Sociedade e Estado, Volume: 36, Issue: 1, Published: 2021
  • A Covid-19 chegou no Brasil, e daí? A primeira resposta das redes solidárias sob a perspectiva da dádiva Artigos

    Guillaumon, Siegrid; Torlig, Eloisa Gonçalves da Silva; Costa, Caroline Cordova Bicudo da; Dias, Fagner de Oliveira; Barros, Andréia Elizabeth Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo apresenta as ações solidárias como primeira resposta à crise Covid-19 no Brasil. Realizou-se uma busca de notícias sobre a formação de redes de solidariedade frente à situação pandêmica no país e realizada uma análise de clusters, em discussão baseada na Teoria da Dádiva. Foram identificados três grupos: cluster de ações de mitigação; cluster integrativo; e cluster de ajuda nos processos. A primeira resposta configura-se em rápida mobilização da sociedade civil para doar produtos e serviços de maneira a complementar às lacunas deixadas pelo Estado por meio de processos semelhantes aos da dádiva. Vislumbra-se uma agenda de atuação para a administração pública nos eixos: legitimidade e reconhecimento para as redes solidárias; fomento da parceria público-privada; e investimento para a ciência e tecnologia. Dentre as lições que podem ser aprendidas estão a dádiva, a cooperação e o compromisso mútuo, bem como as possibilidades para uma gestão pública efetiva e uma sociedade solidária e democrática.

    Abstract in English:

    Abstract The paper aims to discuss the importance of understanding solidarity networks to increase the effectiveness of public management. A search was conducted to identify published news about the formation of solidarity networks to face Covid-19 pandemic in the country. Afterwards a cluster analysis was carried out in a discussion based on the Gift Theory. Three groups were identified: cluster of mitigation actions; integrative cluster; and a process assistance cluster. From the analysis carried out, it is possible to envision an action agenda for the Public Administration in the areas: legitimacy and recognition for solidarity networks; promotion of public-private partnership; and investment in science and technology. An articulated governmental action capable of coordinating the efforts of social actors is expected, which can represent ease, speed and effectiveness in several public policies.
  • A pandemia e o ordinário: apontamentos sobre a afinidade entre experiência pandêmica e registros cotidianos Artigos

    Gajanigo, Paulo; Souza, Rogério

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo tem como objetivo discutir a existência de uma afinidade entre a estética de relatos cotidianos, testemunhos e diários com a experiência específica da pandemia do Covid-19. Partimos da ideia de que uma característica bastante compartilhada na experiência da pandemia tem sido o foco nos traços desse momento histórico na vida cotidiana, resultando num impulso para a presentificação. Nossa hipótese é que na experiência da fase da pandemia marcada pelo distanciamento e isolamento social se formou uma estrutura de sentimento que é maturada na produção e fruição de registros ordinários, uma valorização de formas como diários e testemunhos de pessoas comuns. Fazendo uso da experiência de um grupo virtual de compartilhamento de relatos e do mapeamento de diversas iniciativas de coletas de registros, o artigo analisa como certas experiências da pandemia do Covid-19 se relacionam com as noções de trauma, luto e extraordinário.

    Abstract in English:

    Abstract This essay aims to discuss the affinity between the aesthetics of everyday report, testimonial and diaries with the specificity of Covid-19 pandemic experience. It was noted the focus on the traces of this historical moment in everyday life as a very shared experience of the pandemic, which resulted in a boost to presentification. Our hypothesis is that a structure of feeling was formed in the experience of pandemic phase of social distancing and isolation. This structure was matured through the production and fruition of ordinary records as a valorization of the aesthetic forms as diaries and testimonials of ordinary people. Through the experience of a virtual group for sharing reports and the mapping of several initiatives on report collection, the essay analyses how certain Covid-19 pandemic experiences are related with the notions of trauma, mourning and extraordinary.
  • Uma rua na favela e uma janela na cela: precariedades, doenças e mortes dentro e fora dos muros Artigos

    Mallart, Fábio; Araújo, Fábio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo No texto que segue, tendo como ponto de partida os debates em torno das relações de continuidade entre o dentro e o fora das prisões, busca-se refletir sobre os nexos que articulam prisões, favelas e periferias, todavia, de um ângulo singular. Em tempos de Covid-19, observa-se como esses nexos podem ser pensados a partir das infraestruturas e materialidades de tais espaços. Densidade populacional, lugares pouco ventilados e mal iluminados, racionamento de água ou enchentes, acúmulo de lixo e esgoto a céu aberto são alguns dos traços que - do prisma das precariedades estruturais - conectam presídios e zonas periféricas. A partir de pesquisas etnográficas pregressas, análise de documentos e realização de entrevistas, evidencia-se como essas precariedades são decisivas no que se refere à prevalência de determinadas enfermidades entre populações negras, pobres e periféricas, o que aponta para a distribuição diferencial do adoecimento e da morte.

