Trabalho, Educação e Saúde, Volume: 9, Issue: 1, Published: 2011
  • Untitled document Editorial

    Fonseca, Angélica Ferreira; Martins,; Pereira, Isabel Brasil
  • A formação clínica e a produção do cuidado em saúde e na enfermagem Ensaio

    Vieira, Alcivan Nunes; Silveira, Lia Carneiro; Franco, Túlio Batista

    Abstract in Portuguese:

    Este ensaio propõe uma discussão sobre a clínica na prática e na formação acadêmica da enfermagem com base em referenciais teórico-conceituais situados no campo da filosofia, tendo como pistas as relações de poder, saber e subjetividade presentes no encontro entre os sujeitos implicados com a produção do cuidado em saúde e com a formação acadêmica. A clínica na enfermagem foi impregnada pelo referencial biomédico, o que lhe conferiu alguns atributos que condicionaram sua prática: a pretensa neutralidade nas relações entre quem cuida e quem é cuidado, bem como a objetificação dos sujeitos, dos problemas e das necessidades de saúde que limita o olhar e as possíveis intervenções elaboradas no sentido de atendê-las. Nesta perspectiva, estas se pautam na compreensão da doença apenas em sua dimensão orgânica. Encontramos na filosofia espinosista a clínica como um encontro potencializador dos sujeitos, espaço de recriação e ressignificação da vida. Em Epicuro, esse encontro produz também desvios, movimentos aversos a estaticidade e apatia. Partindo dessas concepções, entendemos que a reconstrução da prática clínica no trabalho do enfermeiro passa necessariamente pela reconstrução das relações entre os sujeitos envolvidos na formação e pela produção de dispositivos mobilizadores de subjetividades

    Abstract in English:

    This essay proposes a discussion on the practice and academic training in nursing based on theoretical and conceptual references in the field of philosophy, taking as cues the relationships of power, knowledge, and subjectivity in the meeting between the subjects involved with the production of health care and academic education. The nursing practice was impregnated by biomedical references, which conferred it a few attributes that have imposed limitations on it: the supposed neutrality in the relationships between those who provide care and those who are cared for, the problems and needs in health that limit the analysis and possible interventions developed in order to meet them. From this perspective, they are guided in seeking to understand disease only in its organic dimension. In Spinoza's philosophy, the clinical practice is a place that potentializes the subjects, a space to recreate and give new meaning to life. In Epicurus, this place also produces deviations, movements that are averse to changelessness and apathy. Based on these conceptions, we argue that the reconstruction of the clinical practice in nursing work should observe the reconstruction of the relationships among the individuals involved in the training and the production of devices that set subjectivities into motion
  • Grupos de educação em saúde: aprendizagem permanente com pessoas soropositivas para o HIV Artigos

    Pereira, Audrey Vidal; Vieira, Ana Luiza Stiebler; Amâncio Filho, Antenor

    Abstract in Portuguese:

    Atualmente a epidemia de HIV/Aids está disseminada em todo o país e no mundo, infectando milhares de pessoas nos diferentes ciclos da vida. Deste modo, estratégias de prevenção, tanto individuais quanto coletivas, permanecem imprescindíveis para reduzir e controlar as taxas de transmissão. O objetivo do artigo é analisar as percepções dos profissionais de saúde sobre as práticas de educação em saúde realizadas por meio de ações coletivas com pessoas soropositivas para o HIV. Este estudo qualitativo de abordagem descritiva foi desenvolvido com profissionais de saúde em cinco instituições do município de Niterói, Rio de Janeiro. Foram utilizados a técnica de entrevistas semiestruturadas e o método de análise de conteúdo. A educação em saúde é vista pelos profissionais como modos de ensino e aprendizado, repasse de informações, troca de ideias e experiências, bem como crescimento mútuo, processo reflexivo e participativo, que contribui para minimizar sofrimentos, trabalhar expectativas e emoções, além de promover cidadania e qualidade de vida. As ações de educação em saúde possibilitariam recriar momentos participativos, interativos, cooperativos e inclusivos; suscitar desdobramentos socioafetivos e compromissos sociopolíticos; aproximar e humanizar as relações interpessoais; garantir acesso às medidas de prevenção, bem como auxiliar a produção de cuidados integrais capazes de promover saúde

    Abstract in English:

