• Untitled document Editorial

    Lotufo, Paulo Andrade
  • Evaluation of the rupture of silicone breast implants by mammography, ultrasonography and magnetic resonance imaging in asymptomatic patients: correlation with surgical findings Original article

    Scaranelo, Anabel Medeiros; Marques, Américo Ferreira; Smialowski, Elizabeth Brenda; Lederman, Henriquel Manoel

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Métodos diferentes de imagem podem identificar a integridade das próteses mamárias e também a extensão de um possível extravasamento do silicone. Mamografia, ultra-sonografia e ressonância magnética são comumente utilizados para avaliar a possibilidade de ruptura de próteses em pacientes que são sintomáticos. Um grupo de pacientes clinicamente assintomáticas para ruptura foi tomado como amostra nesse trabalho. Elas estavam descontentes com suas próteses e queriam removê-las ou trocá-las por razões psicológicas ou estéticas. OBJETIVO: O propósito deste trabalho foi comparar a eficácia da mamografia, ultra-sonografia e ressonância magnética na detecção de ruptura de prótese mamária numa população assintomática. TIPO DE ESTUDO: Trabalho prospectivo. LOCAL: Departamento de Diagnóstico por Imagem, Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina, São Paulo. MÉTODOS: 44 pacientes assintomáticas para ruptura que tiveram suas inclusões removidas cirurgicamente. Foram realizadas mamografia e ultra-sonografia de 83 próteses e ressonância magnética de 77 próteses. Sensibilidade e especificidade da mamografia, ultra-sonografia e ressonância magnética utilizando critérios diagnósticos predeterminados para ruptura. Os sinais radiológicos encontrados são discutidos e os falsos positivos e negativos são retrospectivamente avaliados para identificar quais foram as falhas diagnósticas, utilizando-se os achados operatórios como padrão ouro. RESULTADOS: A sensibilidade e especificidade da mamografia foram de 20% e 89%, respectivamente; da ultra-sonografia, de 30% e 81%, respectivamente, e, da ressonância magnética, de 64% e 77%. Ressaltam-se as diferenças apresentadas pelos grupos: próteses incluídas por motivo estético e por motivo oncológico. CONCLUSÕES: Concluímos que a ressonância magnética é o método preferencial isolado a ser utilizado.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Different imaging methods can identify the integrity of breast implants and also the extent of possible silicone leakage. Mammography, ultrasonography and magnetic resonance imaging are often used to evaluate the integrity of breast implants, usually in patients that are symptomatic for rupture. A group of clinically asymptomatic patients was taken as a sample. These patients wanted to remove or change their breast implants for psychological or cosmetic reasons. OBJECTIVE: The purpose of this study was to compare the efficacy of mammography, sonography and magnetic resonance imaging in the detection of breast implant rupture in an asymptomatic population. TYPE OF STUDY: Prospective study. SETTING: Department of Diagnostic Imaging, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brazil. METHODS: The participants were 44 asymptomatic patients who subsequently had implants surgically removed. Eighty-three implants were evaluated by both film-screen mammography and high-resolution sonography and 77 implants were evaluated by magnetic resonance imaging. The sensitivity and specificity of mammography, ultrasonography and magnetic resonance imaging were assessed using predetermined diagnostic criteria for implant rupture. All radiological signs were discussed and false positives and false negatives were retrospectively evaluated to identify the pitfalls in the investigations. RESULTS: The respective sensitivity and specificity of mammography were 20% and 89%; sonography, 30% and 81%; and magnetic resonance imaging, 64% and 77%. The differences between patients with breast implants for cosmetic and oncological reasons were discussed. CONCLUSIONS: Our experience suggests that magnetic resonance imaging seems to be the best imaging method on its own for the evaluation of rupturing among asymptomatic patients.
  • Point prevalence of drug prescriptions for elderly and non-elderly inpatients in a teaching hospital Original article

    Braga, Thais Baleeiro Teixeira; Pfaffenbach, Grace; Weiss, Débora Peterson Leite; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Bergsten-Mendes, Gun

