FATORES DE RISCO EM ERROS DE MEDICAÇÃO EM UM HOSPITAL PÚBLICO CHILENO DE ALTA COMPLEXIDADE

Ana María Pilquinao Cárcamo Francis Solange Vieira Tourinho Thaís Fávero Alves Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

identificar os fatores de risco para erros de medicação em um hospital público chileno de alta complexidade.

Método:

estudo com abordagem quantitativa, exploratório, descritivo e transversal, com cortes temporais retrospectivos. A população do estudo consistiu em 50 notificações de eventos adversos relacionados ao processo de administração de medicamentos gerados entre 2014 e 2017 nos serviços de clínica médica e cirurgica do Hospital Clínico em Magallanes, Chile. A classificação do National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Preventions, foi utilizada para a coleta de dados, realizada em maio e Junho de 2018, e os dados foram analisados ​​por meio de estatística descritiva.

Resultados:

entre os envolvidos nos erros de medicação, as seguintes profissões são predominantes: enfermeiros, 21 (42%); Técnicos de enfermagem que atuam nas clínicas médicas e cirúrgicas, 18 (36%) e técnicos de enfermagem que atuam na Farmácia, 7 (14%). Os erros de medicação mais frequentes foram: transcrição de medicamentos, 16 (32%); preparação, 13 (26%); e administração, 11 (22%). Os seguintes fatores de risco se destacam nos casos notificados: problemas de comunicação e interpretação, 13 (26%); interpretação incorreta da prescrição na dispensação, 7 (14%); fatores associados à organização do trabalho, como cumprimento insuficiente das práticas prioritárias de segurança, 11 (22%), e fatores individuais, 9 (18%).

Conclusão:

são necessárias mais informações sobre erros de medicação para identificar os fatores de risco e estabelecer estratégias para sua prevenção; consequentemente, a notificação de eventos adversos deve ser promovida como medida preventiva.

DESCRITORES
Segurança do paciente; Erros de medicação; Cuidados de enfermagem; Enfermagem; Eventos adversos

Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br