A questão social, o Estado e o mito redentor da acção local: lógicas e tensões presentes nas políticas e no trabalho social

The social issue, the State and the redeeming myth of local action: reasonings and tensions between policies and social work

Este artigo analisa e confronta diferentes lógicas e tensões que caracterizam a questão social nas sociedades contemporâneas. Em termos teóricos, discute as transformações do Estado, as políticas de descentralização e contratualização e a emergência de uma ideologia reticular (da organização em rede e em parceria), tendo em conta a sua influência na criação de uma espécie de mito redentor em torno da acção local. Apresenta também resultados de uma investigação etnográfica realizada num município rural do Norte de Portugal que revelam algumas tensões que enfrentam actualmente as políticas e o trabalho social, nomeadamente, entre a natureza societal e estrutural dos problemas e a intervenção pontual e individualizada das intervenções profissionais que manifestam, frequentemente, dilemas entre lógicas de ajuda e de controlo social.

questão social; Estado; acção local; rede; políticas e trabalho social


Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Instituto de Ciências Sociais - Campus Universitário Darcy Ribeiro, CEP 70910-900 - Brasília - DF - Brasil, Tel. (55 61) 3107 1537 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistasol@unb.br