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: As alterações farmacocinéticas e farmacodinâmicas associadas ao envelhecimento têm sido amplamente documentadas, bem como o freqüente uso simultâneo de vários medicamentos como conseqüência da elevada prevalência de doenças crônico-degenerativas entre os idosos. Conseqüentemente, o risco de reações adversas a medicamentos e de interações medicamentosas aumenta em idosos. Entretanto, poucos estudos têm comparado os padrões de prescrição para diferentes grupos etários de pacientes hospitalizados ou avaliaram os efeitos da idade na prescrição de medicamentos. OBJETIVO: Comparar a prevalência de prescrição de medicamentos para pacientes idosos e não-idosos em um hospital geral universitário a fim de avaliar se existem diferenças relacionadas à idade quanto ao número de medicamentos prescritos, quanto à escolha dos medicamentos e quanto às doses prescritas, bem como a adequação da prescrição para os pacientes idosos. TIPO DE ESTUDO: Estudo observacional, do tipo transversal. LOCAL: Hospital-escola, de complexidade terciária, com 400 leitos. AMOSTRA: Todos os pacientes internados em um dia do mês de junho de 1995, excluindo os internados na Unidade de Terapia Intensiva e dos Departamentos de Psiquiatria, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia. PROCEDIMENTO: Todos os medicamentos prescritos para os pacientes adultos internados nas enfermarias incluídas no estudo foram registrados a partir da folha de prescrição fornecida pela farmácia hospitalar. Os dados demográficos e os diagnósticos de alta foram fornecidos pelo Departamento de Estatística do Hospital. As informações sobre o peso e exames laboratoriais dos pacientes idosos foram obtidas a partir dos prontuários médicos. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Características demográficas dos pacientes, diagnósticos de alta, exames laboratoriais (somente para os idosos) e medicamentos prescritos (nome, classe terapêutica, dose média diária). RESULTADOS: Entre os 273 pacientes internados e elegíveis para os estudo, 46,5% encontravam-se na faixa etária de 14-44 anos; 33%, de 45-64 anos e 20,5%, na faixa etária > 64 anos. Neoplasias foram significantemente mais freqüentes entre os pacientes idosos. A média do número de medicamentos prescritos foi de cinco por paciente para os três grupos etários. No conjunto dos pacientes os cinco medicamentos mais prescritos foram: dipirona, ranitidina, dipirona em combinação dose-fixa, metoclopramida e cefazolina. Os pacientes idosos receberam significantemente mais prescrições de insulina, furosemida e enoxaparina. Para a maioria dos medicamentos, a dose média prescrita mostrou que não houve ajuste de dose para os pacientes idosos. Em alguns casos, a escolha de medicamentos para os pacientes idosos foi questionável. CONCLUSÕES: Este estudo transversal avalia de modo simples e pouco dispendioso a exposição a medicamentos em ambiente hospitalar. Embora o processo de envelhecimento modifique a farmacologia de muitos fármacos, não foram observadas alterações nos padrões de prescrição em função da idade.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Age-related pharmacokinetic and pharmacodynamic changes have been extensively documented, and several concurrent diseases may underlie multiple drug therapy in the elderly. As a result, the risk of adverse drug reactions and drug interactions increases among aged patients. However, only a few studies have compared the prescribing patterns for different age groups of hospitalized patients or have evaluated the effect of age on drug prescription. OBJECTIVE: To compare the prevalence of drug prescriptions for elderly inpatients, with those for non-elderly inpatients, in order to assess age-related differences in the number of prescribed drugs, drug choices and prescribed doses, and to evaluate the prescription appropriateness for the elderly patients. TYPE OF STUDY: Cross-sectional survey. SETTING: 400-bed tertiary care general teaching hospital. PARTICIPANTS: All inpatients on one day of June 1995, except for the Intensive Care Unit and for the Departments of Psychiatry, Pediatrics and Obstetrics and Gynecology. PROCEDURES: All medicines prescribed to the eligible patients on the study day were recorded from the prescription sheets provided by the hospital pharmacy. MAIN MEASUREMENTS: Name, therapeutic class, and mean daily dose of the prescribed drugs. RESULTS: Of the 273 eligible inpatients, 46.5% were 14-44 years old, 33% were 45-64 years old and 20.5% were > 64 years old. Cancer was significantly more frequent among the elderly. The mean number of prescribed drugs was five for all age groups. The five most prescribed drugs for all patients were dipyrone, ranitidine, dipyrone in a fixed-dose combination, metoclopramide and cefazolin. The elderly had significantly more prescriptions for insulin, furosemide and enoxaparin. For most drugs, the mean prescribed dose showed that there was no dose adjustment for elderly patients, and drug choices for this age group were sometimes questionable. CONCLUSIONS: There was little variation in the prescribing patterns for the elderly when compared with the other age strata.
  • Mid-arm circumference and mid-arm/head circumference ratio in term newborns Original article