    The HIV/AIDS epidemic is widespread throughout the country and the world, having infected thousands of people in different life cycles. Thus, prevention strategies, both individual and collective, remain essential to reduce and control transmission rates. The purpose of this article is to analyze the health professionals' perceptions about health education practices carried out via collective actions among HIV-positive people. This qualitative study, which uses a descriptive approach, was developed alongside health professionals from five institutions in the city of Niterói, Rio de Janeiro. We used the semistructured interview technique and the content analysis method. The professionals view health education not only as a way to teach and learn, transfer information, exchange ideas and experiences, but also as a tool mutual growth, a reflective and participatory process that helps minimize suffering, to work on expectations and emotions, and to foster citizenship and quality of life. Health education actions enable the recreation of participatory, interactive, cooperative, and inclusive moments; they lead to social and affective development and to socio-political commitments; they draw people closer and humanize interpersonal relationships; they ensure access to prevention, and help produce comprehensive care that can promote health
  • Avaliação de ações educativas sobre consumo de drogas e juventude: a práxis no trabalho e na vida Artigos

    Soares, Cássia Baldini; Campos, Célia Maria Sivalli; Berto, Juliana Sette; Pereira, Érica Gomes

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é analisar como conhecimentos sobre consumo de drogas e juventude foram incorporados às práticas sociais de participantes de oficinas para debate, sensibilização e instrumentalização de trabalhadores de instituições sociais, ocorridas há três anos. Foram realizadas 13 entrevistas, utilizando-se roteiro com questões sobre: temas discutidos e estratégias utilizadas, contribuição para o desenvolvimento pessoal e profissional, análise de situações-problema. Os resultados indicaram que os participantes desenvolvem práticas no trabalho e na vida caracterizadas por compreender a rede de causalidade imbricada no consumo de drogas, que envolve reflexões sobre mercadorização da droga, problemas decorrentes da criminalização e do mercado de trabalho. Foram também discutidos valores contemporâneos e dificuldades da família e da escola na socialização dos jovens. Nessa direção, observam-se cuidados para compor discursos que não culpabilizem os usuários. Preferir-se-ia uma atitude de compreensão e diálogo diante das situações-problema colocadas. Embora haja discursos que oscilem, entre formas hegemônicas e críticas de apreensão do problema, é possível perceber que a compreensão mais geral remete ao complexo sistema de produção, consumo e distribuição de psicoativos e à busca de soluções sociais ampliadas. As práticas sociais desenvolvidas, no entanto, evidenciaram ausência de políticas públicas para o enfrentamento do problema

    Abstract in English:

    The aim of this article is to analyze how knowledge about drug abuse and youth has been incorporated into the social practices of workshop participants to drive discussion and awareness, and how they have become tools for workers in social institutions over the past three years. Thirteen interviews were carried out based on a script with questions on: topics discussed and strategies used, contributions for personal and professional development, and problem situation analyses. The results show that the participants develop practices at work and in life that are characterized by their understanding of the intertwined network of causality in drug abuse, which involves reflections on drug commodification, problems arising from the criminalization and from the labor market. Contemporary values and difficulties both family and school have come up against in the socialization process of young people were also addressed. In this sense, care was seen in composing discourses that do not blame the users. Preference is given to an attitude of understanding and dialogue in the face of the problem situations posed. Although discourses oscillate, between the hegemonic and critical forms of capturing the problem, one can see that the more general understanding refers to the complex system of psychoactive drug production, consumption, and distribution and to the search for enhanced social solutions for the issue. The social practices that are developed, however, showed the absence of public policies to face the matter
  • Articulação ensino-serviço e vigilância da saúde: a percepção de trabalhadores de saúde de um distrito escola Artigos

    Pereira, Juliana Guisardi; Fracolli, Lislaine Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Para ser colocada em prática, a Vigilância da Saúde necessita que os trabalhadores de saúde estejam preparados para operacionalizá-la. O objetivo deste artigo é descrever a percepção de profissionais de saúde sobre as contribuições da articulação ensino-serviço para a implantação da Vigilância da Saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada no Distrito de Saúde Escola Butantã, no município de São Paulo. Foram sujeitos da pesquisa médicos e enfermeiros que atuavam nas unidades de saúde da região. Os dados foram coletados mediante entrevistas e analisados segundo a técnica do discurso do sujeito coletivo. Os resultados mostraram que, segundo os profissionais de saúde, a articulação ensino-serviço se efetiva pela supervisão dos alunos de graduação em Medicina e Enfermagem, no cotidiano das unidades de saúde. Para os profissionais de saúde, a contribuição da articulação ensino-serviço para a Vigilância da Saúde é pequena e se resume às atividades curriculares dos alunos. Falta um projeto político do município para a Vigilância da Saúde, e a academia poderia contribuir na sua elaboração. Conclui-se que, para a mudança das práticas assistenciais, é importante a construção em parceria, entre gestores, trabalhadores, docentes e alunos, de um projeto político-pedagógico

