepções de saúde, particularmente sobre a gravidez, e acredita-se que as práticas dos serviços possam ser melhoradas, ampliando-se a capacidade de organização para receber imigrantes bolivianos.

    Abstract in English:

    The process of Bolivian immigration to Brazil has been bringing questions and the necessity of intervention through the Health Services in the city of São Paulo. The barriers that come with the Bolivian culture (like the language) and their fear due to their illegal situation in Brazil bring to the Services some obstacles to access this population. The objective of the study is to understand the pregnancy conceptions of the Bolivian immigrant women who attend Centro de Saúde Escola Barra Funda "Dr. Alexandre Vranjac" (CSEBF), in the following contexts: family, adaptation as immigrants, and space of construction of their personal life. The researchers performed a qualitative analysis of the interviews they conducted with Bolivian pregnant women older than 18 years old, enrolled at CSEBF. Some home visits were made in the company of a community-based health agent. Results showed that Bolivian women practice endogamy and monogamy. In Bolivia they never looked for a Health Service like CSEBF. A paradox was noticed when it comes to pregnancy and work, as they say they planned their first child although they agree that work - the main reason to come to Brazil - is negatively affected by pregnancy, childbirth and maternity. About childbirth practices, the Bolivian women wish and believe that natural childbirth is better than caesarean delivery, diverging from the Brazilian women's most common position. This study can contribute with knowledge about the Bolivian women's health conceptions, especially about pregnancy, so that the Health Service's actions, mainly in primary care, can be improved, increasing the organization capacity for receiving Bolivian immigrants.
  • Foreign loans for the health sector in Brazil: solutions or problems Parte III - Trabalhos Premiados no X Congresso Paulista de Saúde Pública - Relatos de Pesquisa

    Soares, Adilson

    Abstract in Portuguese:

    No presente artigo discute-se o alinhamento das políticas do governo brasileiro, a política acordada com as agências multilaterais de financiamento - Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, a partir da análise do pagamento da dívida externa dos empréstimos contraídos pelo Governo Federal para o setor saúde, dentro do orçamento do Ministério da Saúde. O estudo está circunscrito ao período de 1995 a 2004 e foi desenvolvido por meio de um estudo exploratório, utilizando os recursos da pesquisa documental. Descrevem-se os gastos em saúde do Ministério da Saúde no período de 1995 a 2004, apontando para a instabilidade e a dificuldade de evolução do orçamento, os gastos em saúde em países selecionados, e o comportamento do pagamento da dívida externa total do Governo Federal, da saúde e dos projetos do Banco Mundial e do BID. Por fim, conclui-se que o percentual de recursos públicos gastos em saúde no Brasil é baixo, quando comparado com os gastos públicos do grupo de países de renda alta. Conclui-se, ainda, que a política econômica dos governos FHC e Lula seguiu as orientações de política econômica indicadas pelas agências de crédito - entre elas o compromisso com o pagamento da dívida -consubstanciadas nos documentos dos acordos de empréstimos condicionados, e quando verificado o comportamento dos pagamentos da dívida externa dos empréstimos contraídos pelo Governo Federal para investimentos no setor saúde.

    Abstract in English:

    The present study discusses the relationship, the alignment and the connection of the Brazilian government's health policies with the policy of the agreements with the multilateral financing agencies - World Bank and the Inter-American Development Bank (IDB) -, based on the analysis of the foreign debt payment of the loans contracted by the federal government for the health sector, which were included in the budget of the Ministry of Health. This study refers to the period from 1995 to 2004 and was developed through an exploratory study, using mainly documental research. The health expenditures of the Ministry of Health in the period from 1995 to 2004 are described, bringing into focus the instability and the difficulties in budget evolution, the health expenditures in certain selected countries, and the federal government's payment behavior regarding the total foreign debt, the health sector debts and the World Bank and IDB projects debts. Finally, we come to the conclusion that the percentage of public expenditures in the health sector in Brazil is low, when compared to public health expenditures in a group of countries of high income. We also conclude that the policies of the governments of FHC and Lula for the health sector followed the suitable orientations for economic policy given by multilateral financing agencies - including the promise of debt payment -, materialized in the documents of conditioned loans agreements, when the behavior of foreign debt payment of the contracted loans by the federal government for investments in the health sector was observed.
  • Interventions to enhance heart adherence in HIV/Aids health services in the State of São Paulo, Brazil, 2007 Parte III - Trabalhos Premiados no X Congresso Paulista de Saúde Pública - Relatos de Pesquisa

