Knowledge of newborn healthcare among pregnant women: basis for promotional and educational programs on breastfeeding

CONTEXTO: Os programas de incentivo ao aleitamento materno são importantes para reverter o declínio desta prática. Muitos desses programas têm se fixado em discutir exclusivamente aspectos do aleitamento materno, quando conhecimentos gerais sobre cuidados de saúde para recém-nascidos podem ser demanda importante, especialmente entre gestantes. OBJETIVO: Estudar conhecimentos de gestantes sobre cuidados gerais de saúde de recém-nascidos, incluindo aspectos referentes ao aleitamento materno. TIPO DE ESTUDO: Inquérito transversal. LOCAL: Centro de Saúde-Escola "Prof. Samuel Barnsley Pessoa" da Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo. AMOSTRA: Todas as gestantes inscritas no programa de cuidados pré-natais durante seis meses seguidos. VARIÁVEIS AVALIADAS: Aspectos da gestação atual, eventuais gestações e partos anteriores, conhecimentos sobre aspectos gerais da saúde de recém-nascidos e sobre a prática do aleitamento materno. RESULTADOS: Os resultados mostram que apenas pouco mais da metade das gestantes recebeu alguma informação sobre cuidados de saúde para recém-nascidos. É clara a desinformação quanto ao tratamento adequado do coto umbilical, à noção do que seja a icterícia neonatal e, ainda mais grave, em relação ao tratamento da monilíase, da icterícia e vacinação. Em relação ao aleitamento materno, embora quase todas as gestantes declaram intenção de amamentar, menos da metade tinha proposta concreta quanto a duração da amamentação. Os baixos índices obtidos nos tópicos que tratam da duração, intervalos de mamada e sobre a atitude a ser tomada na hipogalactia mostram desconhecimento da técnica de aleitamento. A crença do leite fraco, a desinformação de métodos contraceptivos durante a amamentação, do custo da alimentação artificial formam um contexto também negativo para esta prática. CONCLUSÕES: Os conhecimentos das gestantes entrevistadas sobre cuidados de saúde para recém-nascidos são precários, tanto no aspecto de cuidados gerais, como também em relação à prática do aleitamento materno. Estes achados devem ser levados em consideração nos programas educativos de incentivo ao aleitamento materno.

Aleitamento materno; Promoção do aleitamento materno; Programas educativos


Associação Paulista de Medicina - APM APM / Publicações Científicas, Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - 7º and., 01318-901 São Paulo SP - Brazil, Tel.: +55 11 3188-4310 / 3188-4311, Fax: +55 11 3188-4255 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistas@apm.org.br