    Abstract in English:

    To be put into practice, Health Surveillance needs health workers to be prepared in order to operationalize it. The purpose of this article is to describe the perception health professionals have on the contributions of the teaching-service integration for the deployment of Health Surveillance. This is a qualitative study conducted in the Butantã School Health District, in the municipality of São Paulo. Research subjects were physicians and nurses working for health facilities located in the region. Data was collected through interviews and analyzed pursuant to the collective subject discourse technique. The results showed that, according to the health professionals, the teaching-service integration is carried out through the supervision of undergraduate medical and nursing students in routine health facility activities. To the health professionals, the contribution made by the teaching-service integration for Health Surveillance is small and boils down to the students' curricular activities. There is a need for a municipal political project for Health Surveillance, and the academy could assist in its preparation. The conclusion is that in order for there to be change in the care practices, it is important to build a political-pedagogical project in partnership with managers, workers, teachers, and students
  • Problematização como método ativo de ensino-aprendizagem: estudantes de farmácia em cenários de prática Artigos

    Silva, Rinaldo Henrique Aguilar da; Miguel, Soraida Sozzi; Teixeira, Luciana Scapin

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho é realizar uma reflexão sobre a implantação de metodologia ativa de ensino-aprendizagem da problematização nos cenários de prática da graduação em Farmácia. A problematização vem sendo utilizada como estratégia de ensino visando à formação de profissionais mais críticos, reflexivos, capazes de trabalhar em equipe e de aprender juntos. O farmacêutico com esse perfil é capaz de atuar no Sistema Único de Saúde (SUS) articulado com o contexto social, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, conforme preconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais. Para isso, foram analisados qualitativamente os instrumentos de avaliação preenchidos pelos estudantes que destacaram as principais fragilidades e fortalezas do processo. Foi possível analisar os seguintes aspectos: cenários de prática; orientação discente; reorientação da formação e assistência. Conclui-se que, apesar dos grandes desafios ainda existentes, incluindo a inadequada capacitação dos docentes, esse modelo de educação está em consonância com o objetivo proposto

    Abstract in English:

    The purpose of this study was to reflect on the deployment of an active teaching and learning methodology in practical settings in undergraduate Pharmacy studies. Problematization has been used as a teaching strategy aimed at training more critical, reflective professionals capable of working and learning together. A pharmacist with this profile is capable of working in the Single National Health System (SUS) integrated with the social context and contributing to improving people's quality of life, as advocated by the National Curriculum Guidelines. For this, the assessment tools provided by the students were analyzed qualitatively, and the main weaknesses and strengths of the process were highlighted. It was possible to analyze the following aspects: practical settings, student orientation, retraining, and assistance. We conclude that, despite the fact that major challenges still remain, including inadequate teacher training, this educational model is consistent with the proposed goal
  • Avaliação para melhoria da qualidade da estratégia saúde da família e a qualificação profissional Artigos

    Silva, José Mendes da; Caldeira, Antônio Prates

    Abstract in Portuguese:

    A proposta Avaliação para Melhoria da Qualidade da Estratégia Saúde da Família (AMQ) foi desenvolvida para oferecer, aos gestores municipais, ferramentas de avaliação e gestão da qualidade da Estratégia Saúde da Família (ESF). No presente estudo, apresenta-se uma perspectiva de avaliação mediante a AMQ, focada na percepção dos profissionais de saúde. Foram realizadas entrevistas com os profissionais de nível superior das três categorias mais envolvidas com a ESF, utilizando-se os instrumentos da AMQ referentes à avaliação de equipes, as quais foram comparadas em relação à qualificação profissional e ao tempo de implantação. As médias dos escores das equipes foram comparadas pelo teste 't' de Student, assumindo-se um nível de significância de 5%. Registrou-se uma percepção positiva das equipes, exceto para as subdimensões 'participação comunitária e controle social' e 'saúde do adolescente'. Equipes qualificadas mediante residência na área de saúde da família mostraram melhor desempenho. Os autores recomendam a ampla utilização do instrumento como forma de divulgação e consolidação da proposta de avaliação e monitoramento da qualidade na ESF e reforçam o papel da residência como medida privilegiada para a qualificação dos profissionais de saúde na atenção primária

