Competências e habilidades para atuação do enfermeiro em bancos de olhos

Roberta Teixeira Prado Sonia Maria Dias Edna Aparecida Barbosa de Castro Sobre os autores

O estudo objetivou descrever competências e habilidades requeridas à atuação nos Bancos de Olhos, sob a óptica dos enfermeiros, e oferecer subsídios para a prática profissional de enfermagem nestes serviços. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, com sete enfermeiros que atuam neste serviço, e analisados com o suporte da análise de conteúdo. Ao analisar os depoimentos dos sujeitos desta pesquisa verifica-se que a dimensão gerencial recebeu relevância nos depoimentos dos sujeitos. Dentre as habilidades requeridas para o trabalho nos Bancos de Olhos, sob a ótica dos enfermeiros dos serviços, destacam-se habilidades relacionadas à educação, à comunicação, à liderança para manter a união da equipe, habilidade para lidar com o cadáver e a destreza nos procedimentos técnicos envolvidos. Ficou evidente que os enfermeiros precisam dedicar maior atenção às dimensões de ensino e pesquisa. Trata-se de um novo cenário de prática para a enfermagem e requer que o enfermeiro adquira competências profissionais.

Bancos de olhos; Enfermagem; Conhecimento; Competência profissional; Transplante


Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br