Trabalho, Educação e Saúde, Volume: 7, Issue: 3, Published: 2009
  • Untitled document Editorial

    Pereira, Isabel Brasil; Fonseca, Angélica Ferreira; Martins, Carla Macedo
  • Bonus strategy: three assumptions and one consequence Ensaio

    Oliveira, Marcos Barbosa de

    Abstract in Portuguese:

    A 'estratégia dos bônus' é definida como a prática, por parte dos empregadores, de procurar fazer com que os empregados trabalhem mais e melhor usando como incentivo a concessão de vantagens monetárias adicionais ao salário, condicionadas ao aumento de produtividade. Dois exemplos da estratégia são mencionados, um deles referente à Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, outro à Universidade de São Paulo. Examinam-se a seguir três pressupostos da estratégia a concepção penosa do trabalho, o trabalhador imbuído do espírito do capitalismo e a recompensa monetária como única forma de incentivo procurando-se mostrar que nenhum deles tem validade universal, sendo portanto estritamente falsos. Apresentam-se a seguir evidências adicionais para a invalidade dos pressupostos, oriundas do trabalho de professores aposentados, ou que já têm condições de se aposentar, mas continuam na ativa. Na última seção é exposta a consequência mais nefasta do uso da estratégia dos bônus: a 'idiotização' da sociedade.

    Abstract in English:

    The 'bonus strategy' is defined by employers as a way to seek to make the workers work more and better using grants for additional monetary benefits to wages as an incentive, conditional on an increase in productivity. Two examples of the strategy are mentioned, one of them referring to the Department of Education of the State of São Paulo and the other to the University of São Paulo (USP). It examines the following three assumptions of the strategy the conception of painful labor, workers imbued with the spirit of capitalism, and monetary reward as the only form of incentive in an attempt to show that none of them have universal validity and are therefore strictly false. Then we present the additional evidence for the invalidity of the assumptions, derived from the work of retired teachers and teachers who have the credentials to retire, but that are still working. In the last section, the most disastrous consequence of the use of the bonus strategy is exposed: the 'idiotization' of society.
  • The training of health professionals in institutions of higher education in Divinópolis, Minas Gerais Artigos

    Moraes, Juliano Teixeira; Lopes, Eliane Marta Teixeira

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo é resultado de um trabalho descritivo e exploratório realizado com os coordenadores e professores dos cursos de Enfermagem e de Nutrição de duas instituições de ensino superior do município de Divinópolis, Minas Gerais. Busca-se detectar e avaliar as mudanças na formação dos profissionais de saúde, mediante a observação do que ocorre nesse município, além de caracterizar a formação do profissional de saúde, à luz da legislação pertinente e com ênfase na política e programas de saúde pública propostos pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de saúde. Problemas com as ações interdisciplinares e os princípios, diretrizes e conceitos relacionados ao Sistema Único de Saúde estão entre as principais dificuldades relatadas pelos entrevistados. É um trabalho científico que pretende somar ao conhecimento já produzido e servir de apoio às discussões que coordenadores, professores e alunos queiram fazer sobre a necessária atualização dos saberes e fazeres profissionais de enfermagem e nutrição, segundo o novo modelo de saúde em desenvolvimento no Brasil.

    Abstract in English:

    This article is the result of a descriptive and exploratory study conducted with the coordinators and teachers of the Nursing and Nutrition courses from an institution of higher education in the city of Divinópolis, in Minas Gerais state. The aim is to detect and assess changes in the training of health professionals by observing what happens in this city and to characterize the training of health professionals in the light of relevant legislation and with an emphasis on policy and public health programs proposed by the National Curriculum Guidelines for health courses. Problems with the disciplinary actions and principles, guidelines and concepts related to the National Health System are among the main difficulties reported by the interviewees. It is a scientific article that intends to contribute to the already produced knowledge and to provide support to the discussions that coordinators, teachers, and students wanted to have about the necessary updating of the knowledge and practices of nursing and nutrition professionals, according to the new model of health development in Brazil.
  • Surveillance in occupational health: steps toward a pedagogy Artigos

