Detecção concomitante de neoplasia hematológica e carcinoma: relato de sete casos

CONTEXTO: A presença de múltiplas neoplasias em um mesmo paciente é evento infreqüente, correspondendo a 1,2%-4,5% dos pacientes com câncer em estudos clínicos e de autópsias. Neste artigo, os autores relatam casos de diagnósticos sincrônicos de carcinomas e neoplasias linfóides. Ao apresentar estes casos, tenciona-se alertar clínicos e patologistas para a possibilidade da ocorrência de neoplasias concomitantes, para evitar atrasos ou erros diagnósticos ou de estadiamento da doença. SÉRIE DE CASOS:Sete pacientes, quatro mulheres e três homens, com média de idade de 61,4 anos, foram diagnosticados com neoplasias epitelial e hematológica concomitantes. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Os linfonodos devem ser cuidadosamente examinados quando se buscam metástases, dada a possibilidade de uma neoplasia hematológica concomitante. Sempre que aspectos morfológicos suspeitos forem detectados, um estudo imunoistoquímico faz-se necessário.

Neoplasias sincrônicas; Linfoma não Hodgkin; Carcinoma; Imunohistoquímica; Patologia


Associação Paulista de Medicina - APM APM / Publicações Científicas, Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - 7º and., 01318-901 São Paulo SP - Brazil, Tel.: +55 11 3188-4310 / 3188-4311, Fax: +55 11 3188-4255 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistas@apm.org.br