    Abstract in English:

    Abstract Taking the debate over the relations of continuity between the inside and outside in prisons as a starting point, this text aims to reflect from a singular point of view about the link which connects prisons, favelas and the outskirts. In times of Covid-19, these links may be associated with the infrastructure and materiality of these places. Densely populated and poorly ventilated and lit areas, water rationing, or floods, open sewage, and accumulation of garbage are some features of structural precariousness that connect prisons and the city outskirts. Previous ethnographic studies, analyses of documents, and interviews show how precariousness is decisive in the prevalence of certain illnesses among black, poor, and peripheral populations and point to a differential distribution of illnesses and deaths.
  • Divisão sexual do trabalho, classe e pandemia: novas percepções? Artigos

    Monticelli, Thays

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo do artigo é analisar como as mulheres lidaram com o período de isolamento social, sem suas tradicionais redes de apoio no processo de conciliação entre “casa” e “trabalho”: trabalho doméstico remunerado, creches e escolas, arranjos familiares. Através de entrevistas semiestruturadas com mulheres pertencentes às classes médias, percebem-se poucas alterações nas dinâmicas da divisão sexual do trabalho, aumentando a sobrecarga e, consequentemente, as desigualdades vivenciadas no período. Observa-se que, a partir dessa experiência, as instituições educacionais tomam um lugar privilegiado na percepção dessas mulheres, contrapondo com uma visão menos valorativa do trabalho doméstico remunerado. Para além disso, o Estado aparece diretamente conectado com a percepção de “caos” em suas vidas, trazendo novos pontos de compreensão sobre políticas públicas voltadas ao cuidado e ao âmbito doméstico.

    Abstract in English:

    Abstract The aim of the article is to analyze how women dealt with the period of social isolation, without their traditional support networks in the process of reconciling “home” and “work”: paid domestic work, kindergartens and schools, family arrangements. Through semi-structured interviews with middle classes woman, there are few changes in the dynamics of the sexual division of labor, increasing the work overload and, consequently, the inequalities experienced in the period. It is observed that from this experience, educational institutions take a privileged place in the perception of these women, contrasting with a less appreciative view of paid domestic work. In addition, the State appears directly connected to the perception of “chaos” in their lives, bringing new points of understanding about public policies aimed at care and the domestic sphere.
  • Impacto del trabajo a turnos sobre la salud y la satisfacción laboral de los trabajadores en España Artigos

    Sánchez-Sellero, María-Carmen

    Abstract in Spanish:

    Resumen Este artículo analiza la satisfacción y la salud en los trabajadores a turnos, así como las posibles relaciones entre esos términos a partir de los datos españoles de la 6ª Encuesta Europea de Condiciones de Trabajo de 2015, publicada en 2017. Utilizamos matriz de correlaciones, análisis de correspondencias y regresión logística. Los trabajadores a turnos rotativos presentaron porcentajes menores de estar satisfechos o muy satisfechos con su trabajo, siendo el efecto negativo más acusado en la satisfacción que en la salud. Se evidencia para todos los turnos de trabajo que los que gozan de “muy buena salud” son los que se encuentran “muy satisfechos” laboralmente. La satisfacción de los trabajadores a turnos es 1,047 veces menor que los que no están a turnos, mientras que los que gozan de muy buena salud están 6,325 veces más satisfechos que su categoría de referencia. Consideramos necesario un estudio longitudinal pues la permanencia en el trabajo a turnos puede incrementar los efectos negativos en el trabajador.