    Vasconcellos, Luiz Carlos Fadel de; Almeida, Carmen Verônica Barbosa de; Guedes, Dimitri Taurino

    Abstract in Portuguese:

    A Vigilância em Saúde do Trabalhador (Visat) compõe um conjunto de práticas legalmente inscritas no Sistema Único de Saúde (SUS) e recomendadas pelas diretrizes políticas que tratam das relações saúde-trabalho no Brasil. Entretanto, a Visat ainda é inusual e, quando existe, depende de atitudes voluntaristas de alguns profissionais no nível dos serviços. Afora a omissão gerencial do sistema de saúde para a sua implementação, uma das razões para que isso ocorra é a falta de capacitação técnica de agentes públicos para efetuá-la. O artigo trata de uma proposta metodológica para a capacitação em Vigilância em Saúde do Trabalhador, a partir de experiências desenvolvidas há alguns anos, no campo de ensino em serviço. Para isso, são discutidas as bases teórico-conceituais que norteiam a construção do campo da saúde do trabalhador e a pedagogia problematizadora utilizada no processo de educação permanente do SUS.

    Abstract in English:

    Surveillance in Occupational Health (Visat) comprises a set of practices legally entered in the National Health System (SUS) and recommended by the policy guidelines that address the health-work relations in Brazil. However, the Visat is still uncommon and, when available, depends on proactive attitudes of some professionals at the service level. Aside from the failure of the management of the health system to implement Visat, another reason it is not implemented is the lack of technical capacity of public officials. The article presents a methodological proposal for the training of Surveillance in Occupational Health using experiences developed some years ago in the field of education in services. We discuss the theoretical and conceptual foundations that guide the development of the field of occupational health and the problem-based pedagogy used in the process of continuous education of the SUS.
  • Qualification of community health agents: an instrument for social inclusion Artigos

    Melo, Marilene Barros de; Brant, Luiz Carlos; Oliveira, Lucas Azevedo de; Santos, Alessandra Patrícia de Souza

    Abstract in Portuguese:

    A prática do agente comunitário de saúde (ACS) se estabelece como profissão na esfera do Sistema Único de Saúde (SUS) em 2002. Suas atividades contribuem para o diagnóstico demográfico de comunidades; promoção de ações educativas; participação da população nas políticas públicas e visitas domiciliares. A formação é de responsabilidade das escolas técnicas e centros formadores de recursos humanos do SUS. Essa investigação busca identificar, analisar e compreender as transformações operadas na vida dos ACS a partir de sua inserção no Programa de Qualificação e Desenvolvimento Profissional e do seu exercício profissional. Metodologicamente, constitui-se como estudo qualitativo, utilizando grupo focal. Para análise dos dados, empregou-se a técnica de Análise de Conteúdo. Constatou-se que o programa favorece a consolidação de políticas de atenção à saúde e contribui para a construção coletiva do conhecimento. O Ministério da Saúde, ao profissionalizar as ações do ACS, legitima um saber favorecedor de sua inserção nos serviços de saúde e aumenta a governabilidade local. Para os ACS, a formação propicia a superação de limites impostos pelas práticas tradicionais e demarca a produção do saber. O ACS se reconhece como um sujeito de ação, e a formação constitui meio de acesso à profissionalização e de mobilidade social.

    Abstract in English:

    The work of community health agents (CHA) was established as a profession in the sphere of the National Health System (SUS) in 2002. Its activities contribute to the demographic diagnosis of communities, the promotion of educational activities, the participation of the population in public policy, and home visits. Training is the responsibility of technical schools and human resources education centers of the SUS. This research seeks to identify, analyze and understand the changes in the life of the CHA since the agent's insertion in the Qualification and Professional Development Program and of his/ her professional practice. Methodologically, this is a qualitative study that uses focus groups. For data analysis, we used the technique of content analysis. It was found that the Program favors the consolidation of attention to health policies and contributes to the collective construction of knowledge. The Ministry of Health, by professionalizing the practice of the CHA, legitimizes the CHA´s knowledge supporting their inclusion in health services and increasing the local governance. For the CHA, training contributes to the overcoming of limits imposed by traditional practices and marks the production of knowledge. The ACS recognizes itself as a subject of action, and that training is a means of access to professionalization and social mobility.
  • Multiprofessional residency in healthcare and postgraduate education in Brazil: historical remarks Artigos

