Accessibility / Report Error

EDITORIAL

Em sua edição 43, Sociologias apresenta um dossiê constituído por trabalhos produzidos no âmbito do Projeto Alice, investigação conduzida no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, Portugal. O projeto, dirigido por Boaventura de Souza Santos, tem por objetivo produzir novas reflexões e renovar o conhecimento científico-social à luz das Epistemologias do Sul. Sociologias, em sua linha editorial, compartilha essa orientação destacando a importância dos conhecimentos produzidos no Sul Global para a resolução dos graves problemas que o novo século nos coloca, o que nos levou a esta parceria com o CES.

O dossiê As epistemologias do Sul: lutas, saberes e ideias de futuro, coordenado por Boaventura de Souza Santos, Sara Araújo e Maíra Baumgarten, busca demonstrar que o enfrentamento dos grandes desafios deste século exige um pensamento alternativo, a capacidade de superar as velhas fórmulas intelectuais e políticas do Norte global, para criar alternativas iluminadas pelas experiências do Sul. Os trabalhos aqui apresentados examinam problemas sociais atuais a partir de diferentes abordagens e apontam para a necessidade de produzirem-se novos paradigmas teóricos e políticos de transformação social.

A seção Artigos desta edição traz contribuições de autores de Argentina, Portugal e Brasil. Fernanda Valeria Torres, em seu artigo “Henri Lefebvre y el espacio social” apoia-se na obra de Lefebvre “The production of Space” para construir o espaço social como categoria teórico-analítica possibilitando compreender o processo de institucionalização dos movimentos sociais. José Alberto Simões e Ricardo Campos, no artigo “Articulações entre a rua e o digital nas práticas culturais juvenis” examinam as práticas juvenis do rap de protesto e do graffiti buscando compreender em que medida as novas mídias digitais contribuem para produzir as práticas representativas dessas subculturas juvenis e para promover novas formas de participação. Em “Identidade e qualidade de vida nos Territórios da Cidadania”, Márcio Caniello analisa o processo de redução das desigualdades sociais observado no Brasil na primeira década do século XXI. Partindo do pressuposto de que as políticas públicas de desenvolvimento rural tiveram um papel crucial nesse processo, o autor analisa dados dos Índices de Condições de Vida (ICV) levantados em pesquisa empírica conduzida em 17 estados brasileiros, correlacionando-os com indicadores de identidade territorial, para identificar um possível impacto da agricultura familiar na evolução da qualidade de vida nas regiões alvo daquelas políticas. Ainda nessa seção, com base em obras de Weber, Simmel e Elias, Eliézer Cardoso de Oliveira examina a valentia enquanto escolha valorativa de indivíduos, desenvolvendo uma tipologia para esse construto teórico.

Na seção Interfaces, Carmen Marina López Pino e Enrico Seco Martín trazem, a partir do caso espanhol, uma contribuição para a análise dos processos de assédio moral no trabalho sob a perspectiva da responsabilidade das empresas. Em “Tipologia de Mobbing - una mirada desde la responsabilidad de la empresa”, os autores buscam na obra de Bourdieu e, em especial no conceito de habitus, auxiliados por pesquisa empírica, os instrumentos para análise do fenômeno, considerando fatores como estratégias empresariais, centros de poder, cultura e estratégias empresariais.

Na seção resenhas, Pedro Robertt e Pedro Marchioro apresentam e discutem o livro de Adrián Scribano, Dísfrutalo! Una aproximación a la Economía Política de la Moral desde el consumo. Buenos Aires: Elaleph.com, 2015.

Com os densos debates desse número convidamos nossos leitores a refletir sobre nosso lugar no mundo atual e a contribuição que podemos dar, desde o Sul, para uma sociedade em que o devir contenha sustentabilidade natural e inclusão social.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Sep-Dec 2016
Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Av. Bento Gonçalves, 9500 Prédio 43111 sala 103 , 91509-900 Porto Alegre RS Brasil , Tel.: +55 51 3316-6635 / 3308-7008, Fax.: +55 51 3316-6637 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revsoc@ufrgs.br