    Figueira, Bettina Barbosa Duque; Segre, Conceição Aparecida de Mattos

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: O perímetro braquial do recém-nascido está fortemente relacionado ao peso de nascimento e constitui bom indicador de baixo peso e de peso insatisfatório ao nascer. No entanto, há carência de estudos nacionais que forneçam informações acerca da relação perímetro braquial/perímetro cefálico no período neonatal, de modo que essa medida não faz parte da rotina de avaliação do recém-nascido. OBJETIVOS: Estudar a medida do perímetro braquial e a relação perímetro braquial/perímetro cefálico, em uma população de recém-nascidos de termo. TIPO DE ESTUDO: Estudo de corte transversal, realizado entre junho de 1997 e agosto de 1999. LOCAL: Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros. São Paulo e Instituto de Assistência Médica ao Servidor Estadual de São Paulo (IAMSP - SP) PARTICIPANTES: Foram incluídos no estudo 131 recém-nascidos: 66 do sexo masculino e 65 do feminino. PROCEDIMENTOS: Foram incluídos recém-nascidos de mães sadias, no termo, de gestação única, adequados para a idade gestacional, sem malformações graves ou alterações clínicas sugestivas de restrição de crescimento intra-uterino. Os recém-nascidos foram medidos nas primeiras 48 horas de vida e os dados, analisados mediante um nível de significância de 1%. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Perímetro braquial, relação perímetro braquial/perímetro cefálico, peso ao nascer, idade gestacional, sexo. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 131 recém-nascidos: 66 do sexo masculino e 65 do feminino. O perímetro braquial apresentou valor médio de 10,76 ± 0,68 no sexo feminino e 10,76 ± 0,81 no sexo masculino. A relação perímetro braquial/perímetro cefálico apresentou valor médio de 0,31 ± 0,02 para ambos os sexos. Não se observou diferença significativa em nenhuma das medidas em relação ao sexo. Os valores do perímetro braquial apresentaram correlação positiva com o peso de nascimento e com a idade gestacional ao passo que a relação perímetro braquial/perímetro cefálico relacionou-se apenas com o peso ao nascer. Foram obtidas curvas de regressão para o perímetro braquial em relação ao peso e à idade gestacional, e para a relação perímetro braquial/perímetro cefálico em relação ao peso de nascimento, apenas. A associação entre o perímetro braquial e a idade gestacional foi melhor representada através de regressão quadrática. CONCLUSÕES: Foram estabelecidos valores de perímetro braquial e da relação perímetro braquial/perímetro cefálico na população estudada. Foi possível obter curvas de regressão para o perímetro braquial em relação tanto ao peso de nascimento quanto à idade gestacional. No entanto, para a relação perímetro braquial/perímetro cefálico, foi possível obter curva de regressão linear apenas em relação ao peso de nascimento. Não se demonstrou diferença entre os sexos para nenhuma das medidas estudadas. Os baixos coeficientes de correlação encontrados, bem como o comportamento das medidas em relação à idade gestacional, sugerem que a utilização de curvas de regressão linear não parece um bom método para predizer os valores do perímetro braquial ou da relação entre o perímetro braquial e o perímetro cefálico, em recém-nascidos de termo.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Mid-arm circumference of the newborn is strongly associated with birth weight and is a very good indicator of low and insufficient birth weight. However, there are few Brazilian studies on the relationship between mid-arm and head circumferences and, thus, this does not form part of the routine evaluation for newborns. OBJECTIVES: To establish the mid-arm circumference and mid-arm/head circumference ratio in a population of term newborns. TYPE OF STUDY: Cross-sectional study carried out between June 1997 and August 1999. SETTING: Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, São Paulo. PARTICIPANTS: Term newborns (66 males and 65 females) of appropriate growth for gestational age, whose mothers were healthy, were included in the study. MAIN MEASUREMENTS: Arm circumference, arm circumference/head circumference ratio, birth weight and gestational age were measured within 48 hours of birth. Data were considered significant when p < 0.01. RESULTS: The mean values for the mid-arm circumference were 10.76 cm (standard deviation, SD = 0.68) for females and 10.76 (SD = 0.81) for males. The mean value for the mid-arm/head circumference ratio was 0.31 (SD = 0.02) for both sexes. Mid-arm circumference values were significantly related to birth weight and gestational age, whereas mid-arm/head circumference ratio was related only to birth weight. CONCLUSIONS: Mid-arm circumference and mid-arm/head circumference ratio values were established for the studied population. It was possible to obtain curves for both mid-arm circumference and mid-arm/head circumference ratio in relation to birth weight. However, for mid-arm circumference, it was only possible to obtain curves in relation to gestational age. The use of the regression curves did not seem powerful enough to predict the mid-arm circumference and mid-arm/head circumference ratio in this population of term newborns. There were no gender differences for either of the measurements studied.
  • Praying correlates with higher quality of life: results from a survey on complementary/alternative medicine use among a group of Brazilian cancer patients Original article