    Abstract in English:

    Abstract This article analyzes the satisfaction and health of shift workers, as well as the possible relationships between these terms based on the Spanish data of the 6th European Survey of Working Conditions of 2015, published in 2017. We use matrix of correlations, analysis of correspondences and logistic regression. Rotating shift workers had lower percentages of being satisfied or very satisfied with their work, with the negative effect more pronounced in satisfaction than in health. It is evident for all work shifts that those who enjoy “very good health” are those who are “very satisfied” at work. The satisfaction of shift workers is 1,047 times lower than those who are not in shift, while those who enjoy very good health are 6,325 times more satisfied than their reference category. We consider necessary a longitudinal study because the permanence in shift work could increase the negative effects on the worker.
  • Políticas educacionais com perspectiva de gênero nos governos de Michelle Bachelet e Dilma Rousseff* Artigos

    Furlin, Neiva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Nas últimas décadas, as desigualdades de gênero foram reconhecidas como um problema social a ser enfrentado pelos governos nacionais, por meio de políticas públicas com transversalidade de gênero, em todos os setores estatais. O presente artigo tem por objetivo analisar as políticas educacionais com perspectiva de gênero promovidas pelos Estados brasileiro e chileno, no governo de Dilma Rousseff e Michelle Bachelet, identificando avanços, especificidades, desafios e disputas políticas protagonizadas com a emergência de atores reacionários e conservadores. Trata-se de uma pesquisa comparativa de caráter qualitativo, cujos dados são levantados por meio de pesquisa documental e entrevistas com ex-ministras e integrantes de ONGs feministas. Para a análise dos dados, elegemos os referenciais teóricos dos estudos feministas, de gênero e de políticas públicas. Resultados apontam especificidades tanto das disputas na agenda pública quanto das políticas implementadas que estão diretamente vinculadas aos contextos cultural, político e social desses países.

    Abstract in English:

    Abstract In recent decades, gender inequalities have been recognized as a social problem to be addressed by national governments through gender-responsive public policies across all state sectors. This study aims to analyze educational policies from the gender perspective supported by the government of Michelle Bachelet and Dilma Rousseff in Chile and Brazil, respectively, identifying advances, specificities, challenges, and political disputes featured in the emergence of reactionary and conservative actors. This is a comparative research of qualitative character, whose data are collected through documentary research and interviews with former ministers and members of Feminist NGOs. The data was analyzed using feminist theory as regards gender and public policy. Results indicate that the specificities of both public agenda disputes and implemented policies are directly linked to the cultural, political, and social contexts of these countries.
  • O belo, o feio e o abjeto nos corpos femininos Artigos

    Bento, Berenice

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O projeto social hegemônico para os corpos generificados assenta-se na suposição de que existe uma relação de continuidade entre a genitália (vagina/pênis), o corpo inteiro (mulher/homem) e as práticas generificadas (feminilidades/masculinidades). Esta linha de continuidade marcaria o que Judith Butler irá chamar de “gêneros inteligíveis”. A hipótese deste artigo é que a noção que ameaça o reconhecimento de um corpo como pertencente a um determinado gênero não é a feiura. Beleza e feiura seriam gradações hierarquizadas da leitura sobre os corpos generificados inteligíveis. São os corpos das travestis, das pessoas trans, transgênero que expressariam o lado da negação, da abjeção e que estariam fora mesmo das hierarquias de beleza. As categorias centrais de análise serão abjeção e gênero E o objetivo será discutir as categorias belo, feio e abjeto nos femininos relacionando-as às noções de performance de gênero, paródia, próteses identitárias e relações de poder.

    Abstract in English:

    Abstract The hegemonic social project for the gendered bodies is based on the assumption that there is a continuity relationship between the genitalia (vagina / penis), the whole body (woman / man) and the gendered practices (femininities / masculinities). This continuity line would mark what Judith Butler will call "intelligible genres". The article hypothesis is that a notion that threatens the recognition of a body as belonging to a certain gender is not ugliness. Beauty and ugliness would be hierarchical gradations of reading about intelligible bodies. It is the bodies of transvestites, transgender people, transgender people who would express the side of denial, abjection and who would even be outside the hierarchies of beauty. The analysis categories will be abjection and gender. And the objective will be to discuss how beautiful, ugly and abject categories in women relate them to the notions of gender performance, parody, prosthetic identities, and power relations.
  • Ciência das políticas públicas: reflexões sobre sua diversidade analítica* Artigos

