DIFICULDADES DE CUIDADORES DE PACIENTES EM CUIDADOS PALIATIVOS NA ESTRATÉGIA DA SAÚDE DA FAMÍLIA

DIFICULTADES DE CUIDADORES DE PACIENTES EN CUIDADOS PALIATIVOS EN LA ESTRATEGIA DE SALUD DE LA FAMILIA

Silmara Meneguin Rafaela Ribeiro Sobre os autores

Objetivou-se desvelar as principais dificuldades enfrentadas pelos cuidadores de pacientes em cuidados paliativos no domicílio e compreender a percepção dos mesmos em relação ao suporte oferecido pela Estratégia da Saúde da Família. Pesquisa qualitativa realizado com 50 cuidadores de pacientes em cuidados paliativos, atendidos pela Estratégia da Saúde da Família em município do interior de São Paulo. As entrevistas foram transcritas e analisadas utilizando-se a estratégia metodológica do Discurso do Sujeito Coletivo. As dificuldades vivenciadas pelos cuidadores são inúmeras e atreladas à falta de rede de apoio, de recursos humanos, materiais, financeiros e ao despreparo para lidar com a morte no contexto da terminalidade. As ações desenvolvidas pela Estratégia da Saúde da Família são limitadas e pontuais. As dificuldades sentidas pelos cuidadores refletem o despreparo pessoal aliado à precariedade social e econômica vivenciadas no contexto domiciliar. Além disso, defrontam-se com a atenção restrita e descontinuada prestada pelo programa.

Programa saúde da família; Cuidados paliativos; Atenção primária à saúde; Cuidadores


Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br