    Samano, Eliana Sueco Tibana; Goldenstein, Patricia Taschner; Ribeiro, Lia de Melo; Lewin, Fabio; Valesin Filho, Edgar Santiago; Soares, Heloisa Prado; Giglio, Auro del

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: O uso da medicina alternativa/complementar no Brasil é pouco estudado. OBJETIVO: Verificar a prevalência do uso de medicina alternativa/complementar por pacientes oncológicos e correlacionar os achados com a qualidade de vida. TIPO DE ESTUDO: Descritivo. LOCAL: Instituto de Oncologia da Faculdade de Medicina da Fundação do ABC. PARTICIPANTES: 100 pacientes com câncer. PROCEDIMENTOS: Aplicamos questionário de qualidade de vida da EORTC QLQ C-30 quality of life e um questionário sobre o uso de medicina alternativa/complementar. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Uso de medicina alternativa/complementar e qualidade de vida. RESULTADOS: 89% dos pacientes já usaram medicina alternativa/complementar alguma vez, 63% estavam usando no momento do estudo e a maioria dos pacientes (77,7%) acredita na eficácia da medicina alternativa/complementar para o seu tratamento. O tipo de medicina alternativa/complementar mais utilizado foi a oração individual (77,5%). Encontramos associação significativa entre acreditar em medicina alternativa/complementar e a prática de orações (individual ou em grupo) com uma melhor qualidade de vida em relação à escala funcional (p = 0,001) e saúde global (p = 0,001). A análise multivariada confirmou estes achados, mostrando que rezar e acreditar na medicina alternativa/complementar se correlacionam significativamente com uma melhor qualidade de vida nas escalas funcionais e de sintomas. CONCLUSÃO: A utilização de medicina alternativa/complementar em nosso meio é freqüente em pacientes com câncer e a crença na sua eficácia e a prática de orações se correlacionaram significativamente com uma melhor qualidade de vida, de forma que tais práticas não devem ser desestimuladas pelos profissionais da área médica. Novos trabalhos prospectivos devem ser conduzidos para melhor caracterizar a eficácia destas práticas terapêuticas alternativas.