    Mota, Luis F.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste ensaio é apresentar uma revisão sobre as principais abordagens analíticas que têm caracterizado a ciência das políticas públicas, bem como apresentar uma reflexão crítica sobre a diversidade analítica da disciplina em termos teóricos, epistemológicos, metodológicos e até de influências disciplinares. De igual modo, procede-se a uma reflexão sobre os principais debates presentes e futuros da disciplina. Desta análise ressalta a enorme diversidade que caracteriza esta disciplina, que tem, inclusivamente, dado origem a diferentes comunidades de analistas, com radicais disciplinares e objetivos de análise bem diversos. De igual modo, torna-se evidente que as diferentes abordagens seguem as tendências gerais das ciências sociais com debates entre positivistas e pós-positivistas, bem como entre teóricos defensores da primazia da agência ou da estrutura na explicação da mudança e continuidade das políticas públicas.

    Abstract in English:

    Abstract The purpose of this essay is to present a review of the main analytical approaches that have characterized Policy Sciences, as well as to present a critical reflection on the analytical diversity of this discipline regarding theoretical, epistemological, methodological, and even disciplinary influences. Likewise, one aims to present a reflection on the main present and future debates of the discipline. This analysis highlights the enormous diversity that characterizes this discipline, which has even given rise to different communities of analysts, with very different disciplinary backgrounds and goals of analysis. Likewise, it becomes evident that the different approaches of this discipline follow the general tendencies of Social Sciences with debates between positivists and post-positivists, as well as among theoreticians who advocate the primacy of agency or structure in explaining the change and continuity of public policies.
  • Welfare State and Epistemic Communities of Fiscal Austerity in Brazil: from Lula da Silva to Jair Bolsonaro (2003-2020)* Artigos

    Pinho, Carlos Eduardo Santos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A partir de aparato teórico-conceitual e de pesquisa empiricamente alicerçada, este artigo analisa a construção discursiva e a inserção institucional das ideias das “comunidades epistêmicas da austeridade fiscal” no Brasil, tendo em vista o recente recrudescimento de políticas liberal-ortodoxas e suas reverberações para o Estado do bem-estar social. Trata-se de investigar quem são esses atores e instituições, como atuam, como se organizam, por quem são formados ou financiados. O principal objetivo é descobrir como suas ideias em defesa da constrição fiscal foram formuladas e disseminadas, a partir do final do primeiro mandato (2003-2006) do governo Lula da Silva (2003-2010), quando da substituição da “convenção neoliberal” pela concepção desenvolvimentista, e intensificadas no governo Dilma Rousseff (2011-2016). Tal discurso adquiriu um caráter unificado no programa de austeridade “Uma ponte para o futuro” (2015), foi sacramentado na ruptura democrática de 2016 e implementado com celeridade pelos policy-makers dos governos Michel Temer e Jair Bolsonaro. As “comunidades epistêmicas” argumentam que as políticas públicas preconizadas na Constituição Federal de 1988 são a principal causa da elevação dos gastos com bem-estar, do crescimento acelerado da dívida pública e da provável insolvência do Estado brasileiro.

    Abstract in English:

    Abstract This article is based on a theoretical-conceptual framework and empirically grounded research to analyze the construction of discourse and institutional insertion of ideas from epistemic communities of fiscal austerity in Brazil, given the recent upsurge in liberal-orthodox policies and their repercussions for the welfare state. The study explores who these actors and institutions are, how they act, how they are organized, and who trains or finances them. The main objective is to unveil how the ideas in defense of fiscal constriction were formulated and disseminated, starting after the first term (2003-2006) of President Lula da Siva’s government (2003-2010), when developmentalist policies replaced the neoliberal convention. The ideas of fiscal constriction were intensified during the government of President Dilma Rousseff (2011-2016), and gained characteristics of a unified proposal, materialized in the austerity program Uma Ponte para o Futuro (2015) (a bridge to the future). After President Rousseff’s impeachment in 2016, policy-makers in the government President Michel Temer and his successor Jair Bolsonaro rapidly put forward the austerity program. The epistemic communities of fiscal austerity argue that the public policies outlined in the 1988 Brazilian Constitution are the main cause of the increase in spending on welfare, the accelerated growth of public debt, and the probable insolvency of the country.
  • Jürgen Habermas e a guinada normativa no enunciado da autonomização das esferas sociais* Artigos

