A tipologia ocupacional Erikson-Goldthorpe-Portocarero (EGP): uma avaliação analítica e empírica* * Agradeço a Adalberto Cardoso, Nelson do Valle Silva, Carlos Antônio Costa Ribeiro e José Alcides Figueiredo Santos pelos comentários feitos ao artigo em suas versões preliminares. Esse trabalho foi escrito durante um estágio de pós-doutorado no Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Agradeço a todos membros da instituição pelo apoio e à professora Nadya Guimarães, pela supervisão, rigor e modelo acadêmico, pessoal e profissional. Também sou grato à Fapesp, que sob o contrato 2013/01764-4, financiou meses de grande aprendizado nas excelentes instituições universitárias do estado de São Paulo.

Flavio Alex de Oliveira Carvalhaes Sobre o autor

Resumo

As classes sociais são consideradas um conceito sociológico por excelência. Neste artigo, propomos uma avaliação empírica do conceito, motivada por questionamentos contemporâneos que têm sido críticos a análises que recorrem ao conceito de classe como dimensão heuristicamente interessante. Nosso esforço se concentra em uma validação da proposta popularmente conhecida como a tipologia EGP (Erikson-Goldthorpe-Portocarero). Através da utilização de uma técnica estatística, sensível ao padrão dos dados - a análise de classes latentes -, verificamos o padrão de associação da tipologia com aspectos relevantes do mercado de trabalho brasileiro. Como principal resultado que emerge a partir das análises empreendidas, apontamos uma série de restrições à proposta avaliada. Isso indica para a necessidade dos sociólogos e de outros pesquisadores interessados no trabalho com o conceito estarem sensíveis para as particularidades impostas pelo contexto brasileiro que impõe limites não triviais à sua validade empírica.

Palavras chave:
mercado de trabalho; análise de classe; tipologias ocupacionais; classe social; EGP

Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Instituto de Ciências Sociais - Campus Universitário Darcy Ribeiro, CEP 70910-900 - Brasília - DF - Brasil, Tel. (55 61) 3107 1537 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistasol@unb.br