    Abstract in English:

    CONTEXT: The use of complementary/alternative medicine has been little studied in Brazil. OBJECTIVE: The purpose of this study was to determine the prevalence of complementary/alternative medicine use among a group of Brazilian cancer patients and correlate these findings with the patients' quality of life. TYPE OF STUDY: Descriptive. SETTING: Oncology Institute of the Faculdade de Medicina do ABC, Santo André, São Paulo, Brazil. PARTICIPANTS: 100 cancer patients. PROCEDURES: The EORTC QLQ C-30 quality of life questionnaire was applied together with another questionnaire on the use of complementary/alternative medicine. MAIN MEASUREMENTS: Use of complementary/alternative medicine and quality of life. RESULTS: 89% of the patients had already used complementary/alternative medicine, 63% were currently using it and most of them (77.7%) believed in the efficacy of complementary/alternative medicine for their treatment. The type most used was individual prayer (77.5%). We found a significant association between believing in the efficacy of complementary/alternative medicine and praying (individually or in groups), in comparison with better scores on the functional (p = 0.001) and overall health (p = 0.001) quality of life scales. Multivariate analysis confirmed these findings regarding praying and also showed that believing in complementary/alternative medicine correlated significantly with functional and symptom quality of life scores. CONCLUSION: The prevalence of complementary/alternative medicine use in this group of cancer patients was high. Praying and belief in the efficacy of complementary/alternative medicine correlated significantly with an overall better quality of life, and therefore these practices should not be discouraged by physicians. New prospective studies should be conducted in order to better characterize the efficacy of such alternative therapeutic approaches.
  • Verrucous carcinoma of the bladder with koilocytosis unassociated with vesical schistosomiasis Case report

    Lewin, Fabio; Cardoso, Ana Paula Garcia; Simardi, Lucíla Heloísa; Machado, Marcos Tobias

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: O carcinoma verrucoso de bexiga é uma neoplasia maligna muito rara, histologicamente semelhante ao condiloma acuminado. Normalmente apresenta-se associado à esquistossomose vesical (bilharzíase). Apenas 13 casos não relacionados à bilharzíase foram descritos até o momento, sendo que em nenhum deles foi relatada presença de coilocitose, um achado característico da infecção pelo papiloma vírus humano. RELATO DE CASO: Apresentamos um caso de carcinoma verrucoso de bexiga não relacionado à bilharzíase com presença de coilocitose e ausência de papiloma vírus humano. A literatura relacionada ao assunto é discutida.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Verrucous carcinoma of the bladder is a very rare malignant neoplasm, histologically similar to condyloma acuminatum. Usually it shows association with vesical schistosomiasis (bilharziasis). Only 13 cases unrelated to bilharziasis have been reported to date, and none of them reported koilocytosis, a typical finding in human papillomavirus infection. CASE REPORT: We report a case of verrucous carcinoma of the bladder that was unrelated to bilharziasis, with koilocytosis and absence of human papillomavirus. The literature relating to the topic is discussed.
  • Lingual thyroid causing dysphonia: case report Case report

    Tincani, Alfio José; Martins, Antonio Santos; Del Negro, André; Araújo, Priscila Pereira Costa; Barretto, Gilson