    Silva, Lucas Trindade da

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Busca-se aqui singularizar a teoria do agir comunicativo como uma guinada normativa no enunciado da autonomização das esferas sociais. O argumento é estruturado em três momentos: em um primeiro, apresenta-se a compreensão habermasiana da distinção entre pré-moderno e moderno como passagem do indiferenciado ao diferenciado, mais particularmente da reificação mítica ao desacoplamento sistema e mundo da vida; em um segundo, apresenta-se a sua definição da reificação moderna como colonização sistêmica do mundo da vida; por fim, demonstra-se como a sua teoria da racionalização dual é também a investigação dos fundamentos para uma defesa normativa da descolonização/autonomização do mundo da vida como horizonte emancipatório, o que o levará inclusive a abandonar, no curso da obra, a própria tradição de crítica à reificação.

    Abstract in English:

    Abstract The aim here is to single out the theory of communicative action as a normative shift in the statement of the autonomization of social spheres. The argument is structured in three stages: in a first, the habermasian understanding of the distinction between pre-modern and modern is presented as a transition from the undifferentiated to the differentiated, more particularly from the mythical reification to the uncoupling of system and lifeworld; in a second, it presents its definition of modern reification as systemic colonization of the lifeworld; finally, it demonstrates how his theory of dual rationalization is also an investigation of the foundations for a normative defense of decolonization/autonomization of the lifeworld as an emancipatory horizon, which will even lead him to abandon, in the course of his work, the very tradition of the critique of reification.
  • El Te Deum Evangélico en Chile, cuando la legitimidad religiosa y política es mutua Artigos

    Urtubia, Luis Orellana; Fediakova, Evguenia

    Abstract in Spanish:

    Resumen Este artículo busca dilucidar los intereses tanto de los actores políticos como de los agentes religiosos que han hecho posible que el Te Deum Evangélico sea parte de la cultura religiosa y política en Chile. Mediante un examen socio histórico se explica cómo los Te Deum evangélicos en Chile se convirtieron en el símbolo de la salida de cristianos no católicos a la participación política y fueron canal de legitimación y elevación de estatus de una minoría religiosa. Desde lo metodológico, el abordaje fue a partir del nuevo rol de los evangélicos a nivel público y nacional, analizado desde dos perspectivas teóricas: la desprivatización de las religiones en el mundo moderno de José Casanova y la teoría de campo religioso de Pierre Bourdieu. La primera parte, se refiere a la evolución histórico-social de los evangélicos en Chile como una minoría “invisible”; la segunda, demuestra el acercamiento entre los evangélicos y el gobierno de Pinochet a través de los Te Deum; en la tercera, se examinan las relaciones entre los organizadores de los Te Deum y como este fue legitimado por los gobiernos democráticos. Para acceder a la versión de distintos actores entre 1973-1991 acudimos a fuentes primarias como las publicaciones de la prensa escrita, visual, revista especializadas, documentos y libros.

    Abstract in English:

    Abstract This article seeks to clarify the interests of both political and religious agents that have made possible for the Evangelical Te Deum to be part of the religious and political culture in Chile. Through a social-historical examination, it is explained how the evangelical Te Deum in Chile became the symbol of the exit of non-Catholic Christians to political participation and were a channel of legitimation and elevation of status of a religious minority. From a methodological point of view, the approach was based on the new role of evangelical people at the public and national levels, analyzed from two theoretical perspectives: the deprivatization of religions in the modern world by José Casanova and the religious field theory of Pierre Bourdieu. The first part refers to the historical-social evolution of evangelical people in Chile as an “invisible” minority; the second demonstrates the rapprochement between evangelical people and the Pinochet government through the Te Deum; in the third, the relationship between the organizers of the Te Deum and how this was legitimized by democratic governments are examined. To access the version of different actors between 1973-1991 we went to primary sources such as publications in the written, visual, specialized magazines, documents and books.
  • “Nos e fidju la di gueto, nos e fidju di imigranti, fidju di Kabu Verdi”: estética, antirracismo e engajamentos no rap crioulo em Portugal* Artigos

