Accessibility / Report Error

Sob o signo de Marte: modernização, ensino e ritos da instituição policial militar

Under the sign of Mars: modernization, teaching and the rites of police institution

Este artigo investiga, através da observação direta e entrevistas com 27 aspirantes, entre um universo de 70 alunos, uma das atividades de formação de jovens oficiais da Academia da Polícia Militar da Bahia. Trata-se da Jornada de Instrução Militar (JIM), desenvolvida na selva, que se constitui num momento de extraordinária repercussão para educandos e educadores. Através da mortificação do eu e da submissão, a equipe dirigente celebra a passagem do sujeito civil à sua nova condição de oficial da polícia militar. Os conteúdos vividos se opõem e complementam o novo programa de formação de oficiais porque: (1) a corporação se recusa a acreditar na capacidade formadora deste programa renovado; (2) o treinamento na selva preenche definições quanto ao uso da força, que não foram especificadas pelos regulamentos e programas de ensino policiais; (3) a instrução se apresenta como um rito de pertencimento a uma polícia, cuja gestão do uso da força mantém características fortemente hierárquicas, centralizadas e autoritárias. O rito/treinamento da selva revela os impasses da assimilação do controle social democrático e a necessidade de debater o papel da cultura policial na transformação ou reprodução das organizações policiais.

polícia; modernização; ensino; ritos institucionais


Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Av. Bento Gonçalves, 9500 Prédio 43111 sala 103 , 91509-900 Porto Alegre RS Brasil , Tel.: +55 51 3316-6635 / 3308-7008, Fax.: +55 51 3316-6637 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revsoc@ufrgs.br