Diretrizes curriculares de enfermagem: governando corpos de enfermeiras

Curricular directives for nursing: governing nurses' bodies

Directrices curriculares de enfermería: gobernando cuerpos de enfermeras

Fernanda Niemeyer Karen Schein da Silva Maria Henriqueta Luce Kruse Sobre os autores

Diretrizes Curriculares objetivam a organização de cursos e carreiras para a constituição de identidades profissionais. Nesse sentido, as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino de Graduação em Enfermagem definem os fundamentos para a formação de enfermeiras no Brasil apontando para o tipo de conhecimento considerado importante na profissão. Nos apoiamos nos pressupostos da obra de Michel Foucault para realizar uma análise textual dos discursos veiculados pelas Diretrizes Curriculares de Enfermagem, problematizando-os como uma estratégia de governamento e subjetivação que atua sobre os corpos das futuras enfermeiras. As reflexões apontam para um documento que pode ser visto como um instrumento que pretende normalizar as alunas e constituí-las para que se tornem enfermeiras. Assim, é definido o perfil da "boa" e da "má" profissional, normalizando os corpos e suas atitudes, não as permitindo pensar e fazer de outro modo e instituindo um "regime de verdades" que produz certo tipo de enfermeira.

Educação em enfermagem; Discurso; Papel do profissional de enfermagem; Governo


Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br