    Raposo, Otávio; Varela, Pedro; Simões, José Alberto; Campos, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Ao longo de décadas, o rap tem sido central na construção de um discurso antirracista em Portugal. Com músicas a denunciar a violência policial, a exclusão social, o legado colonial e o racismo, os rappers negros das periferias de Lisboa desempenham um papel de vanguarda na luta contra a opressão racial, particularmente aqueles que cantam em crioulo cabo-verdiano. Apoiados por dispositivos e redes digitais, estes jovens constroem circuitos de sociabilidade e de produção musical impulsionadores de uma estética insurgente capaz de desafiar o estatuto de subalternidade que lhes é imposto. O presente trabalho debruça-se sobre a importância do rap na exposição do problema do racismo na sociedade portuguesa. Recorrendo a diferentes pesquisas de natureza qualitativa, analisamos os estilos de vida, as letras de música, o acesso às redes digitais e os engajamentos dos rappers no movimento antirracista.

    Abstract in English:

    Abstract Throughout decades, rap music has been central to the construction of an anti-racist discourse in Portugal. With songs denouncing police violence, social exclusion, colonial legacy and racism, black rappers from the peripheries of Lisbon play a vanguard role in the fight against racial oppression, particularly those who sing in Cape Verdean Creole. Supported by digital devices and networks, these young people build circuits of sociability and musical production that promote an insurgent aesthetic capable of challenging their imposed subordinated status. This paper focuses on the relevance of rap in making the problem of racism visible in the Portuguese society. Using different qualitative researches, we analyzed lifestyles, lyrics, access to digital networks and the engagements of rappers in the anti-racist movement.
  • Entre racializações: Oliver C. Cox e a sociologia Artigos

    Borda, Erik Wellington Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Oliver Cromwell Cox foi um sociólogo negro de Trinidad e Tobago que passou a maior parte de sua vida pessoal e intelectual nos Estados Unidos. Neste país, o caráter heterodoxo de suas críticas à sociologia de seu tempo lançaram sobre sua obra um silêncio que durou décadas. Em tempos recentes, porém, o crescente interesse por sua obra trouxe à tona discussões sobre seus fundamentos. Este texto se volta à trajetória inicial do autor, período que abarca desde seu nascimento, no Caribe, em 1901, até a publicação de sua magnum opus Caste, class and race, em 1948. Argumenta-se que esse período é antes de tudo marcado por uma circulação do autor por distintas gramáticas de racialização, que, por sua vez, foram determinantes para o ímpeto desconstrucionista que marcou sua posição em relação às ciências sociais. Argumenta-se ainda que a ênfase nesse aspecto da trajetória de Cox, por meio de um engajamento crítico e sistêmico com raça, oferece uma importante contribuição aos chamados estudos externalistas de intelectuais afro-diaspóricos na sociologia.

    Abstract in English:

    Abstract Oliver Cromwell Cox was a black Trinidadian sociologist that spent most of his personal and intellectual life in the United States. In this country, the heterodox character of Oliver Cox’s critiques to the sociology of his time set over his work a decades long silence. In recent times, however, the growing interest in his work has brought up discussions about its foundations. This text focuses on the author's initial trajectory, a period that dates from his birth in the Caribbean, in 1901, until the publication of his magnum opus Caste, class and race, in 1948. It is argued that this period is primarily marked by a circulation of the author through different grammars of racialization, which in turn were decisive for the deconstructionist impetus that marked his towards the social sciences. It is also argued that the emphasis on this aspect of Cox's trajectory, through a critical and systemic engagement with race, offers an important contribution to the so-called externalist studies of Afrodiasporic intellectuals in Sociology.
  • Os ideólogos da brasilidade: as metamorfoses do mito nacional e a necessidade teórica e política de sua superação Resenhas

    Ribeiro, Marcos Abraão
  • O fascismo e o populismo entre a história global e a teoria política Resenhas

    Carvalho, Alexandre Douglas Zaidan de; Palma, Maurício
  • A pesquisa social reconstrutiva no Brasil e o método documentário Resenhas

    Tavares, Breitner
Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Instituto de Ciências Sociais - Campus Universitário Darcy Ribeiro, CEP 70910-900 - Brasília - DF - Brasil, Tel. (55 61) 3107 1537 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistasol@unb.br