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Tireóide lingual é uma entidade rara, devida a falha na migração da glândula em sua fase embriogênica. A presença da glândula tireóide na base da língua pode acarretar sérios problemas aos pacientes, como disfagia e disfonia, obstrução de vias aéreas superiores e até hemorragia, em qualquer fase da vida. RELATO DE CASO: Apresentamos um caso de tireóide lingual em paciente de 41 anos de idade, discutindo-se a embriogênese, diagnóstico e conduta adequada para tratamento. Elementos para o diagnóstico e avaliação terapêutica são descritos com especial atenção aos achados clínicos, testes laboratoriais, além de metodologia de imagem como medicina nuclear e tomografia computadorizada, realizados para confirmação diagnóstica e planejamento da melhor conduta operatória. A excisão cirúrgica da tireóide ectópica é reservada para casos de aumento glandular, que podem resultar em disfunção das vias aéreas superiores (disfonia ou disfagia), além de hemorragia recorrente.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Lingual thyroid gland is a rare clinical entity that is caused by the failure of the thyroid gland to descend to a normal cervical location during embryogenesis. The occurrence of an ectopic thyroid gland located at the base of the tongue may cause problems for the patient, with symptoms of dysphagia, dysphonia, upper airway obstruction or even hemorrhage at any time from infancy through adulthood. CASE REPORT: We report on a case of lingual thyroid gland in a 41-year-old female patient. The embryology and diagnosis of ectopic thyroid are discussed and its management is outlined. Features of the diagnostic and therapeutic evaluation are described with attention to the clinical findings, laboratory tests, thyroid scan and computed tomography imaging studies employed in the confirmation of diagnosis and planning of appropriate treatment. The history of the condition is reviewed and a treatment strategy is outlined. Surgical excision of the gland is reserved for cases of gland enlargement that result in compromised airways (dysphagia or dysphonia) or recurrent hemorrhage.
  • DNA typing from vaginal smear slides in suspected rape cases Short communication

    Silva, Dayse Aparecida da; Góes, Andréa Carla de Souza; Carvalho, Jorge José de; Carvalho, Elizeu Fagundes de

    Abstract in Portuguese:

    Na suspeita de casos de estupro, é necessária a realização de exames para constatar a prática do abuso sexual com penetração. Com esse objetivo, nos serviços de medicina legal, é realizada, entre outros exames, a feitura de esfregaços vaginais com a transferência do material biológico para lâmina. Neste trabalho, são descritos dois casos forenses, elucidados pela tipagem de DNA realizada a partir de células de esfregaço vaginal. Em 1999, duas jovens relataram ao Departamento de Polícia do Rio de Janeiro que haviam sido vítimas de abuso sexual. Um suspeito foi detido e apontado pelas vítimas como o agressor. Apesar das acusações, o suspeito alegou sua inocência. Com objetivo de elucidar os fatos, lâminas de esfregaço vaginal representando as únicas evidências biológicas dos suspeitosos casos de estupro foram enviadas ao Laboratório de Diagnósticos por DNA três meses após o crime. Os protocolos utilizados para recuperação celular e extração de DNA baseiam-se em técnicas preexistentes, porém adaptadas para se obter quantidade de DNA suficiente para realização das análises. A quantidade de células foi suficiente para a utilização da técnica de extração diferencial de DNA e sua tipagem por meio de 9 loci "short tandem repeats" (STR). A análise estatística mostrou ser 3,3 bilhões de vezes mais provável que o relatado suspeito seja o doador das células espermáticas encontradas no material biológico coletado das vítimas que qualquer outro indivíduo na população do Rio de Janeiro.

    Abstract in English:

    In an investigation of suspected rape, proof of sexual assault with penetration is required. In view of this, detailed descriptions of the genitalia, the thighs and pubic region are made within the forensic medical service. In addition, vaginal swabs are taken from the rape victim and some of the biological material collected is then transferred to glass slides. In this report, we describe two rape cases solved using DNA typing from cells recovered from vaginal smear slides. In 1999, two young women informed the Rio de Janeiro Police Department that they had been victims of sexual assaults. A suspect was arrested and the victims identified him as the offender. The suspect maintained that he was innocent. In order to elucidate these crimes, vaginal smear slides were sent to the DNA Diagnostic Laboratory for DNA analysis three months after the crimes, as unique forensic evidence. To get enough epithelial and sperm cells to perform DNA analysis, we used protocols modified from the previously standard protocols used for DNA extraction from biological material fixed on glass slides. The quantity of cells was sufficient to perform human DNA typing using nine short tandem repeat (STR) loci. It was 3.3 billion times more probable that it was the examined suspect who had left sperm cells in the victims, rather than any other individual in the population of Rio de Janeiro.
  • Efficacy of a triple therapy for Helicobacter pylori eradication in a well-developed urban area in Brazil Short communication