    Rosa, Soraya Diniz; Lopes, Roseli Esquerdo

    Abstract in Portuguese:

    Trata-se da discussão da educação superior brasileira, tomando-se como parâmetro a especialização no conjunto da pós-graduação, a partir da análise do Programa da Residência Multiprofissional em Saúde, reconhecido como pós-graduação lato sensu. Utilizou-se a pesquisa histórica e documental como instrumento para análise dos problemas enfrentados no modelo de formação proposto no referido programa e apresentado pelos ministérios da Educação e da Saúde como base para a consolidação da política nacional de educação em saúde. Os resultados alcançados nos permitem afirmar a importância da pós-graduação lato sensu no âmbito da educação em saúde. Contudo, sua oferta descontínua e, na maioria dos casos, não acadêmica, tem caracterizado um modelo limitado pela lógica mercantil, evidenciando a falta de políticas públicas que assegurem a devida qualificação profissional. A Residência Multiprofissional em Saúde pretende ser uma nova estratégia para políticas de educação permanente que, enfocando categorias profissionais não médicas da área, favoreça a produção das condições necessárias para mudanças no modelo médico-assistencial restritivo, ainda hegemônico, de atenção em saúde. Resta saber se essa interferência no modelo educacional vai contribuir para uma melhor ação profissional ou se restringe à estruturação da rede de serviços públicos, através da oferta de um campo de trabalho precarizado.

    Abstract in English:

    This is a discussion about Brazilian higher education, using as a parameter specialization courses in the postgraduate program based on the analysis of the Programa da Residência Multiprofissional em Saúde [Multidisciplinary Residency Program in Health-care], known as a postgraduate program. We used historical and documental research as a tool for analysis of the problems faced in the training model proposed in the Program and presented by the ministries of Education and Health as the basis for the consolidation of the national policy of health education. Our results show the importance of the postgraduate program in healthcare education. However, it's irregular offering and, in most cases, not academic, has characterized a limited model from a commercial perspective, highlighting the lack of public policies that ensure proper qualification. A Multidisciplinary Residency in Health-care aims to be a new strategy for policies of permanent education that by focusing on non-medical professional groups from the area, promotes the production of the necessary conditions for changes in the still hegemonic restrictive medical care model, of attention in healthcare. The question is whether the interference in the educational model will contribute to better professionals in the area or if it limits the structure of the network of public services by offering a field of precarious work.
  • Discrimination, incentives, and obstacles in the professional field of medicine: a vision of gender and generations Artigos

    Santos, Tânia Steren dos

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda, de forma comparativa, a realidade objetiva e representações de homens e mulheres sobre seu trabalho na medicina e as interfaces com a esfera doméstica. São analisados discriminações, estímulos e obstáculos para a carreira profissional, na perspectiva de gênero e gerações. Os dados foram coletados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), integrando técnicas quantitativas e qualitativas. Os resultados indicam que, para explicar os fatores de estímulo para a carreira, as mulheres parecem voltar-se mais para elementos da vida privada enquanto os homens enfatizam mais alguns fatores externos. Ambos salientam a importância de ter um 'modelo' de profissional tomado como ideal para o exercício profissional e um ambiente acadêmico positivo, com apoio institucional e bom relacionamento com os colegas de trabalho. Entre os obstáculos: excesso de trabalho, falta de tempo e dificuldades financeiras, observando-se diferenciações de gênero quanto à vida familiar e problemas pessoais. Foram salientadas as 'vantagens comparativas' das mulheres no desempenho das suas atividades. Este estudo pode contribuir para a implementação de ações positivas para a melhoria das condições do trabalho profissional e da equidade de gênero, tanto na esfera pública quanto na privada.

