COMPETÊNCIAS ANDRAGÓGICAS DOS DOCENTES ENFERMEIROS QUE ATUAM NA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PAULISTANA

ANDRAGOGICAL SKILLS OF NURSING PROFESSORS WORKING IN UNDERGRADUATE EDUCATION IN NURSING IN SÃO PAULO

COMPETENCIAS ANDRAGÓGICAS DE LOS DOCENTES ENFERMEROS QUE ACTÚAN EN LA GRADUACIÓN EN ENFERMERÍA PAULISTANA

Patricia Bover Draganov Maria Cristina Sanna Sobre os autores

Resumo

O objetivo foi avaliar o nível de desempenho do enfermeiro docente nas competências essenciais para a educação de adultos, na perspectiva andragógica. Estudo descritivo, comparativo, transversal, quantitativo, foi desenvolvido com 226 docentes enfermeiros que atuavam em vinte cursos de graduação em enfermagem. Utilizou-se estatística descritiva, testes não paramétricos e software Minitab® 16. A população tinha predominantemente entre 46-55 anos, era majoritariamente do gênero feminino, formou-se em escola pública e cursou especialização, mestrado e menos da metade também doutorado. Os professores se consideraram aquém do nível que deveriam ter para a educação de adultos, encontravam-se distantes do ideal para as competências que almejavam alcançar e declararam domínio maior para facilitar a aprendizagem do que para desenvolver e administrar programas de educação de adultos. Concluiu-se que o nível de desempenho dos docentes foi homogêneo, não havendo diferenças significativas na comparação dos resultados com as características da população.

Palavras-chave
educação superior; docentes de enfermagem; modelos educacionais

Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Avenida Brasil, 4.365, 21040-360 Rio de Janeiro, RJ Brasil, Tel.: (55 21) 3865-9850/9853, Fax: (55 21) 2560-8279 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revtes@fiocruz.br