    Caraciolo, Joselita Maria de Magalhães; Santa Helena, Ernani Tiaraju de; Basso, Caritas Relva; Souza, Rosa Alencar de; Silva, Mariliza Henrique da; Adão, Valvina Madeira; Raposo, Marcos Túlio; Nemes, Maria Inês Battistella

    Abstract in Portuguese:

    O sucesso da terapia antirretroviral (TARV) para o tratamento da Aids depende da manutenção de altas taxas de adesão à terapêutica medicamentosa. Em que pese o destaque que o plano propositivo do Programa Nacional de DST/Aids tem dado para a questão, não se conhecem as tecnologias voltadas para a adesão em curso nos serviços. Com base na análise de questionário semiestruturado distribuído a todos os serviços ambulatoriais do Estado de São Paulo, este estudo descreve os tipos de intervenções implantados. No Estado de São Paulo, a adesão à TARV está incorporada nas atividades ambulatoriais dos serviços que assistem PVHA. Quase todos os serviços informam realizar atividades individuais e, a maioria, pelo menos uma atividade coletiva para melhorar a adesão. Entretanto, para grande parte dos serviços as atividades para a adesão, bem como a avaliação da adesão do paciente, ocorrem nas consultas médicas e de enfermagem. Isso indica que o trabalho de adesão consiste predominantemente de questionamentos e discussões com o paciente: o profissional decide de que modo e quando abordar a adesão. Os serviços especializados e que acompanham o maior número de pacientes tendem a apresentar atividades mais qualificadas e mais específicas.

    Abstract in English:

    The success of antiretroviral therapy for AIDS treatment depends on the maintenance of high rates of adherence to drug therapy. Despite the emphasis given to the question by the Brazilian STD / AIDS Program, the adherence technologies that are in course on outpatient services are not known. Based on the analysis of a semi-structured questionnaire distributed to all outpatient services of the State of São Paulo, this study describes the types of interventions that have been implemented. In the State of São Paulo, adherence to HAART is incorporated into the activities of outpatient services. Almost all services inform interventions administered to individuals, and the majority, at least one group intervention to improve adherence. However, in many outpatient services, adherence interventions, as well as the assessment of patient's adherence, take place during nursing and medical consultations. This indicates that the adherence technology approach consists predominantly of questioning and discussions with the patient, meaning that the professionals decide when and how they address adherence. The larger and more specialized services tend to have more qualified and more specific activities.
  • Evaluation of the quality of primary care health services in 37 municipalities in the State of Sao Paulo, Brazil: organizational dimensions of care Parte III - Trabalhos Premiados no X Congresso Paulista de Saúde Pública - Relatos de Pesquisa

    Castanheira, Elen Rose L.; Dalben, Ivete; Almeida, Margareth A. Santini de; Puttini, Rodolfo Franco; Patrício, Karina Pavão; Machado, Dinair Ferreira; Caldas Júnior, Antonio Luis; Nemes, Maria Inês Battistella

    Abstract in Portuguese:

