A Unidade Básica de Saúde e sua função na rede de apoio social ao hipertenso

La Unidad Básica de Salud y su función en la red de apoyo social al hipertenso

The Basic Health Unit and its role in the social support network to hipertensive individuals

O objetivo do estudo foi identificar como os hipertensos percebem as ações da Unidade Básica de Saúde na sua rede de apoio social com relação ao enfrentamento da condição crônica da doença. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, realizado em Maringá - PR, junto a 20 hipertensos de ambos os sexos, na faixa etária de 50 a 80 anos, que adotou a análise de conteúdo, modalidade temática, para a análise dos dados. Os resultados revelaram que os indivíduos em estudo mantêm um vínculo frágil com a unidade básica e não percebem um acolhimento adequado por parte dos profissionais. Observou-se a falta de incentivo para a participação nas reuniões, sendo que a procura pela unidade acontece quando o indivíduo se percebe "doente" ou para aquisição de medicamentos. Ressalta-se a importância da atuação dos enfermeiros junto aos hipertensos, visando resgatar o foco para a prevenção e promoção em saúde.

Hipertensão; Apoio social; Enfermagem; Atenção primária à saúde


Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br