    Abstract in English:

    This article discusses, in a comparative way, the objective reality and representations of men and women concerning their work in medicine and the interfaces with the domestic sphere. Discrimination, incentives, and obstacles in careers are analyzed from the perspective of gender and generations. Data was collected at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), integrating quantitative and qualitative techniques. The results indicate that in order to explain career incentive factors, women seem to give more importance to private life elements while men put more emphasis on external factors. Both stress the importance of having a 'model' professional as ideal for professional practice and a positive academic environment with institutional support and good relationships with coworkers. Among the obstacles are overwork, lack of time, and financial difficulties, observing that there are differences of gender in regards to family life and personal problems. Women's 'comparative advantages' were highlighted in carrying out their activities. This study may contribute to the implementation of positive actions to improve the conditions of work life and gender equity, in both the public and private spheres.
  • Intergovernmental relations and sanitation policy in Argentina during the 2001-3 crisis

    Chiara, Magdalena

    Abstract in Spanish:

    El trabajo analiza los efectos de la crisis argentina 2001/3, concebida como resultado de un conjunto de 'insuficiencias acumuladas' que se engarzan entre la economía y la política, en la política sanitaria. A diferencia de lo que sucedía en otros sectores, su expresión en el campo de la salud aparece más vinculada a las demandas de los responsables por la gestión de los servicios que a la acción colectiva. La particularidad de tratarse de una agenda 'mediatizada' por distintos actores responsables del gobierno y la gestión del sector exige poner el foco en la trama de las relaciones intergubernamentales resultante de la organización institucional argentina. Este trabajo busca comprender cómo el desafío de la recomposición de la legitimidad estatal frente a la crisis afectó el posicionamiento de los actores gubernamentales en la matriz institucional a partir de la cual se procesa la cuestión sanitaria en Argentina, desde la reconstrucción de las dinámicas y lógicas que convivieron en uno de sus espacios de coordinación intergubernamental: El Consejo Federal de Salud (Cofesa). Desde esta perspectiva y focalizando el análisis en un ejemplo paradigmático como fue el financiamiento de los medicamentos, el Cofesa fue caja de resonancia de estos procesos, conviviendo allí distintas lógicas, algunas generales y otras particulares, del sector salud.

    Abstract in English:

    The present work analyzes the effects of the 2001-3 crisis in Argentina - considered as a result of a set "accumulated insufficiencies" that got entangled in between economy and politics - in the country's sanitation policy. Differently from what was occurring in other sectors, the expression of the crisis in the health sector was more linked to the demands of people responsible for health services management than to collective actions. Both the peculiarity of being an agenda "mediatized" by distinct governmental actors and the health sector management demand focusing on the intergovernmental relations plot resulting from Argentina's institutional organization. The present work aims at understanding how the challenge of rebuilding State legitimacy during the crisis affected the governmental actors position within the institutional framework where Argentina's sanitation issues are dealt with, beginning with the reconstruction of dynamic and logical processes that coexisted in one intergovernmental coordination area: the Federal Health Council (Cofesa, in Spanish). From such perspective and focusing the analysis on a paradigmatic example such as financing of drugs, Cofesa became a touchstone of such processes, where distinct logics of the health sector, some general and some particular, coexist.
  • Quality of work life in a setting of precariousness: a delusional panacea Debate

    Padilha, Valquíria

    Abstract in Portuguese:

    Este texto analisa os fatores de precarização do trabalho em relação com a qualidade de vida do trabalhador. Desenvolve uma linha de raciocínio crítico que começa entendendo os contornos do trabalho precário na ordem do capital, passa pela compreensão do que é Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) para chegar à análise dos desafios encontrados hoje pelos trabalhadores em relação às possibilidades de viver tanto o trabalho quanto a vida cheios de sentido, em direção a um projeto de emancipação humana. A ideia principal defendida é a de que políticas de QVT adotadas em empresas podem aliviar momentaneamente alguns sintomas, mas não ferem as causas estruturais dos problemas. A humanização da gestão da força de trabalho pode ser uma encenação necessária no interior das organizações, mas não deve ser vista como solução para os males do trabalho.

