Accessibility / Report Error

A editoração eletrônica de revistas científicas brasileiras: o uso de SEER/OJS

Electronic publishing in Brazilian Scientific Journals: the use of SEER/OJS

Resumos

O uso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER/OJS) pelos editores de revistas científicas brasileiras é analisado, identificando-se as vantagens e desvantagens e recursos oferecidos pela ferramenta. Verificam-se os motivos que incentivam a utilização desses recursos, assim como o nível de satisfação dos editores que adotaram a ferramenta. Para coletar os dados, foi utilizado um formulário eletrônico, enviado por e-mail para os editores das revistas listadas no site do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. Obteve-se o retorno de 45,91% das 98 mensagens eletrônicas enviadas com sucesso. Constata-se que, na opinião dos editores, o número de submissões de artigos aumentou após a implantação do sistema, bem como a busca e recuperação de artigos apresentaram melhorias devido ao recurso da ferramenta de busca. Ainda segundo os editores, o custo com a publicação diminuiu, enquanto o tempo de avaliação dos artigos pelos pareceristas e o tempo para a publicação do periódico não apresentaram mudanças significativas. A navegabilidade foi considerada ótima. Os principais motivos para a adoção do SEER/OJS foram as facilidades de uso e a recomendação da instituição a que está vinculada a revista. O gerenciamento do processo editorial das revistas é o recurso mais utilizado. A avaliação geral da ferramenta foi ótima ou boa. Entre as sugestões para melhorias no sistema, constam a possibilidade de adaptações no leiaute e disponibilização dos artigos em outros formatos e línguas. Sugere-se, para futuros estudos, a avaliação do sistema pelos demais usuários da ferramenta, como os avaliadores, autores e leitores.

comunicação científica; editoração científica; periódico científico eletrônico


The study analyses the use of SEER/OJS by publishers of Brazilian scientific journals. It identifies the advantages and disadvantages, and the resources offered by the tool. It verifies the reasons that encourage the use of SEER and its resources, as well as the level of satisfaction of publishers who have adopted the device. Data was collected by means of an electronic form sent by e-mail to all publishers listed on the IBICT site as users of SEER. It got a return rate of 45,91% of the 98 electronic messages successfully sent. In the publishers’ opinion the number of article submission has increased after implementing SEER/OJS, and the search and retrieval performances were improved due to the use of a search tool. According to publishers, publishing costs diminished, but the time necessary for article reviewing and for journals´ publication did not present significant improvements. Navigability was considered excellent. The main reasons for adopting SEER/OJS have been the easiness of the use, and the recommendation of the editor’s institution. The management of the editorial process was the resource most frequently used. SEER was generally evaluated as excellent or good. Among the suggestions for improvements in the system are the possibility of adaptations in the layout and the availability of articles in other formats and languages. Finally, it suggests the evaluation of the tool by other types of users, such as referees, authors and readers.

electronic publishing; scientific communication; electronic journals


  • BOMFÁ, C.R.Z. Revistas científicas em mídias digitais: critérios e procedimentos. Florianópolis: Visual Books, 2003. 132p.
  • HARNAD, S. Electronic scholarly publication: quo vadis? Serials Review, v.21, n.1, p.70-72, 1995. Disponível em: <http://eprints.ecs.soton.ac.uk/archive/00003356/02/harnad95.quo.vadis.html>. Acesso em: 21 jun. 2007.
  • IBICT. Diretório de revistas brasileiras que utilizam o SEER: região. Disponível em: <http://www.ibict.br/secao.php?cat=SEER/OJS>. Acesso em: 1 abr. 2006a.
  • IBICT. Revistas brasileiras que utilizam o SEER/OJS Disponível em:<http://www.ibict.br/secao.php?cat=SEER/OJS/Revistas%20Brasileiras>. Acesso em: 1 abr. 2006b.
  • KING, D.W.; TENOPIR, C. A publicação de revistas eletrônicas: economia da produção, distribuição e uso. Ciência da informação, v.2, n.27, p.176-182, 1998. Disponível em: <http://www.ibict.br/cienciadainformacao/include/getdoc.php?id=717&article=398&mode=pdf>. Acesso em: 20 abr. 2007.
  • KLING, R.; CALLAHAN, E. Electronic journals, the internet, and scholarly communication. In:  CRONIN, B; SHAW, D. (Eds)., Annual Review of Information Science and Technology Medford: InformationToday, 2003. p.127-177.
  • KLING, R.; SPECTOR, L.; MCKIM, G. Locally controlled scholarly publishing via the Internet: the guide model. The journal of electronic publishing, v.53, n.3, 2002. Disponível em: <http://www.press.umich.edu/jep/08-01/kling.html>. Acesso em: 25 abr. 2007.
  • LUZ, AR. Arquivística.net: periódico eletrônico em Ciência da Informação e a disseminação do conhecimento científico por meio da Web. Arquivistica.net, v.1, n.1, p.65-75, 2005. Disponível em: <http://www.arquivistica.net/ojs/include/getdoc.php?id=52&article=9&mode=pdf>. Acesso em: 25 abr. 2007.
  • MÁRDERO ARELLANO, M.Á. Sistema aberto de gerenciamento e publicação de periódicos: Repositório Institucional Digital do IBICT. Disponível em: <https://repositorio.ibict.br/ridi/bitstream/123456789/115/1/OJS-SEER+2005.ppt>. Acesso em: 15 ago. 2007.
  • MÁRDERO ARELLANO, M.Á.; FERREIRA, S.M.S.P.; CAREGNATO, S.E. Editoração eletrônica de revistas científicas com suporte do protocolo OAI. In: FERREIRA, S.M.S.P.; TARGINI, M.D.G. Preparação de revistas científicas: teoria e prática. São Paulo: Reichmann & Autores Editores, 2005. p.195-229.
  • MÁRDERO ARELLANO, M.Á.; SANTOS, R.; FONSECA, R. SEER: Disseminação de um sistema eletrônico para editoração de revistas científicas no Brasil. Arquivistica.net, v.1, n.2, p.75-82, 2005. Disponível em: <http://www.arquivistica.net/ojs/include/getdoc.php?id=110&article=33&mode=pdf>. Acesso em: 24 abr. 2007.
  • MEADOWS, A.J. A comunicação cientifica Brasília: Briquet de Lemos, 1999. 268p.
  • MORRIS, S. Open access: how are publishers reacting? Serials Review, v.30, n.4, p.304-307, 2004.
  • TARGINO, M.G.; GARCIA, J.C. Ciência brasileira na base de dados do Institute for Scientific Information (ISI). Ciência da Informação, v.29, n.1, p.103-117, 2000. Disponível em: <http://www.ibict.br/cienciadainformacao/include/getdoc.php?id=614&article=310&mode=pdf>. Acesso em: 25 abr. 2007.
  • WILLINSKY, J. Open journal systems: an example of open source software for journal management and publishing. Library Hi-Tech, v.23, n.4, p.504-519, 2005.
  • ZIMAN, J.M. Conhecimento público Belo Horizonte: Itatiaia, 1979. 164p.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    12 Set 2014
  • Data do Fascículo
    Ago 2008

Histórico

  • Aceito
    18 Set 2007
  • Recebido
    31 Maio 2007
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II - Av. John Boyd Dunlop, s/n. - Prédio de Odontologia, Jd. Ipaussurama - 13059-900 - Campinas - SP, Tel.: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: transinfo@puc-campinas.edu.br