    Abstract in English:

    The proposed Assessment for Quality Improvement in the Family Health Strategy (AQI) was created to offer municipal managers Family Health Strategy (FHS) assessment and quality management tools. This study presents an assessment perspective, via the AQI, that is focused on the health professionals' perceptions. Interviews were conducted with the top-level professionals from the three groups that are most involved with the FHS using the team assessment AQI tools to assess the teams, which were compared with regard to their professional qualifications and time of deployment. The teams' mean scores were compared using Student's 't' test, assuming a level of significance of 5%. A positive perception was noticed among the teams, except in the 'community participation and social control' and 'adolescent health' sub-dimensions. Teams qualified via residences in the family health area performed better. The authors recommend the wider use of this instrument as a means to disseminate and consolidate the proposed FHS quality assessment and monitoring and to underpin the role played by residence as a measure of choice to qualify health professionals in primary care
  • Lei n.º 11.889/2008: avanço ou retrocesso nas competências do técnico em saúde bucal? Artigos

    Frazão, Paulo; Narvai, Paulo Capel

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi analisar as competências que, desde a aprovação da lei n.º 11.889/08, incumbem ao técnico em saúde bucal (TSB) no Brasil, incluindo os termos definidos para sua supervisão. Foi realizada análise documental, comparando-se as competências definidas no referido instrumento legal com as previstas no parecer n.º 460/75 do Conselho Federal de Educação e na resolução n.º 63/2005 do Conselho Federal de Odontologia. Foram empregadas técnicas de análise temática considerando-se as habilidades em termos de ações diretas e indiretas distribuídas em quatro áreas de competência: planejamento e administração em saúde, promoção da saúde, prevenção de doenças e de assistência individual. Embora as competências aprovadas na lei tenham sido distribuídas em um número menor de itens, comparado aos dois outros documentos, do ponto de vista qualitativo, os resultados da análise permitiram concluir que vários avanços foram obtidos com a regulamentação da profissão, nos termos aprovados, em todas as áreas de competência. Houve impacto positivo para o processo de trabalho em saúde, tanto com relação à cooperação interprofissional quanto à supervisão técnica das atividades, representando uma conquista relevante dos trabalhadores da área e também uma contribuição significativa para avançar na ampliação do acesso aos serviços odontológicos

    Abstract in English:

    This study aimed to analyze the skills that have been attributed to oral health technicians (TSB) in Brazil since the enactment of Act 11,889/08, including the terms set forth for their supervision. Documentary analysis was performed comparing the skills set out in mentioned instrument with those called for in legal opinion No. 460/75, issued by the Federal Council of Education, and under Federal Council of Dentistry Resolution No. 63/2005. Thematic analysis techniques were employed considering the skills in terms of direct and indirect actions distributed in four ability areas: health planning and administration, health promotion, disease prevention, and individual care. Although the powers approved under the act have been distributed to a smaller amount of items, compared to the two other documents, from the qualitative point of view, the results of the analysis showed that considerable progress was made with the regulation of the profession, under the approved terms, in all areas of competence. There was a positive impact on the health work process, both regarding inter-professional cooperation and insofar as the supervision of technical activities is concerned. This represents an important victory for those who work in the area and a significant contribution to driving the enhancement of access to dental services
  • Humanização na produção do cuidado à criança hospitalizada: concepção da equipe de enfermagem Artigos

    Gomes, Ilvana Lima Verde; Câmara, Nair Assunta Corso; Lélis, Guesa Maria Dantas; Grangeiro, Gilvânia Ferreira Castro; Jorge, Maria Salete Bessa

    Abstract in Portuguese:

    Objetivou-se compreender a humanização das ações de enfermagem na concepção da equipe de enfermagem, apreendendo o significado de humanização na prática. Para isso, utilizou-se de estudo descritivo exploratório, com análise qualitativa, tendo como técnica a entrevista semiestruturada. Foram realizadas 12 entrevistas com cinco enfermeiros e sete auxiliares de enfermagem de um hospital público de Fortaleza, Ceará, em 2005. A análise dos dados foi feita após múltiplas leituras e interpretada de acordo com a análise de conteúdo, da qual surgiram duas temáticas: humanização - tratar bem, cuidar e respeitar; e vivenciando a humanização. Conclui-se que a equipe de enfermagem, embora tenha explicitado o conceito de humanização, apresentou noção acerca do significado e demonstrou a importância de cuidar além da doença, respeitando a criança como ser humano. Houve também a preocupação com a ausência de material, o que na visão de alguns sujeitos dificultaria a prestação de cuidado digno, menos doloroso e com resolutividade.

    Abstract in English:

    The goal was to understand the humanization of the nursing actions while designing the nursing staff, learning the meaning of humanization in practice. To achieve this, an exploratory descriptive study with qualitative analysis was used based on the semistructured interview technique. Twelve interviews were conducted with five nurses and seven nursing assistants in a public hospital in Fortaleza, Brazil, in 2005. Data analysis was performed after multiple readings had been made, and the results were interpreted based on the analysis of the content, a process leading to two themes: humanization - treat well, care and respect; and experiencing humanization. It was concluded that the nursing staff, although having made the humanization concept explicit, revealed to be aware of the concept and showed the importance of looking beyond the disease, respecting the child as a human being. There was also concern with the lack of material, which in the view of some subjects rendered it difficult to provide decent, less painful care with resolution.
  • Saúde do trabalhador na atenção básica: análise a partir de uma experiência municipal Relato

    Dias, Maria Dionísia do Amaral; Bertolini, Grazielle Cristina dos Santos; Pimenta, Aparecida Linhares

    Abstract in Portuguese:

    Este texto apresenta um relato da experiência de implantação de ações de saúde do trabalhador nos serviços de atenção básica no município de Amparo, no estado de São Paulo, ocorrida durante a gestão do período 2001 a 2008, visando contribuir na premente necessidade do SUS de implantação das ações de saúde do trabalhador. A análise realizada pelas autoras, protagonistas na gestão do processo, ressalta alguns dos elementos-chave para a efetiva implantação de ações de saúde do trabalhador na rede de atenção básica. Dentre eles, a Estratégia Saúde da Família (ESF), ao lado de outros elementos - como o modelo de matriciamento com ação pedagógica contínua e participação nos colegiados de gestão, a educação permanente e o protagonismo dos trabalhadores da saúde -, mostrou-se um facilitador do processo. Como elementos estruturantes da construção efetivada, apontam-se o modelo de gestão colegiada adotado pela secretaria e a forma de implantação do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador no município. Todo esse arranjo promoveu uma interlocução permanente entre as equipes de saúde, da atenção básica e da referência especializada que foi indispensável para a experiência ocorrida.

    Abstract in English:

    This article presents an account of the experience of implementing worker's health actions in primary care services in the municipality of Amparo, state of São Paulo, which occurred during the 2001 to 2008 administration period, aiming to contribute to SUS' urgent need to implement of workers' health actions. The analysis made by the authors, actors in managing the process, highlights a few of the key elements for the effective implementation of workers' care actions in the primary care network. Among them, the Family Health Strategy (FHS), along with other elements such as the mixed-base model with continuous pedagogical action and participation in collegiate management, continuing education, and the role of the health workers - proved to be a facilitator process. Structural elements in the construction that was made include the collegiate management model adopted by the department and the way the Occupational Health Reference Center was deployed in the municipality. This arrangement has fostered permanent dialogue among the health, primary care, and referral specialist teams that has been indispensable to the experience.
  • Entrevista: Danièle Linhart Relato

  • Educação e trabalho em disputa no SUS: a política de formação dos agentes comunitários de saúde Resenhas

    David, Helena Maria Scherlowski Leal
  • As ciências da vida: de Canguilhem a Foucault Resenhas

    Lopes, Fábio Henrique
Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Avenida Brasil, 4.365, 21040-360 Rio de Janeiro, RJ Brasil, Tel.: (55 21) 3865-9850/9853, Fax: (55 21) 2560-8279 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revtes@fiocruz.br