    Abstract in English:

    This paper analyzes the factors of the precariousness of work in relation to the quality of life of the worker. It develops a critical line of reasoning that begins by understanding the contours of precarious work in capital order, and then the understanding of what Quality of Work Life (QWL) is and finally, an analysis of the challenges faced by workers today in relation to the possibilities of finding meaning in both life and work, which leads towards a project of human emancipation. The main idea put forward is that the QWL policies adopted by companies can temporarily relieve some symptoms, but do not reach the structural causes of the problems. The humanization of the management of the workforce may be a necessary scene within organizations, but should not be seen as a solution for work troubles.
  • Quality of life of/at work: a political and polysemic concept Debate

    Lacaz, Francisco Antonio de Castro

    Abstract in Portuguese:

    Neste texto objetiva-se chamar atenção para a historicidade e a polissemia do conceito de Qualidade de Vida n(d)o trabalho (QVT) ou, melhor dizendo, Qualidade do Trabalho (QT) e seu caráter político, na medida em que envolve interesses de classe contraditórios; na perspectiva de colocá-lo num patamar de discussão que questiona a abordagem 'clínica' comumente adotada pelo capital e que coloca como principal estratégia a mudança de 'hábitos' dos indivíduos. Assim, desloca-se a discussão para a categoria 'controle' sobre os processos de trabalho, na perspectiva dos coletivos de trabalhadores, o que permite articular o conceito à noção de que atingir a QVT envolve um embate político que é dado pela correlação de forças capital-trabalho, em sociedades concretas. Neste sentido, mesmo que se considere incompatível pensar em QVT numa realidade de precariedade do trabalho (e de direitos), advoga-se que a introdução no debate de um outro 'olhar' sobre a questão, o qual também tem um forte caráter político, contra-hegemônico, pode contribuir para o enfrentamento do 'discurso único' e da prática a ele acoplada, as quais são defendidas como sendo 'o' modelo de abordagem da QVT por parte das empresas e dos intelectuais da própria academia que as assessoram.

    Abstract in English:

    In this paper we aim to draw attention to the historicity and the polysemy of the concept of Quality of Life at (of) work (QWL), or rather, Quality of Work (QW) and its political nature, as it involves contradictory class interests, with the idea of placing it at a level of discussion that questions the 'clinical' approach commonly adopted by capital and that designates individuals´ change of' habits as the main strategy. Thus, the discussion shifts to the category 'control' over the work processes in the point of view of workers' collectives allowing a relation between the concept and the notion that achieving QWL involves a political struggle that is originates from the correlation of the capital-labor strengths in concrete societies. In this sense, even if it is deemed incompatible to think of QWL as a reality of precarious work (and rights), this article advocates that the introduction of another 'vision' concerning this issue, which also has a strong political and counter-hegemonic character, can contribute to addressing the 'speech' and the skills that come along with it, the ones which are defended as being 'the' model approach of QWL by businesses and the intellectuals from the academy that advise them.
  • Quality of work life: control and concealment of worker discontent Debate

    Araújo, José Newton Garcia de

    Abstract in Portuguese:

