Efeitos clínicos e hematológicos do tratamento com hidroxiureia em pacientes falciformes: experiência de um centro no Brasil

Ana Cristina Silva-Pinto Ivan Lucena Angulo Denise Menezes Brunetta Fabia Idalina Rodrigues Neves Sarah Cristina Bassi Gil Cunha De Santis Dimas Tadeu Covas Sobre os autores

CONTEXTO E OBJETIVO

A doença falciforme (SCD) é o distúrbio genético mais comum entre afrodes-cendentes, afetando aproximadamente 3.500 recém-nascidos a cada ano no Brasil. A hidroxiureia (HU) é a única droga efetiva para o tratamento dos pacientes com SCD, reduzindo a morbidade e a mortalidade da doença. O objetivo do estudo foi analisar os efeitos da HU em pacientes com SCD em nossa instituição.

TIPO DE ESTUDO E LOCAL

Estudo retrospectivo realizado em um centro de anemia falciforme em Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil.

MÉTODOS

Nós analisamos os dados clínicos e laboratoriais de 37 pacientes. Os parâmetros hematológicos e eventos clínicos que ocorreram no ano anterior e durante o primeiro ano de tratamento com HU foram analisados. A dose média de HU foi 24.5 ± 5.5 mg/kg/dia.

RESULTADOS

Houve aumento em três parâmetros estudados: hemoglobina (8,3 g/dl para 9,0 g/dl, P = 0,0003), hemoglobina fetal (HbF) (2,6% para 19,8%, P < 0,0001) e volume corpuscular médio (VCM) (89 para 105 fl, P = 0,001); e redução do número de leucócitos (10.050/µl para 5.700/µl, P < 0,0001), neutrófilos (6.200/µl para 3.400/µl, P = 0,001), plaquetas (459.000/µl para 373.000/µl, P = 0,0002), crises dolorosas (1,86 para 0,81, P = 0,0014), síndrome torácica aguda (0,35 para 0,08, P = 0,0045), infecções (1,03 para 0,5, P = 0,047), hospitalizações (1,63 para 0,53, P = 0,0013) e número de transfusões (1,23 para 0,1, P = 0,0051).

CONCLUSÃO

Os pacientes apresentaram melhora clínica e hematológica, com aumento da HbF e redução da taxa de infecção, dado este não explorado na maioria dos estudos clínicos já publicados.

Anemia falciforme; Hidroxiuréia; Hemoglobina fetal; Síndrome torácica aguda; índices de eritrócitos


Associação Paulista de Medicina - APM APM / Publicações Científicas, Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - 7º and., 01318-901 São Paulo SP - Brazil, Tel.: +55 11 3188-4310 / 3188-4311, Fax: +55 11 3188-4255 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistas@apm.org.br