    No Estado de São Paulo, existe uma rede extensiva de serviços de Atenção Básica (AB) com perfil organizacional heterogêneo e pouco conhecido. Este estudo objetiva caracterizar a organização dos serviços de AB em 37 municípios do Centro-oeste paulista, como primeira etapa de um projeto de avaliação da qualidade desses serviços. Trata-se de um estudo transversal conduzido mediante questionário estruturado, autorrespondido pelos gerentes e equipes locais, com questões que abordam características institucionais e de organização e gerência do trabalho. Esses questionários foram enviados para 131 UBS, distribuídas em 37 municípios. Obteve-se resposta de 113 unidades (87%) localizadas em 32 municípios (86,4%). Do total de unidades, 57 (50%) são UBS tradicionais, 26 (22,8%), Unidades de Saúde da Família, e 31, (27,2%) organizadas segundo formas mistas. A maioria dos serviços (62%, 70/113) não trabalha com área de abrangência delimitada de modo planejado. Os serviços se polarizam entre aqueles que realizam entre 70 e 100% de consultas médicas agendadas (37,6%, 41/109), e aqueles que realizam entre 70 e 100% de não agendadas (39,4%, 43/109). Não possuem conselhos locais organizados 65 unidades (63,7%, 65/102). Os dados coletados permitem discutir as características dos principais programas, procedimentos e ações realizados pelos serviços. Os perfis organizacionais predominantes apontam a presença de deficiências de estrutura e processo em relação às diretrizes do SUS. O desenvolvimento de instrumentos de autoavaliação permite que as equipes se apropriem, de forma crítica, de seu trabalho, e possam elaborar novos arranjos tecnológicos para melhoria da qualidade.

    Abstract in English:

    The State of São Paulo, Brazil, has a broad network of primary health care services (PHCS) whose organizational profile is heterogeneous and not well known. This study analyzes the organization of PHCS in 37 municipalities located in the central-west region of São Paulo, as the first part of a broader project that evaluates the quality of these services. This is a cross-sectional study conducted through a structured questionnaire answered by the local managers and health teams. The questions addressed institutional characteristics and the organization and management of the work process. The questionnaires were sent to 131 UBS (Primary Health Care Units) distributed across 37 municipalities. There were responses from 113 units (87%) located in 32 municipalities (86.4%). Of the overall number of units, 57 (50%) are traditional UBS, 26 (22.8%) are family health units, and 31 (27.2%) are mixed. Most services (62%, 70/113) do not work with catchment areas delimited in a planned way. Services are divided between those who perform 70% to 100% of scheduled medical consultations (37.6%, 41/109) and those who perform 70% to 100% of non-scheduled consultations (39.4%, 43/109). Sixty-five units (63.7%, 65/102) do not have community-based committees. Based on the collected data, it is possible to discuss the main features of the health programs, procedures and activities carried out by PHCS. The predominant organizational profiles reveal deficiencies of structure and process in relation to the guidelines issued by SUS (Brazil's National Health System). The development of self-assessment instruments allows the teams to appropriate their work in a critical way and to carry out new technological arrangements to improve the quality of the care provided.
  • Deaf community's access to the primary health care network Parte III - Trabalhos Premiados no X Congresso Paulista de Saúde Pública - Relatos de Pesquisa

    Ianni, Aurea; Pereira, Patrícia Cristina Andrade

    Abstract in Portuguese:

    Mediante o Decreto 5626/05, os serviços de saúde devem atender diferenciadamente a Comunidade Surda, minoria sociolinguística e cultural, usuária da Língua de Sinais Brasileira (LIBRAS). O objetivo deste trabalho é apresentar as peculiaridades do acesso da população surda aos serviços de Atenção Básica e a percepção dos gerentes de unidades de saúde a esse respeito. Quanto aos métodos, o projeto foi realizado em duas etapas: na primeira (a fase exploratória), foram realizadas quatro entrevistas com informantes-chave pertencentes à Comunidade Surda e membros representativos do governo (dois usuários e dois administradores da Secretaria Municipal e Estadual de Saúde de SP); na segunda etapa, aplicou-se um questionário para 21 gerentes de Unidades Básicas de Saúde (UBS) de uma sub-regional do Município de São Paulo. Os resultados demonstraram dificuldades no acesso às UBS. Os gerentes das UBS demonstram perceber que a rede encontra-se em processo de mudança de paradigmas para a realização desse atendimento, deslocando-se do paradigma dos serviços para o paradigma de suporte, e também apresentam grande interesse por iniciativas relacionadas à área, necessitando de recursos para desenvolvê-las. Dessa forma, há um descompasso entre as determinações jurídicas, as expectativas dos pacientes Surdos e o que se pode oferecer, hoje, nas UBS. Tais fatos nos convidam a refletir sobre o tema, os próprios princípios do SUS e o desenvolvimento social brasileiro.