    Este texto tenta fazer eco à desconstrução dos programas de QVT, na ótica do artigo da professora Valquíria Padilha. O ponto de partida são as considerações de Castoriadis (1997), relativas à 'racionalidade' do capitalismo que, fundada na conformidade entre meios e fins, não se interroga sobre a própria racionalidade desses fins, supostamente inquestionáveis. Relembra-se também aqui a atualidade das análises de Marx sobre o modo de produção capitalista e seu sistema de trocas, fundado na mais-valia e que faz da alienação a essência do trabalho. Tal modo de produção continua sendo uma fonte permanente de acidentes, doenças e mortes no trabalho, fazendo milhões de vítimas, anualmente, em todo o planeta. As relações entre capital e trabalho se traduzem em um conflito inconciliável, que os ideólogos da gestão de recursos humanos tentam, no entanto, 'desconhecer' ou ocultar. As sucessivas inovações tecnológicas estão orientadas, segundo Castoriadis, para a redução e posterior eliminação do homem, nos processos de produção, embora isso só seja parcialmente possível. Assim sendo, a 'racionalidade' da gestão dos recursos humanos deve recorrer a sucessivas estratégias de manipulação-sedução do trabalhador, através dos recorrentes modismos gerenciais, entre os quais se inserem os programas de QVT.

    Abstract in English:

    This text tries to echo the deconstruction of the programs of Quality of work life (QWL), from the perspective of the article by Valkyrie Padilha. We start with Castoriadis' (1997) considerations on the 'rationality' of capitalism which, based on the conformity between means and ends, does not question itself about the very rationale of these supposedly unquestionable ends. It also highlights the currentness of Marx's analyses on the capitalist mode of production and its exchange system, based on surplus value and that turns alienation into the essence of work. This mode of production remains a constant source of accidents, illnesses and deaths at work, resulting in millions of victims each year across the globe. Relations between capital and labor are revealed as an irreconcilable conflict, however, the ideologists of the human resource management attempt to 'ignore' or hide it. Successive technological innovations are targeted, according to Castoriadis, towards the reduction and eventually the elimination of man, in the processes of production, although this is only partially possible. Thus, the 'rationality' of human resources management must resort to successive strategies of manipulation-seduction of the worker, through the recurring management fads, including QWL programs.
  • Life, health and work: a discussion about quality of work life in a scenario of precariousness Debate

    Athayde, Milton; Brito, Jussara

    Abstract in Portuguese:

    Com este artigo, pretendemos dialogar com o texto elaborado por Padilha, base para o debate neste número da revista, tendo como desafio discutir algumas das questões que emergem do artigo em foco. Neste mesmo movimento, aproveitamos para assinalar algumas de nossas posições a respeito. Iniciamos colocando em pauta a urgência de uma perspectiva crítica e afirmativa da potência da vida frente aos impedimentos e constrangimentos tão frequentes e poderosos (como o processo de precarização do trabalho em curso), tema de nosso segundo tópico. Concluindo o diálogo, colocamos sinteticamente em foco o processo de emergência da questão da 'Qualidade de Vida' e posteriormente a da chamada 'Qualidade de Vida no Trabalho', concluindo por discutir do que se trata.

    Abstract in English:

    With this article, we intend to discuss the text written by Padilha, a basis for debate on this issue of the magazine, and embrace the challenge of discussing some of the issues that emerge from the referred article. In this same movement we took the opportunity to point out some of our positions on the issue. We began by prioritizing the urgent need for a critical and affirmative perspective of the power of life in relation to the very frequent and powerful impediments and constraints (such as the process of turning the work in progress precarious), the subject of our second topic. To conclude the discussion, we briefly focus on the process of emergence of the issue of 'Quality of Life' and then the so-called 'Quality of Work Life' (QWL), and finally discussing what it is.
  • Quality of life versus living conditions: a disassociated binomial Debate

    Scopinho, Rosemeire Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, defendo que as políticas de promoção da qualidade de vida no trabalho atualmente adotadas pelas empresas podem servir como um paliativo para aliviar os sintomas provocados pela intensificação do trabalho, mas não logram resolver as causas estruturais dos problemas enfrentados pelos trabalhadores. Reforço esta idéia argumentando que a necessidade de 'humanizar' o trabalho tem tradição na preocupação gerencial e, reafirmando a polissemia, a não materialidade e a relatividade do conceito de 'qualidade de vida no trabalho', demonstro que ele é um modismo gerencial que assume sentidos distintos nas representações de gestores e de trabalhadores e que, atualmente, o trabalho não oferece condições para que os trabalhadores realizem o processo de adaptação biopsicossocial necessário para garantir a vida. Defendo a adoção da noção de 'condições de vida' porque ela remete ao controle dos trabalhadores sobre as relações e condições de trabalho como uma possibilidade, o que requer entender o processo de produção de conhecimento sobre o trabalho como representações socialmente construídas e partilhadas.

