CONCILIANDO DIVERSAS FORMAS DE TRATAMENTO À SAÚDE: UM ESTUDO COM IDOSOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

Luciane Paula Batista Araújo de Oliveira Sílvia Maria Azevedo dos Santos Sobre os autores

RESUMO

O estudo objetivou analisar as condições contextuais que influenciam o uso de medicamentos em idosos atendidos na atenção primária à saúde. Estudo qualitativo com aporte da Teoria Fundamentada nos Dados, realizado em Santa Cruz, Rio Grande do Norte, onde foram entrevistados 30 idosos em uso de medicamentos. Os dados foram codificados e geraram um modelo composto por nove categorias. As duas categorias que explicam as condições contextuais do fenômeno são: Interagindo com a rede de apoio e Conciliando o uso de medicamentos, chás, remédios caseiros e fé, sendo apenas esta última, objeto de discussão do presente artigo. Para conciliar diversos tratamentos, os idosos procuravam entender e comparar suas funções, além de recorrerem à fé em Deus. O ato de conciliar diferentes tratamentos faz parte das condições contextuais que influenciam o fenômeno estudado, criando um conjunto de circunstâncias às quais esses idosos respondiam buscando estratégias para lidar com o uso de medicamentos na vida diária.

DESCRITORES:
Uso de medicamentos; Fitoterapia; Idoso; Atenção primária à saúde

Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Campus Universitário Trindade, 88040-970 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, Tel.: (55 48) 3721-4915 / (55 48) 3721-9043 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: textoecontexto@contato.ufsc.br