    Abstract in English:

    According to the decree 5626/05, the health services must differentially assist the Deaf Community, a sociolinguistic and cultural minority that uses the Brazilian Sign Language (LIBRAS). The objective of this study is to introduce the particularities of access of the Deaf population to the Primary Health Care services and the perception of the health unit managers about this matter. Regarding methods, the project was carried out in two steps. In the first step (exploratory), four interviews were conducted with key informers who belong to the deaf community and with representative members of the government (two users and two administrators of the State and Municipal Health Departments of São Paulo). In the second step, we administered a questionnaire to 21 managers of Primary Care Units (UBS) of one sub-district of the city of São Paulo. The results demonstrate difficulties in the access to the UBS and were categorized according to profile and causes. The UBS managers seem to realize that the network has been changing paradigms to provide such services, moving from the service paradigm to the support paradigm; in addition, they show great interest in initiatives related to the area, requiring only financial resources to develop them. Thus, there is a disagreement between the legal decisions, the expectations of the deaf community and what can be currently offered by the Health System. Such facts invite us to reflect upon the topic, the principles of SUS (Brazil's National Health System) and the Brazilian social development.
  • Citizens in the making: a contribution to children's environmental health education Relatos de Experiência

    Pereira, Beatriz; Silva, Kátia S. S.; Souza, Ricardo P. de

    Abstract in Portuguese:

    As ações educativas têm especial papel na conformação do cidadão e na mudança da qualidade de vida e saúde. Apresenta-se o relato de experiência de educação em saúde, realizada no Programa de Saúde da Família por Agentes Comunitários de Saúde, tendo como alvo crianças e como tema o meio ambiente. Os objetivos são: despertar para o sentido do que é ser um cidadão, partindo da noção de direitos e deveres das crianças; convidar as crianças, de forma lúdica e prazerosa, a refletirem sobre a necessidade do cuidado com a saúde do corpo e do meio ambiente; possibilitar o conhecimento e a visualização de alguns agentes causadores de doenças comuns nas crianças da comunidade. A proposta é desenvolvida em três encontros básicos, por meio da apresentação de duas peças de teatro infantil, de um passeio à comunidade com crianças e professores e da improvisação de um laboratório para visualização de animais comuns. Os resultados apontam que pais e professores relatam mudanças de comportamento das crianças com relação ao cuidado com a higiene pessoal e com o meio ambiente, cobrando também dos adultos o mesmo cuidado. O passeio na comunidade com professores e crianças propicia um novo olhar das crianças sobre o seu entorno e, para os novos professores, muitas vezes um primeiro olhar sobre a comunidade. Recomendação: por meio da ação educativa pautada no diálogo, é possível ter uma criança capaz de modificar o meio em que vive, conhecedora de seus direitos e deveres e, sobretudo, um cidadão em formação.

    Abstract in English:

    Educational activities have a special role in the consolidation of citizenship as well as in promoting changes in the quality of life and health. This paper presents a report on community-based health agents' experiences of environmental health education directed towards children within a Primary Health Care Center's Family Health Strategy. The objectives of this activity are to: develop a notion of children's rights and duties thus fostering awareness of citizenship; invite children, in a pleasant and playful manner, to reflect upon the need to take care of their bodies and the environment; familiarize them with and help them to visualize some of the agents that frequently cause diseases among children in their community. Description: this proposal is undertaken in three encounters, through the presentation of two children's plays, a walk with children and teachers in the community and the improvisation of a laboratory, set up so that the children can visualize small animals. As a result, parents and teachers report modifications in children's behavior concerning personal hygiene and environmental care, and the children start to demand that adults adopt similar attitudes. The walk in the community provides the children with a new perspective on their surroundings and helps new teachers to gain a perspective on the school's community. Recommendation: through educational action based on dialogue, it is possible for children to gain the capacity to modify their environment and become familiar with their rights and duties. Above all, it contributes towards their sense of citizenship.
  • "Laços do saber [Knowledge laces]": a singular experience in the teaching of the technical qualification of the Community-based Health Agent (ACS), in the Peripheral area of the City of São Paulo, District of Capela do Socorro - Health Technical Supervision of Capela do Socorro Relatos de Experiência