    Abstract in English:

    In this paper, I argue that policies to promote quality of life at work currently adopted by enterprises can serve as a stopgap measure to relieve symptoms caused by the intensification of work, but failed to address the structural causes of the problems faced by workers. I reinforce this idea by arguing that the need to "humanize" work has a tradition of managerial concern. I demonstrate by reaffirming polysemy, the non-materiality and the relativity of the concept of 'quality of work life', that the latter is a management fad that has different meanings in managers and workers representations and that work currently does not provide conditions for workers to carry out the process of biopsychosocial adaptation necessary to guarantee life. I support the adoption of the concept of 'living conditions' because it refers to workers' control over working relations and working conditions as a possibility, which requires the understanding of the process of work knowledge production as socially constructed and shared representations.
  • Technical training of community health agents: challenges and achievements of the Technical School of Health of Tocantins Relato

    Silva, Clemilson Antonio da; Rocha, Iolanda Querido; Siqueira, Márcia Cristina Godoy; Modesto, Maria do Socorro Andrade; Silva, Fernanda Pereira da; Costa, Ana Maria Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Este relato versa sobre a experiência da Escola Técnica de Saúde do Tocantins no processo educativo de formação técnica dos agentes comunitários de saúde. Trata-se aqui de apresentar como esses agentes foram capacitados para atuar junto à equipe multiprofissional de saúde em uma perspectiva profissional transformadora da realidade, crítica, reflexiva e ética, destacando-se o desenvolvimento das ações de integração social, promoção da saúde e prevenção de agravos na família e na comunidade. A formação técnica do agente comunitário de saúde incluiu três módulos, totalizando uma carga horária de 1.200 horas. No primeiro módulo, foram contemplados temas como a contextualização, aproximação e dimensionamento do perfil profissional do agente; no segundo, a promoção da saúde e a prevenção de doenças dirigidas a grupos específicos e doenças prevalentes; e no terceiro, a promoção, a prevenção e o monitoramento das situações em Vigilância em Saúde. Para esta formação, a Escola Técnica de Saúde do Tocantins optou pela descentralização das salas de aula (69 turmas) em 18 polos formativos, atendendo a demanda dos 139 municípios do estado, facilitando a participação dos 2.219 alunos-servidores que concluíram o itinerário completo da formação.

    Abstract in English:

    This report deals with the experience of the Technical School of Health of Tocantins in the educational process of technical training of community health agents. It presents how these agents were trained to work with the multidisciplinary health care team in a critical, reflective, and ethical reality changing professional approach. The report also highlights the development of actions of social integration, health promotion and the prevention of disorders in the family and community. Technical training of community health agents includes three modules, with a total workload of 1,200 hours. In the first module issues such as background, approach and design of the professional profile of the agent were contemplated; in the second, health promotion and disease prevention targeted at specific groups and prevalent diseases, and in the third, the promotion, prevention and monitoring of situations of Health Surveillance. The Technical School of Health of Tocantins opted for the decentralization of classrooms (69 classes) in 18 training poles, meeting the demand of the 139 municipalities in the state, facilitating the participation of 2,219 students/civil servants who have completed the entire training curriculum.
  • Entrevista: Hugh Lacey Entrevista

  • A crise estrutural do capital Resenhas

    Maranhão, Cézar Henrique
  • Territórios e identidades: questões e olhares contemporâneos Resenhas

    Gondim, Grácia Maria de Miranda
Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Avenida Brasil, 4.365, 21040-360 Rio de Janeiro, RJ Brasil, Tel.: (55 21) 3865-9850/9853, Fax: (55 21) 2560-8279 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revtes@fiocruz.br