Accessibility / Report Error

Drogas e sua relação com maus-tratos na infância para alunos de graduação de uma universidade da Colômbia

Monica Rosaura Garcia Baquero Robert Mann Hayley Hamilton Pat Erickson Bruna Brands Norman Giesbrecht Maria da Glória Miotto Wright Francisco Cumsille Jaime Sapag Akwatu Khenti Sobre os autores

Esta pesquisa analisa a relação entre o uso de drogas entre estudantes de uma universidade pública em Villavicencio, Colômbia, e sua relação com maus-tratos na infância, utilizando como referencial teórico a perspectiva bioecológica. Estudo exploratório retrospectivo, com uma amostra de 313 alunos de graduação. Dos entrevistados, 10,2% relataram ter sido abusados na infância, e os maus-tratos físicos e psicológicos foram os mais relatados. 56.9% dos estudantes entrevistados usou substância psicoativa, em algum momento da vida, com início entre 13 e 18 anos. Houve evidências de maus-tratos na infância com manifestações de violência física, bem como o consumo de substâncias psicoativas, mas não houve relação estatisticamente significativa entre maus-tratos durante a infância e o uso de substâncias psicoativas na amostra estudada.

Maus-tratos infantis; Transtornos relacionados ao uso de substâncias; Estudantes; Universidades


Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br