Ingestion of caustic substances and its complications

CONTEXTO: As substâncias cáusticas promovem a destruição dos tecidos através de reação de liquefação ou coagulação, e a intensidade de destruição depende do tipo da concentração, do tempo de contato e da quantidade ingerida. OBJETIVOS: Analisar as complicações observadas e correlacioná-las com a quantidade de "soda cáustica" ingerida. TIPO DE ESTUDO: Estudo retrospectivo. LOCAL: Hospital Universitário, centro de referência. PARTICIPANTES: 239 pacientes que ingeriram "soda cáustica". VARIÁVEIS ESTUDADAS: Quantidade de cáustico granulado ingerido medido em colheres de sopa, e as complicações analisadas foram: esofagite, estenose e cancerização esofágica, fístulas, perfurações, lesões do estômago, abscesso cerebral e óbito. As estenoses foram classificadas em leve, moderada e grave, conforme os achados radiológicos. RESULTADOS: Observaram-se 89,3% de esofagite que em 72,6% evoluíram para estenose e 1% para óbito na fase aguda. Estenose leve foi encontrada em 17,6%, moderada em 59,3% e grave em 23%. Nas mulheres identificou-se 80,8% de estenose e no homem 62,5%. No grupo que ingeriu fragmentos houve 46,9% de estenose e no que bebeu uma ou mais colheres, 93,6%. Constatamos 32,2% de lesões no estômago-duodeno ao ingerirem uma ou mais colheres, pois a ingestão de "fragmentos" não foi suficiente para tal. Não houve, nesse estudo, correlação entre a intensidade de lesões do esôfago e do estômago. Observaram-se 1,8% de cancerização do esôfago, 1,4% de óbitos na fase crônica, 4,6% de perfurações, 0,9% de fístulas e 1,4% de abscesso cerebral. CONCLUSÕES: As complicações tiveram relação com a quantidade de soda cáustica ingerida; que pequenas quantidades causam esofagite ou estenose e, em grande quantidade, aumentam o risco de fístulas, perfurações e óbito.

Esofagite cáustica; Ingestão de substâncias cáusticas; Lesões inflamatórias das vias digestivas superiores; Estenose cáustica


Associação Paulista de Medicina - APM APM / Publicações Científicas, Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - 7º and., 01318-901 São Paulo SP - Brazil, Tel.: +55 11 3188-4310 / 3188-4311, Fax: +55 11 3188-4255 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistas@apm.org.br