    Durães-Pereira, Maria Beatriz Bendita Boldrin

    Abstract in Portuguese:

    Percepções do docente em sua vivência na formação técnica do ACS, Módulo I, desenvolvido nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Relato das considerações de uma Assistente Social, docente em sala. A formação da turma objeto deste estudo coube a duas docentes em sala e cinco na UBS, desenvolvendo-se em 24 encontros semanais de 8h, no período de abril a novembro de 2006, envolvendo 21 alunos de três UBS (Gaivotas, Varginha e Jordanópolis). O processo ensino-aprendizagem ocorreu com "sucessivas aproximações" ao conteúdo pessoal, grupal e teórico, em que a "matéria-prima" do conhecimento fluía da troca de experiências e histórias de vida dos participantes, sendo finalizado com grupo focal para pesquisa posterior. Semanalmente, após avaliação, num ritual de agregação, todos expressavam sentimentos quanto ao "que haviam aprendido e ao que levavam para casa daquele dia". Dentre as lições aprendidas, apontamos o enriquecimento da construção do "saber ser, saber fazer e saber conviver em sala" pela busca do conhecimento do ACS. Houve quebra do paradigma em "perceber-se que ninguém está preparado para a docência, é uma aventura desafiante, esculpida dia a dia, no processo de aprender a aprender", que foi notória na concepção da docente. Recomendamos o incentivo na disseminação do saber por meio de "rede de conversações", como preconiza o PSF, envolvendo todos participantes do processo saúde-doença, favorecendo a contribuição do ACS na prevenção de doenças, promoção e recuperação da saúde na comunidade.

    Abstract in English:

    This paper presents some perceptions of a teacher in her experience in the technical education of the ACS (Agente Comunitário de Saúde - Community-based Health Agent), Module I, developed at Unidades Básicas de Saúde (UBS - Basic Health Units). It reports the considerations of a Social Worker who was teaching in the classroom. The education of the class that is the object of this study was performed by two teachers in the classroom and five teachers at the UBS, being developed by means of 24 weekly meetings, each one lasting 8 hours, from April to November 2006, involving 21 students from 3 UBS: Gaivotas, Varginha, and Jordanópolis. The teaching-learning process took place with "successive approximations" to the personal, in-group, and theoretical contents, in which knowledge's "raw-material" flowed from the participants' exchange of experiences and life histories, and was concluded with a focal group for further research. On a weekly basis, after the evaluation, everyone expressed feelings regarding "what they had learned and what they were bringing home that day". Among the learned lessons, we can mention the enrichment of the building of "knowing how to be, how to do, and how to live together in the classroom" for the search of knowledge by the ACS. A paradigm was broken in "perceiving that nobody is prepared to teach; it is a challenging adventure, sculptured day by day in the learn-to-learn process". To conclude, it is important to encourage knowledge dissemination by means of a "conversation network", as recommended by Programa Saúde da Família (PSF - Family Health Program), involving all the participants in the health-disease process, thus favouring the ACS's contribution to disease prevention, health promotion and recovery in the community.
  • Harm reduction: strategic care for vulnerable populations in the city of Santo André - SP Relatos de Experiência

    Silva, Silvia Moreira da; Spiassi, Ana Lucia; Alves, Decio de Castro; Guedes, Daniela de Jesus; Leigo, Reinaldo de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    A Unidade de Redução de Danos (URD) da Secretaria Municipal de Saúde de Santo André, compreendida como instrumento do serviço de saúde em atuação avançada, tem por finalidade transformar a situação de saúde de sujeitos que fazem parte de grupos sociais estigmatizados e, portanto, vulnerabilizados; são indivíduos que circulam ou trabalham nas ruas - usuários de drogas, michês, mulheres profissionais do sexo, homens que fazem sexo com homens, adolescentes em situação de exploração sexual, transexuais, travestis, lésbicas e mulheres que trabalham em casas de programas. Nosso objetivo é assegurar aos indivíduos desses grupos o direito à saúde e, baseados no princípio de Integralidade do SUS, apoiar o acesso a outros direitos sociais. Desde 2002, através do trabalho de campo, foi possibilitada a vinculação de 240 profissionais do sexo, 120 travestis, 10 crianças e adolescentes, 28 usuários de droga injetável e usuários de crack, que até então não tinham acesso aos recursos e dispositivos de saúde do Município.