    Bellelis, Patrick; Samano, Eliana Sueco Tibana; Nunes, Ricardo Cruz; Ribeiro, Lia de Melo; Chehter, Ethel Zimberg; Catapani, Wilson Roberto

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A erradicação do Helicobacter pylori tem sido o principal tratamento para a doença ulcerosa péptica. Consiste em uma terapia tripla com omeprazol juntamente com dois antibióticos. Devido à inexistência de uma medicação ideal, assim como a um alto índice de resistência primária aos nitroimidazólicos em nosso meio, tem-se adotado o uso da claritromicina. OBJETIVOS: Determinar o índice de erradicação do Helicobacter pylori em pacientes com doença ulcerosa péptica mediante a terapia com lanzoprazol, amoxicilina e claritromicina, por sete dias. MÉTODOS: Num estudo retrospectivo, aberto e realizado na Faculdade de Medicina do ABC, foram incluídos 130 pacientes portadores de doença ulcerosa péptica (endoscopia digestiva alta) e com infecção por Helicobacter pylori diagnosticada pelos testes da urease, respiratório e histológico; todos sem tratamento prévio. Os pacientes foram tratados com lanzoprazol (30 mg), amoxicilina (1.000 mg) e claritromicina (500 mg) duas vezes ao dia por sete dias. Os índices de erradicação foram avaliados noventa dias após o tratamento. RESULTADOS: 94 pacientes completaram o estudo, sendo a média de idade 52,23 anos, 51,54% mulheres, 84,31% brancos, 37,69% tabagistas, 20,77% usuários de antiinflamatórios não-hormonais e 8,46% de etilistas. A endoscopia digestiva alta revelou: 78,46% de úlcera duodenal (UD) e 21,53% de úlcera gástrica (UG) (4UD:1UG). O índice de erradicação por protocolo foi de 85,11% e por intenção de tratamento foi de 97%. Foram observados poucos efeitos colaterais. CONCLUSÃO: A terapia tríplice com lanzoprazol, amoxicilina e claritromicina mostrou-se bem tolerável, com altos índices de erradicação, sendo uma boa alternativa para países em desenvolvimento.

    Abstract in English:

    CONTEXT: Helicobacter pylori eradication has become the standard treatment for peptic ulcer disease. Triple therapy with omeprazole plus two antibiotics has been used. Due to the lack of ideal treatment and the high rates of primary resistance to nitroimidazoles, the use of clarithromycin has been adopted. OBJECTIVE: To determine the Helicobacter pylori eradication rates using lansoprazole, amoxicillin and clarithromycin for seven days, in patients with peptic ulcer disease in a well developed urban area in Brazil. METHODS: This was a retrospective, open-label study carried out at the School of Medicine of the Fundação ABC. It included 130 patients with peptic ulcer disease (upper endoscopy) who had been tested positive for Helicobacter pylori infection (urease test, histology or breath test), without previous treatment. Patients were treated with lansoprazole 30 mg, amoxicillin 1,000 mg and clarithromycin 500 mg b.i.d., for seven days. Eradication was verified after 90 days. RESULTS: Follow-up data were available for 94 patients. Their mean age was 52.23 years; 51.54% were woman, 84.31% white, 37.69% smokers, 20.77% using nonsteroidal anti-inflammatory drugs and 8.46% alcoholics. Upper endoscopy revealed that 78.46% had duodenal ulcers and 21.53% had gastric ulcers (a 4:1 DU:GU ratio). The eradication rates were 85.11% per protocol and 61.54% by intention to treat; 97% had no adverse effects. CONCLUSION: Triple therapy using lansoprazole, amoxicillin and clarithromycin is well tolerated with high eradication rates and forms a good alternative for developing countries.
Associação Paulista de Medicina - APM APM / Publicações Científicas, Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - 7º and., 01318-901 São Paulo SP - Brazil, Tel.: +55 11 3188-4310 / 3188-4311, Fax: +55 11 3188-4255 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistas@apm.org.br