Abandono de tratamento: itinerários terapêuticos de pacientes com HIV/Aids

Abandonment of treatment: therapeutic itineraries of HIV/Aids patients

Marilza Rodrigues Ivia Maksud Sobre os autores

RESUMO

A pesquisa objetiva compreender o 'abandono de tratamento' - situações de descontinuidade do medicamento e/ou ruptura de vínculos entre pacientes, profissionais e serviço de saúde. Buscou-se compreender como pacientes de uma unidade básica de saúde percebem e significam a experiência em questão e como o serviço de saúde a enfrenta. A partir da literatura das ciências sociais em saúde, foram elaborados quatro eixos de análise. Os dados apontam lacunas nas ações de saúde e fragilidade dos profissionais em lidar com situações de vulnerabilidade. Recomenda-se aos gestores e serviços, portanto, a qualificação da equipe profissional e a atividade de 'busca ativa' aos pacientes considerados faltosos.

PALAVRAS-CHAVE
HIV; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Terapêutica; Serviços de saúde; Adesão à medicação

Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Av. Brasil, 4036, sala 802, 21040-361 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel. 55 21-3882-9140, Fax.55 21-2260-3782 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista@saudeemdebate.org.br