    Abstract in English:

    The Harm Reduction Unit (HRU) of the Municipal Health Department of Santo André (state of São Paulo) is a working tool for healthcare that has the purpose of transforming the health situation of individuals who are part of socially stigmatized, therefore vulnerable, groups. These are individuals who spend their lives or work on the streets: drug users, male prostitutes, female sex workers, men who have sex with men, sexually exploited adolescents, transsexuals, transvestites, lesbians and women working in brothels. The HRU's potential benefits were indicated to be: it improved healthcare and condom use; decreased drug use; improved seeking and access to healthcare services; decreased material sharing for drug use; improved decision-making capacity. HRU's actions have gone beyond prevention of health damage, as it has promoted broader transformations such as awareness of social rights in general and health rights in particular, along with actions towards making these rights apply, based on the principle of integrality of SUS (Brazil's National Health System). Since 2002 we have assisted, through outreach work, 240 prostitutes, 120 travestites, 10 sexually exploited adolescents and 28 drug users (intravenous and crack).
  • Ambiance and group formation in walking programs Relatos de Experiência

    Warschauer, Marcos; D'Urso, Lourdes

    Abstract in Portuguese:

    O presente relato discute os conceitos de ambiência e formação de grupo por intermédio de duas experiências com grupos de caminhada desenvolvidos na Atenção Básica: o programa "Caminhando para a Saúde", em Santo André (SP), e o grupo da Unidade de Saúde Jardim Seckler, em São Paulo (SP). Ambas as experiências trabalham com a concepção de prática corporal, que amplia o conceito de atividade física ao colocar o sujeito no centro das ações, e têm como principal enfoque a promoção da saúde. A análise do processo de implementação desses programas destaca a ambiência e a formação de grupo como fatores fundamentais para a adesão à prática. O conceito de ambiência é composto de três eixos: a confortabilidade, o espaço como forma de produção de subjetividade e como instrumento facilitador de mudanças no processo de trabalho. Os dispositivos grupais promovem ações de cidadania, priorizando a solidariedade, a comunicação e os relacionamentos pessoais. Esses dois conceitos podem estar correlacionados e viabilizar outras maneiras para a implementação e o desenvolvimento de grupos de caminhada.

    Abstract in English:

    The present report discusses the concepts of ambiance and group formation by means of two experiences with walking groups developed in Primary Care: the program "Walking for Health", in the city of Santo André, state of São Paulo, and the group of the Jardim Seckler Health Unit, in the city of São Paulo, state of São Paulo. Both experiences were developed using the body practice concept, which goes beyond the concept of physical activity, placing the person at the center of his/her own actions. The experiences' main focus is health promotion. Ambiance and group formation are fundamental factors to adhere to the walking practice. The ambiance concept is formed by three axes: comfortability, space as a way to produce subjectivity and as an instrument that facilitates change in the work process. Group activities promote citizenship actions, prioritizing solidarity, communication and personal relationships. These two concepts, ambiance and group formation, may be related and perhaps they enable other ways to implement and develop walking groups.
  • Diversity, tensions and convergences: results of a term of office and of the 10 Parte IV - Notas

    Akerman, Marco
  • Note on 1st Seminar of the Technical Schools of SUS of the State of São Paulo Parte IV - Notas

    Barros, Vera Lúcia de
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. Av. dr. Arnaldo, 715, Prédio da Biblioteca, 2º andar sala 2, 01246-904 São Paulo - SP - Brasil, Tel./Fax: +55 11 3061-7880 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br